Menu
2019-10-26T14:05:01-03:00
E a crise continua...

PSL vai pedir expulsão de mais três deputados bolsonaristas

Na quinta-feira, a Executiva Nacional oficializou um pedido contra Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente

26 de outubro de 2019
14:05
Presidente da República, Jair Bolsonaro.
Imagem: Alan Santos/PR

A ala do PSL ligada ao presidente nacional do partido, Luciano Bivar (PE), prepara pedidos de expulsão de ao menos mais três deputados federais ligados ao presidente Jair Bolsonaro - Bibo Nunes (RS), Alê Silva (MG) e Daniel Silveira (RJ). O Estado de S. Paulo apurou que a documentação já está sendo preparada por advogados da sigla. Na quinta-feira, a Executiva Nacional oficializou um pedido contra Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente, que assumiu a liderança da bancada do PSL na Câmara após uma queda de braço com Delegado Waldir (GO).

Os pedidos de expulsão serão analisados pelo Conselho de Ética da sigla, em paralelo aos processos disciplinares contra os mesmos quatro e mais 15 parlamentares. Os processos foram suspensos no início da semana, após liminar da Justiça que viu indícios de irregularidades na forma como os deputados foram notificados.

A disputa entre "bolsonaristas" e "bivaristas" tem como pano de fundo o controle dos recursos recebidos pelo PSL, que cresceu exponencialmente de um para 52 deputados no ano passado. A estimativa é de que o partido recebe uma quantia próxima de R$ 1 bilhão em recursos públicos até 2022.

Embora o grupo de Bolsonaro tenha conquistado a liderança da bancada, Bivar domina a maioria dos cargos na máquina partidária, o que pode acelerar os processos de expulsões.

Na mira dos bivaristas, Bibo Nunes é acusado de desrespeitar o partido e colegas nas redes sociais. Antigo desafeto de Bivar, ele passou a pedir a saída do dirigente após perder o comando do diretório da sigla no Rio Grande do Sul.

O deputado gaúcho diz não ver a possibilidade de expulsão como um problema. "Para mim, será uma honra, uma placa de ouro", afirmou. "Não existe mais ambiente para permanência, neste partido, comandado pelo déspota Bivar", completou.

'Infiltrado'

Também na mira, Daniel Silveira (RJ) é tratado pelo grupo de Bivar como "traidor" após gravar reunião da bancada em que o então líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, disse que iria "implodir" Bolsonaro. Na ocasião, o deputado disse que agiu "infiltrado" para proteger o presidente.

Waldir ainda tenta levar adiante um processo de cassação do mandato de Silveira no Conselho de Ética da Câmara. Para isso, porém, ainda depende do apoio de mais partidos.

Já a deputada Alê Silva (MG), que já fez acusações contra o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio sobre o uso de candidaturas laranjas, foi uma das primeiras a sofrer punições desde que a crise do partido começou.

Na semana passada, após assinar lista para destituir Waldir, ela perdeu a cadeira que tinha na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara. O posto foi reconquistado nesta semana, após seu grupo apresentar nova lista e conseguir emplacar Eduardo na liderança da bancada.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NOVO MINISTRO

Militar recebe cargo no Ministério da Saúde cobiçado pelo Centrão

O coronel Luiz Otávio Franco Duarte, nome levado pelo ministro interino Eduardo Pazuello, foi nomeado nesta quarta-feira, 27, para comandar a secretaria.

Quinta-feira, às 12h

Imposto de Renda 2020: As respostas estão aqui

A Julia Wiltgen estará ao vivo nesta quinta-feira (28), às 12h, com o tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados Associados, para responder às perguntas dos leitores no canal do Seu Dinheiro no Youtube.

IMPASSE

TCU pode suspender contratação de militares da reserva para reduzir filas do INSS

A contratação dos militares é considerada um ponto central da estratégia do governo Bolsonaro, mas enfrenta resistências de diversos setores da sociedade civil, do Judiciário e mesmo dentro do TCU, que veem com preocupação o aumento da presença de militares em funções destinadas a servidores civis.

INVESTIGAÇÃO

Aras tende a vetar pedido por celulares de Bolsonaro e Carlos

Na avaliação de Augusto Aras, não cabe a terceiros pedir a abertura de inquéritos ou medidas de investigação no caso.

EFEITO CORONAVÍRUS

Compras com cartões desaceleram ritmo e crescem 14,1% no 1º tri, diz Abecs

Trata-se do menor crescimento desde 2007, conforme a entidade.

DESACELERAÇÃO DO CONSUMO

Queda na Confiança das Famílias é a mais intensa da série histórica, diz CNC

O índice caiu para 81,7 pontos na pesquisa de maio, contra 95,6 pontos em abril, registrando queda mensal de 13,1% e anual de 13,7%.

volta gradual

Doria anuncia retomada gradual da economia em SP no dia 1º de junho

Segundo o governador, medida não é um relaxamento, mas um ajuste levando em conta as particularidades regionais do Estado

ENERGIA

Aneel tenta reduzir reajustes tarifários para ex-distribuidoras da Eletrobras

Segundo a Aneel, a última vez que essas distribuidoras passaram por revisão tarifária foi em 2013.

VALIDADE PRORROGADA

Congresso prorroga por 60 dias prazo de vigência de quatro MPS

O Congresso Nacional prorrogou o prazo de validade de quatro medidas provisórias por mais 60 dias. Os atos estão publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 27. Uma das MPs que teve vigência prorrogada é a MP 930, que dispõe sobre o tratamento tributário incidente sobre a variação cambial do valor de investimentos realizados […]

efeito coronavírus

Brasil perde 1,1 milhão de empregos com carteira assinada em dois meses

Em abril, foram 860,5 mil vagas a menos e, no mês anterior, o país perdeu 240,7 mil empregos formais, segundo o Caged

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements