Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Oi
Publicações
Disputa com a Unitel

Após obter sentença favorável em Angola, Oi receberá R$ 2,4 bi

Corte arbitral avaliou que os sócios da Unitel violaram o acordo de acionistas ao negar à Oi o direito de nomear a maioria dos membros do conselho de administração desde junho de 2006

Decisão publicada no DOU

Operadora Oi será investigada por supostas infrações ao consumidor

Empresa tem dez dias para apresentar defesa ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC)

Impacto na Oi

Subsidiária da Oi ganha disputa contra sócios da maior operadora de telecomunicações de Angola

Na prática, para uma empresa que está em recuperação judicial, a vitória pode ser bem positiva para a Oi, já que a subsidiária deve receber mais de US$ 650 milhões da Unitel

Em busca de um novo líder

Oi ainda sonda Amos Genish, ex-presidente da Vivo, para comandá-la

Em busca de novo líder para a sua reestruturação, operadora quer ex-presidente da Vivo e da Telecom Itália no comando, mas executivo recusou convite, por ora

Em recuperação judicial

Acionistas da Oi articulam troca de comando da companhia

Em recuperação judicial desde junho de 2017, empresa é comandada pelo executivo Eurico Teles

Acordo caro

Oi pagará €25 milhões à Pharol para encerrar ‘drama’ sobre recuperação judicial

Em fato relevante divulgado hoje, a Oi diz que, após negociações, chegou a um consenso com a Bratel, veículo de investimento da Pharol, que encerrará processos envolvendo as empresas em vários países

Passo fundamental para os negócios

Oi confirma que fechou acordo com acionistas para injetar capital de R$ 4 bilhões

Capitalização é considerada pelo mercado a última grande etapa a ser realizada pela empresa, que está a quase um ano em recuperação judicial

Números desanimadores

Oi registra prejuízo de R$ 1,336 bilhão no 3º trimestre

Empresa está em recuperação judicial e registrou prejuízo 70 vezes maior na comparação ao mesmo período do ano passado

Impasse com a Pharol

A Justiça de Portugal trouxe boas notícias para a Oi – e para seus acionistas – nesta terça-feira

Tribunal de Comércio de Lisboa decidiu suspender a decisão da assembleia geral da Pharol que tirava a cadeira da Oi no conselho da empresa

Carregar mais notícias
Fechar
Menu