Menu
2019-10-31T10:36:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mudanças na casa

Em recuperação judicial, Oi anuncia mudança em duas diretorias

Camille Loyo Faria assume Finanças e RI; já Antonio Reinaldo Rabelo Filho será diretor jurídico. Ele ocupa o cargo que antes era do diretor presidente Eurico Teles.

31 de outubro de 2019
10:31 - atualizado às 10:36
oi
Futuro da Oi passa por momentos de especulação nos últimos anos, por conta do estado de recuperação judicial. Imagem: Shutterstock

Em recuperação judicial desde 2016, com dívidas que chegaram a atingir R$$ 65 bilhões, a Oi anuncia nesta quinta-feira (31) novos diretores de Finanças e de Relações com Investidores e da área jurídica.

Segundo a companhia, Camille Loyo Faria assume Finanças e RI no lugar de Carlos Augusto Machado Pereira de Almeida Brandão. Já Antonio Reinaldo Rabelo Filho será o novo diretor jurídico. Ele ocupa o cargo que antes era do diretor presidente Eurico Teles.

Camille foi diretora de Energia, Tecnologia/Mídia/Telecom e Indústrias no Bank of America Merrill Lynch, instituição pela qual estava ligada à companhia como advisor financeiro nos processos de vendas de ativos. Antonio Rabelo é advogado.

A empresa diz que Rabelo, por seu escritório, exerceu "relevante papel no processo de recuperação judicial" da Oi, atuando na negociação com credores nacionais e internacionais do grupo. Ele foi ainda representante internacional (foreign representative) da RJ da Oi nas Cortes de Nova Iorque e Reino Unido, diz a empresa.

No pregão desta quarta-feira (30) os papeis ON da Oi (OIBR3) terminaram o dia cotados a R$ 0,94 - a baixa no ano é da ordem de 24%. Já os papeis PN da companhia acumulam ganhos de 6,35%, a R$ 1,34. Veja como deve ser o dia dos mercados na Bula.

Oi nos holofotes

O futuro da Oi passa por momentos de especulação nos últimos anos, por conta do estado de recuperação judicial. A tele é alvo de boatos a respeito de uma possível compra de seus ativos a todo momento.

Mas, de concreto, o marco mais significativo nos últimos meses foi a aprovação do projeto que atualiza o marco legal das telecomunicações no País. O texto deve beneficiar a operadora de telefonia Oi.

Analistas do mercado dizem que, com o acordo, os investidores tem melhor visibilidade sobre a regulamentação e, consequentemente, das operações da Oi.

O novo marco atualiza a Lei Geral de Telecomunicações (LGT) e permite que as empresas que fornecem serviços de telefonia fixa migrem do regime de concessões para o de autorizações, em que há preços livres, já praticado nos serviços de telefonia celular, TV por assinatura e internet.

As empresas, com essa mudança, não precisam mais assumir obrigações como a universalização dos serviços e a instalação de orelhões. Em troca, assumem compromissos de investimentos e ficam com os bens reversíveis das concessões, estimados em cerca de R$ 20 bilhões pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Risco fiscal

Efeito de fatiamento da PEC emergencial seria extremamente perverso, diz secretário do Tesouro

“Se for fatiado será pior para todos. Queremos dar o auxílio aos vulneráveis, mas também precisamos de um ambiente fiscalmente organizado para que a economia melhore”, disse Bruno Funchal

Nível pré-pandemia

Governo Central tem superávit de R$ 43,219 bilhões em janeiro

Após 11 meses consecutivos de rombos causados pelos gastos de enfrentamento à pandemia, contas do Governo Central voltam a ter superávit

Pagamentos e maquininhas

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre, maior da história da companhia

Entretanto, companhia com ações negociadas na Nasdaq teve queda no lucro em 2020

o melhor do seu dinheiro

Lá vem o Leão de novo…

Estamos naquela época do ano de novo: temporada de prestação de contas ao Leão! A Receita Federal acaba de divulgar as regras de preenchimento da declaração de imposto de renda 2021, que neste ano deverá ser entregue entre 1º de março e 30 de abril. Parece que foi ontem que estávamos fazendo o exercício cívico […]

Nova fase

Conselho do Santander aprova proposta de reorganização societária com a cisão da Getnet

Em fato relevante, o banco explica que na cisão serão entregues aos acionistas do Santander Brasil, conforme aplicável, ações ordinárias ou preferenciais de emissão da Getnet ou certificados de depósito de ações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies