Menu
2019-09-16T10:44:43-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Novos pombinhos?

Dona da Vivo está de olho na gigante brasileira Oi

De acordo com fontes próximas, a espanhola estaria analisando uma potencial compra da Oi. A companhia brasileira foi avaliada em US$ 6,7 bilhões ou cerca de € 6 bilhões. As informações são do jornal espanhol, El Confidencial. 

16 de setembro de 2019
10:39 - atualizado às 10:44
oi
Imagem: Shutterstock

Depois de rondar no mercado alguns rumores sobre uma possível fusão entre a TIM e Oi, agora quem apareceu como grande interessada pela rival brasileira é a multinacional espanhola Telefônica, que é controladora da Vivo.

De acordo com fontes próximas, a espanhola estaria analisando uma potencial compra da Oi. A companhia brasileira foi avaliada em US$ 6,7 bilhões ou cerca de € 6 bilhões. As informações são do jornal espanhol, El Confidencial.

A publicação afirma ainda que a Telefônica já teria contratado um banco de investimentos para assessorar na compra parcial ou total da companhia. Entre os procurados está o Morgan Stanley.

A compra

Mas, como a Vivo é controlada pela Telefônica e possui o maior percentual de participação no mercado brasileiro, é possível que a Anatel não autorize a compra total da empresa.

Por essa razão, o jornal destaca ainda que o mais provável é que a espanhola compre apenas alguns ativos da Oi, como as torres de telefonia ou os locais responsáveis pelo armazenamento de dados (data centers).

Encontro com Bolsonaro

A publicação diz ainda que o presidente global do grupo espanhol Telefónica, José María Álvarez-Pallete, teria dito anteriormente que a compra de parte da Oi seria uma grande oportunidade, especialmente após a aprovação no Senado do PLC 79. Agora o projeto aguarda apenas a sanção presidencial.

No começo do mês, Álvarez-Pallete se reuniu com o Bolsonaro. Na ocasião, o executivo apresentou o plano de investimento da companhia no país, com foco na expansão da fibra óptica.

O presidente da Telefônica também apresentou a estratégia de aceleração da expansão da fibra. A Vivo tem a maior rede de fibra da América Latina.

Considerando o triênio 2018-2020, a Telefônica Vivo prevê investir R$ 24 bilhões, praticamente R$ 8 bilhões por ano.

Marco das teles

O Senado aprovou na noite da última quarta-feira, 11, o projeto que atualiza o marco legal das telecomunicações no País. A proposta segue agora para sanção presidencial.

O texto deve beneficiar a operadora de telefonia Oi. A avaliação é que o encaminhamento do novo marco legal tende a desencadear diferentes ondas de investimentos no setor.

Em relatório divulgado a clientes, os analistas do BTG pontuaram que "a nova legislação é um gatilho importante para a Oi [...] Acreditamos numa economia na ordem de R$ 1 bilhão com despesas regulatórias da companhia".

Outro ponto importante ressaltado pelos analistas é de que o marco regulatório pode aumentar também as chances de fusões e aquisições.
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies