Menu
2019-10-17T11:59:56-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Maquininhas de cartão

UOL embolsa US$ 653 milhões com oferta de ações da PagSeguro em NY

Preço por ação da empresa de maquininhas de cartão foi definido em US$ 39 e ficou 16% abaixo da cotação dos papéis antes do anúncio da operação

17 de outubro de 2019
11:19 - atualizado às 11:59
Maquininha da PagSeguro
Maquininha da PagSeguro - Imagem: Reprodução

A oferta de ações da PagSeguro realizada na Bolsa de Nova York (Nyse) movimentou US$ 653 milhões – ou R$ 2,7 bilhões, no câmbio de hoje.

A empresa de maquininhas de cartão e meios de pagamento é controlada pelo grupo UOL, que vendeu parte de suas ações e vai embolsar o dinheiro da oferta.

O preço por ação na oferta foi definido em US$ 39. Trata-se de um valor 16% abaixo da cotação dos papéis antes do anúncio da operação. Ainda assim, as ações acumulam uma valorização de 117% (em dólar) no ano.

A definição da oferta tirou um peso sobre as ações da PagSeguro, que subiam 2,61% por volta das 11h (horário de Brasília), cotadas a US$ 40,56.

O UOL ainda pode embolsar mais US$ 98 milhões (R$ 405 milhões) com a venda de um lote adicional de ações que pode acontecer nos próximos 30 dias. O UOL tem como principal acionista o empresário Luis Frias, cuja família também é dona do jornal Folha de S.Paulo.

Após a venda, o total de ações em circulação da PagSeguro pode chegar a 54,7%. Mas Frias permanecerá dando as cartas na companhia, já que o UOL detém uma classe de ações com "superpoderes", que dá direito a dez votos por cada papel.

A oferta de ações da PagSeguro foi coordenada pelos bancos Goldman Sachs e Morgan Stanley.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

FECHAMENTO DA SEMANA

Ufa! Ibovespa avança quase 5% em semana de alta volatilidade, mas dólar vai a R$ 5,68

A PEC emergencial e a disparada dos títulos públicos norte-americanos monopolizaram o noticiário, pressionando o câmbio e a bolsa

Regime especial

STF forma maioria para manter sigilo das informações do programa de repatriação

A análise tem origem em uma ação proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em 2017.

Algo não agradou

Guedes vê perda estrutural em PEC do auxílio

O sentimento na equipe de Guedes foi de perda da possibilidade de acionamento dos gatilhos em caso de calamidade por mais dois anos seguintes

DIÁRIO DE BORDO

À procura de um porto seguro para seu dinheiro em tempos turbulentos no Brasil? Veja onde investir

Se “mar calmo nunca fez bom marinheiro”, o que aprendi nesses meus 25 anos de mercado financeiro é que em momentos de ruídos e turbulências precisamos ser ainda mais persistentes e consistentes em nossos investimentos.

Suspeita de crime

CVM confirma processo para investigar suposto ‘insider trading’ na Petrobras

A suspeita de que alguém pode ter lucrado R$ 18 milhões com o vazamento de informações sobre o que ocorreria na estatal vieram à tona no início da semana e mexeram com os ânimos do mercado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies