🔴 FENÔMENO QUE TRANSFORMOU 1.500 PESSOAS EM MILIONÁRIAS PODE SE REPETIR – VEJA COMO SER O PRÓXIMO

Estadão Conteúdo
Novos acordos

Brasil deve levar a Davos propostas para ‘refundação’ da OMC

Vivendo o pior momento de sua história, a OMC passou a ser alvo de um questionamento direto do governo americano, que a acusa de ser insuficiente para frear a expansão comercial da China

Estadão Conteúdo
21 de janeiro de 2019
9:14 - atualizado às 14:19
Imagem: shutterstock

O governo brasileiro prepara um projeto para acelerar o processo de reforma da Organização Mundial do Comércio (OMC) e tentar acomodar os interesses de exportadores de produtos agrícolas e as exigências do governo de Donald Trump.

Diplomatas brasileiros e estrangeiros ouvidos pelo jornal "O Estado de S. Paulo" querem que o Fórum Econômico Mundial, que começa nesta segunda-feira, 21, em Davos, na Suíça, seja transformado no palco do início da refundação da OMC, ameaçada de ser marginalizada pelo governo americano.

A reportagem apurou que o chanceler Ernesto Araujo também organiza um encontro em Genebra, no final da semana, com o objetivo de realizar consultas com os embaixadores dos Estados Unidos, União Europeia, Japão e os principais atores do comércio mundial.

Vivendo o pior momento de sua história, a OMC passou a ser alvo de um questionamento direto do governo americano, que a acusa de ser insuficiente para frear a expansão comercial da China. Trump, em diferentes discursos e iniciativas, deixou claro: ou a entidade muda ou será abandonada.

Numa tentativa de evitar o esvaziamento da entidade, a UE se apressou em apresentar propostas em um debate com americanos, canadenses e japoneses. Um dos centros do debate é a criação de regras para controlar o apoio estatal da China a setores que, cada vez mais, têm deslocado os concorrentes estrangeiros.

Durante a cúpula do G-20, em Buenos Aires em dezembro, o mandato político foi dado para começar a rever a OMC. Agora, em Davos, ministros terão a primeira oportunidade de lançar os trabalhos.

Ex-observador

O governo brasileiro estava comprometido com o processo de reforma. Mas, até então, praticamente como um observador. Agora, diplomatas confirmaram ao Estado que uma proposta do governo está sendo desenhada para que circule entre os demais governos. No fim de semana, os últimos detalhes estavam ainda sendo debatidos e o governo deve bater o martelo em breve.

Davos, portanto, seria o primeiro passo desse novo engajamento. Araújo, em seu discurso de posse, deixou claro que faria parte do processo com "criatividade" e engajamento. Mesmo sem a presença do alto escalão do governo Trump, o evento contará com a participação de um vice-representante do Comércio dos EUA, Dennis Shea.

No meio da semana, as transformações para tentar salvar a OMC serão debatidas num painel na quarta-feira, com a presença de Roberto Azevedo, diretor-geral da entidade. Mas, no dia 25, os ministros dos principais países do G-20 se reúnem para o que está sendo considerado como o pontapé inicial da reforma, que deve levar 18 meses para ocorrer.

O governo brasileiro leva para o debate pelo menos dois aspectos para a reforma. O primeiro é de que, seja qual for o resultado do processo, os temas agrícolas não podem sumir. Um dos argumento dos americanos é de que a entidade está "ultrapassada" e que, portanto, precisa passar a tratar de novos temas, como comércio digital e investimentos. Para Washington, esses são os assuntos do século XXI.

O Itamaraty, porém, se recusa a deixar a agricultura e as distorções criadas pelos subsídios como um "assunto do século XX". Um diplomata brasileiro ainda ironizou a agenda de reformas da OMC numa conversa com um embaixador asiático. Sua ideia: exportar produtos agrícolas pela Amazon, sem impostos, o que levou o diplomata estrangeiro a negar tal possibilidade.

Compartilhe

DEGRINGOLÂNDIA

Os EUA viraram uma república de bananas? O que se sabe até agora sobre a operação do FBI contra Donald Trump

10 de agosto de 2022 - 11:43

Aliados de Donald Trump saíram-se com reações exacerbadas; Casa Branca exaltou respeito ao estado de direito

TRUMP ESTAVA CERTO?

O TikTok vazou seus dados? Rede social chinesa pode ser banida das lojas de aplicativos do Google e da Apple; entenda a situação

29 de junho de 2022 - 11:45

Um integrante da Comissão Federal de Comunicações dos EUA pediu aos CEOs das gigantes de tecnologia que removam o TikTok das lojas ou que deem uma justificativa até 8 de julho para não banir a chinesa

VISITAS AO BRASIL

Trump ainda é o ‘queridinho’ de Bolsonaro? Presidente se aproxima de Biden, mas o deixa fora da lista de convidados para visita ao Brasil; entenda

11 de junho de 2022 - 17:08

Apesar de ter se aproximado de Joe Biden, Bolsonaro não convidou o atual presidente dos EUA para visita ao Brasil, mas Trump recebeu chamado

CHAMA A CRISTINA ROCHA!

Casos de família: Trump pede que Putin jogue sujeira dos Biden no ventilador; veja o que ex-presidente falou

30 de março de 2022 - 13:56

Ex-chefe da Casa Branca, Trump coloca mais lenha na fogueira enquanto a relação entre Estados Unidos e Rússia pega fogo por conta da guerra na Ucrânia

MEMÓRIAS DO CAOS

Um ano após invasão do Capitólio, Biden ataca Trump em discurso e volta a empolgar analistas

6 de janeiro de 2022 - 16:44

Presidente norte-americano chama antecessor de mentiroso e perdedor em um dos discursos considerados mais duros de sua gestão

O melhor do Seu Dinheiro

GetNet dispara e sobe mais de 20%, Elon Musk finaliza venda de ações da Tesla e problemas fiscais apagam brilho de Wall Street; confira os principais destaques do dia

22 de dezembro de 2021 - 20:08

As luzes no Congresso Nacional começam a se apagar e os parlamentares se preparam para o recesso de final de ano. Depois de diversos atrasos e muita polêmica, o Orçamento de 2022 está finalmente aprovado, quase que no limite do tempo hábil, mas o saldo está longe de agradar.  Os reajustes aos servidores e um […]

Anticripto

“Será uma explosão como nunca vimos antes”, afirma ex-presidente Donald Trump sobre os perigos das criptomoedas

22 de dezembro de 2021 - 12:16

Em agosto deste ano, Trump já havia declarado que ativos digitais são um “desastre esperando para acontecer”, e chamou o bitcoin (BTC) de “esquema”

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Mais quatro anos de Powell à frente do Fed: o que isso significa para os mercados financeiros

23 de novembro de 2021 - 6:18

Reação de Powell à pandemia e postura diante da inflação foram fatores decisivos para sua escolha por Biden

Acordo firmado

EUA confirmam acordo com UE que suspende disputa comercial por Boeing e Airbus

15 de junho de 2021 - 10:44

Por meio do pacto, os dois lados concordaram em cancelar por cinco anos todas as tarifas autorizadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) relativas ao caso

ESTADOS UNIDOS

Senado americano absolve Trump em processo de impeachment

13 de fevereiro de 2021 - 23:31

Em julgamento de cinco dias, apoio de republicados impediu condenação

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar