Menu
2019-11-01T09:15:55-03:00
Siga o dinheiro

Emergentes receberam US$ 22,5 bilhões para ações e dívida em outubro

Dados são do Instituto Internacional de Finanças (IIF), que também mostra preocupação com a persistente fraqueza das moedas emergentes

1 de novembro de 2019
9:15
mercados emergentes
Imagem: Shutterstock

Os mercados emergentes receberam US$ 22,5 bilhões em fluxo de portfólio em outubro, segundo estimativas preliminares do Instituto Internacional de Finanças (IIF). As ações ficaram com US$ 1,2 bilhão e os mercados de dívida concentram US$ 21,3 bilhões. Em setembro, o ingresso tinha ficado na casa dos US$ 38 bilhões.

Em relatório, o IIF reconhece a melhora de ambiente em função do avanço nas negociações comerciais entre China e Estados Unidos, mas chama atenção para o fato de que os cortes de juros feitos pelo Federal Reserve (Fed), banco central americano, não mostram o impacto sobre a cotação das moedas emergentes.

O esperado seria um movimento mais firme de desvalorização do dólar. Para o IIF, o que pode explicar essa reação mais tímida que a esperada é o fato de que nos últimos 10 anos os emergentes já receberam massivas quantidades de dinheiro, reflexo das políticas adotadas desde a crise de 2008/2009. Há uma “ressaca de posicionamento”.

A instituição está entre aquelas que enxerga o copo meio cheio em termos de crescimento global, mas mostra preocupação com a persistente fraqueza das moedas emergentes ante o dólar.

Segundo o IIF é possível elencar uma série de fatores que explicaram essa fraqueza das moedas, como tensões geopolíticas e queda no preço das commodities. Mas há um denominador comum que é a queda no fluxo de não residentes para o conjunto de emergentes (ex-China), que se mostra menos robusto mesmo diante de catalisadores positivos.

O IIF também tem uma medida ampliada de fluxo estrangeiro, considerando captações bancárias e investimento direto. Os dados referentes ao mês de setembro mostram saída líquida de US$ 31,4 bilhões, praticamente o dobro do volume registrado em agosto. A China responde por quase 50% dessa fuga de capital (US$ 17,3 bilhões).

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Disputa com a Stone

Linx se recusa a assinar protocolo de oferta da Totvs, que sobe tom contra conselheiros da empresa

Totvs ainda não desistiu do negócio, mas disse que os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone

seu dinheiro na sua noite

A segunda onda (e o primeiro teste)?

A bolsa brasileira ganhou 1 milhão de pessoas físicas nos últimos seis meses. São novos investidores que praticamente não sabem o que é perder dinheiro na renda variável. O Ibovespa registrou uma alta de respeitáveis 40% entre março — o epicentro do terremoto nos mercados provocado pela crise do coronavírus — e agosto. O ganho […]

abertura de capital

Bradesco planeja IPO da Ágora e corretora deve se separar do banco até o fim do ano

Analistas do Goldman Sachs tiveram conferência com os diretores do Bradesco, Leandro Miranda e Carlos Firetti. O plano é realizar o IPO depois de a Ágora conquistar o segundo lugar do setor em termos de participação de mercado — o que é previsto para acontecer dentro de 4 ou 5 anos

Tenebrosas transações

Ibovespa fecha em queda e dólar sobe com escândalo envolvendo bancos da Europa e dos EUA

Aumento de casos de covid-19 na Europa e morte de juíza federal norte-americana constituíram ingredientes adicionais à forte aversão ao risco nos mercados globais

INDO PARA A BOLSA

CSN autoriza IPO da parte de mineração e atualiza projeções

CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração “à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements