Menu
2019-03-12T12:40:26-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Fast Food

Ações do Burger King Brasil caem forte após anúncio de oferta de ações

As gestoras Vinci Partners e Capital Group, além da Temasek, empresa de investimentos do governo de Cingapura, venderão parte de suas ações na oferta, que pode movimentar pelo menos R$ 800 milhões

12 de março de 2019
12:14 - atualizado às 12:40
Burger King
Imagem: Wikimedia

Alguns dos principais acionistas do Burger King Brasil vão vender ações da rede de fast food em uma oferta na B3 que pode movimentar pelo menos R$ 800 milhões, com base no fechamento de ontem.

O anúncio faz os papéis do Burger King (BKBR3) registrarem uma forte queda de 6,93% por volta das 12h15 na bolsa, cotados a R$ 22,15 enquanto o Ibovespa recuava 0,42% no mesmo horário.

Esse movimento é comum, já que alguns investidores costumam aproveitar esse tipo de anúncio para vender as ações para comprar por um preço mais baixo na oferta e lucrar com a diferença. Mas a queda mais acentuada também indica que a venda das ações não era esperada pelo mercado.

As gestoras Vinci Partners e Capital Group, além da Temasek, empresa de investimentos do governo de Cingapura, venderão parte de suas ações na oferta do Burger King, prevista para ser fechada no dia 21 de março.

Mesmo com a queda de hoje, as ações da companhia acumulam uma valorização de 31,2% nos últimos 12 meses e de 7,5% em 2019.

Oferta "fast food"

A operação será realizada do padrão "fast food", ou com esforços restritos de colocação, no linguajar da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Esse tipo de oferta dispensa o registro prévio na CVM, desde que as ações sejam vendidas a, no máximo 50 investidores profissionais - com pelo menos R$ 10 milhões para aplicar. Os bancos Itaú BBA, Bank of America Merrill Lynch e BTG Pactual coordenam a operação.

Se você não tiver todo esse dinheiro para entrar na oferta, pode comprar as ações do Burger King diretamente na B3 se achar que os preços estão convidativos.

A maioria dos analistas está otimista com a empresa, que possui 7 recomendações de compra, 1 de manutenção e nenhuma de venda, de acordo com dados da Bloomberg.

Aos números

O Burger King Brasil opera 793 restaurantes no país da rede e outros oito da marca Popeyes. Ambas as redes são controladas pela 3G Capital, dos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles. A empresa americana possui 10% do BK Brasil e não venderá ações na oferta.

Em 2018, a empresa registrou lucro de R$ 128 milhões, multiplicando em várias vezes o resultado de R$ 3,8 milhões obtido no ano anterior.

A receita líquida da rede no país cresceu 31,6% no ano passado e atingiu R$ 2,348 bilhões.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

BILIONÁRIO NA ÁREA

Sócio da 3G Capital entra para o mundo da infraestrutura investindo na Light

Convidado por Ronaldo Cezar Coelho, Beto Sicupira alcança participação de 9,9% no capital social da distribuidora de energia

Esquenta dos mercados

Será que vai sextar? ‘Otimismo cauteloso’ nos mercados sugere abertura em alta no Ibovespa

Bons resultados de bancos e montadoras na Europa, aprovação do remdesivir pela FDA e debate civilizado nos EUA aliviam pressão sobre ativos de risco

INICIATIVA

Governo revoga normas trabalhistas e apresenta eSocial simplificado

Foram revogadas 48 portarias trabalhistas consideradas obsoletas e assinada nova norma regulamentadora de saúde e segurança na área rural

BOLETIM OFICIAL

Covid-19: Brasil tem 24,8 mil novos casos e mais 497 mortes em 24h

Depois de São Paulo, Estados com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus são Rio de Janeiro, Ceará, Minas Gerais e Pernambuco

Sextou com o Ruy

Quem precisa de shopping centers? E como ficam as ações do setor?

Tem gente dizendo que os shoppings estão com os dias contados e que 2020 pode ser o último ano que eles nos serão úteis para as compras de fim de ano. Será que isso é verdade?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies