Menu
2019-04-01T10:18:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Em recuperação judicial

Acionistas da Oi articulam troca de comando da companhia

Em recuperação judicial desde junho de 2017, empresa é comandada pelo executivo Eurico Teles

5 de fevereiro de 2019
7:49 - atualizado às 10:18
Loja da Oi
Loja da Oi - Imagem: Wether Santana/Estadão Conteúdo

Fundos de investimentos acionistas da Oi estão se articulando para encontrar um novo presidente para operadora.

A informação é do Broadcast, do Estadão, desta terça-feira, 5. Em recuperação judicial desde junho de 2017, a companhia é comandada pelo executivo Eurico Teles.

Teles, que também acumula a função de vice-presidente jurídico, assumiu a Oi no fim de novembro de 2017, quando o executivo Marco Schroeder renunciou ao cargo. Desde então, ajudou a conduzir o processo de reestruturação da empresa com apoio do conselho de administração da companhia.

A saída de Teles ainda não foi debatida oficialmente no conselho, segundo fontes a par do assunto. Os acionistas estariam em busca de um executivo de peso com experiência em telecomunicações para fazer um “virada” na operadora, que tinha dívidas de R$ 65 bilhões quando entrou com pedido de proteção na Justiça.

Três nomes que fazem parte do conselho da Oi foram apontados como possíveis sucessores de Teles: Rodrigo Abreu, ex-presidente da TIM; Roger Solé, ex-diretor de marketing na TIM e vice-presidente da mesma área da tele americana Sprint (que fundiu as operações com a Nextel no País); e Paulino do Rego Barros Júnior, ex-presidente das operações globais da AT&T e ex-vice-presidente da Motorola. Procurada, a Oi não comenta.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Setor em crescimento

Produção de petróleo e gás no Brasil sobe 4,5% em abril, revela ANP

Volume chegou a 3,798 milhões de barris no mês passado, e pré-sal responde por 72,7% do total produzido

queda na produção

Zona do euro entra em 2ª recessão técnica em um ano

Ambas as variações confirmaram estimativas preliminares do fim de abril e vieram em linha com as expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal

reduzindo participação

Participação da Petrobras em investimentos no PIB caiu para 3,8% em 2020, mostra levantamento

Em 2014, a participação na FBCF da estatal era de 7,6%, passando para 3,8% em 2020, segundo levantamento do economista Cloviomar Caranine

Operação confirmada

CSN protocola pedido de registro de IPO de sua unidade de cimentos

A oferta inicial da CSN Cimentos havia sido aprovada pelo conselho de administração no final de abril. Intervalo de preço por ação ainda será definido

MAIS PERTO DO CÉU

Ibovespa segue flertando com topo histórico, mas manter ‘otimismo cauteloso’ nunca é demais

Em dia de agenda fraca e exterior positivo, CPI da pandemia é o principal risco de água no chopp da B3

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies