Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-28T11:19:32-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Mercado de capitais

Neoenergia fecha oferta inicial de ações (IPO) com emissão de até R$ 3,744 bilhões

O preço por ação da Neoenergia foi definido em R$ 15,65 – no centro da faixa indicativa, que variava entre R$ 14,42 e R$ 16,89

27 de junho de 2019
23:03 - atualizado às 11:19
Usina Hidrelétrica Teles Pires, controlada pela Neoenergia e Eletrobras
Usina Hidrelétrica Teles Pires, controlada pela Neoenergia e Eletrobras - Imagem: Divulgação

Neoenergia fechou nesta quinta-feira sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) com uma emissão de até R$ 3,744 bilhões.

O preço por ação da Neoenergia foi definido em R$ 15,65 - no centro da faixa indicativa, que variava entre R$ 14,42 e R$ 16,89. O volume final da oferta ainda depende do exercício do lote suplementar.

O IPO da Neoenergia é apenas o segundo na B3 neste ano, mas o mercado de ofertas de ações na bolsa como um todo está bem aquecido. Apenas nesta semana ocorreram as emissões da empresa de tecnologia Linx e da Petrobras. As três operações contaram com a venda de ações que pertenciam a bancos estatais.

No caso da Neoenergia, os papéis vendidos na oferta pertenciam ao grupo espanhol Iberdrola, ao fundo de pensão Previ e ao Banco do Brasil – que se desfez de toda a participação e, desse modo, deixa de ser sócio da empresa.

A oferta previa que entre 10% e 20% das ações seriam vendidas a investidores pessoas físicas. Como a demanda foi grande, os pedidos dos investidores acima de R$ 3 mil sofrerão rateio.

As ações da Neoenergia começam a ser negociadas na segunda-feira na B3, com o código "NEOE3". A empresa atua na distribuição, transmissão e geração de energia em 18 Estados brasileiros.

A oferta de ações foi coordenada pelo Banco do Brasil, em conjunto com BofA Merrill Lynch, J.P. Morgan, Credit Suisse, Citi e HSBC.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

MESA QUADRADA

“Não me arrependo de nada. Só não posso dar conselhos financeiros para ninguém”, diz Bob Wolfenson, o fotógrafo das celebridades entrevistado no 7º episódio do Mesa Quadrada

Em em conversa para o podcast Mesa Quadrada, Dan Stulbach, Teco Medina e Caio Mesquita, conversam sobre dinheiro e carreira com Bob Wolfenson, ícone da fotografia brasileira

Situação preocupante

Cuidado com as luzes acesas! Aneel mantém taxa adicional mais alta na contas de agosto

Tarifa cobrada na bandeira vermelha nível 2 é de R$ 9,49 por 100 quilowatts-hora (kWh), e agência continua avaliando se vai elevar o valor

O melhor do Seu Dinheiro

Os melhores investimentos do mês e as notícias que foram destaque na semana

lém do ranking, tivemos o Ibovespa em queda de 2,60, e uma entrevista exclusiva com o CEO da Ânima Educação, que busca um “modelo Magalu”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies