2019-05-24T11:56:48-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Mercado de capitais

Bancos têm R$ 40 bilhões “contratados” em ofertas de ações de empresas na bolsa

Número considera tanto ofertas públicas iniciais de ações (IPO) como de empresas já listadas (follow ons) e pode ser ainda maior, dependendo da aprovação da reforma da Previdência

24 de maio de 2019
11:55 - atualizado às 11:56
Sede da B3 em São Paulo
Sede da B3 em São Paulo - Imagem: Shutterstock

Apesar da agenda política conturbada, as empresas seguem bastante ativas nos bastidores do mercado de capitais. Os bancos que coordenam ofertas de ações na bolsa possuem hoje um volume de R$ 40 bilhões em emissões "contratadas" para acontecer neste ano.

O número foi divulgado hoje por Hans Lin, responsável pela área de banco de investimento do Bank of America Merrill Lynch (BofA), e considera tanto as ofertas de novas empresas via IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações) como emissões de empresas já listadas (follow ons).

Incluindo as operações que ainda estão em discussão, ele afirmou que esse número pode aumentar para R$ 80 bilhões. O que vai fazer a diferença é o tema que centraliza - e paralisa - as discussões no país.

"A reforma da Previdência é a chave", afirmou Lin a uma plateia de investidores reunidos em um evento da Abvcap, associação que reúne os gestores de fundos que compram participações em empresas, conhecidos como "private equity".

Com a aprovação da Previdência, a bolsa brasileira pode receber até R$ 400 bilhões adicionais em recursos nos próximos anos, principalmente de estrangeiros, segundo Lin.

A redução da taxa de juros para o menor patamar histórico joga a favor do investimento em bolsa. Nas contas do executivo do BofA, os fundos de ações recebem entre R$ 500 milhões e R$ 1 bilhão por semana de recursos que antes estavam alocados em renda fixa.

O número de empresas na bolsa pode crescer de forma "dramática" com a aprovação das reformas, afirmou Pedro Costa, responsável no Santander pela área de mercado de capitais na área de ações, que também participou do evento.

A expectativa é que a agenda de ofertas de ações nos próximos seja concentrada na venda das participações detidas pela Caixa Econômica Federal, segundo Costa.

O executivo do Santander reconheceu, porém, que o otimismo já não é o mesmo do início do ano em razão da agenda política travada. "O clima está mais desafiador, mas ainda não azedou", disse.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

VAI FICA DENTRO OU FORA DESSA?

Prepara-se: Metaverso vem aí com jogos, ensino e comércio eletrônico — e deve movimentar US$ 5 trilhões

De acordo com a empresa de consultoria McKinsey, os gastos globais no metaverso podem chegar a US$ 5 trilhões até 2030. Desse total, o e-commerce é visto como o meio que oferece a maior oportunidade, com um valor de mercado previsto de US$ 2,6 trilhões.

CARREIRA DOS SONHOS

Google (GOGL34) é eleita a empresa dos sonhos dos brasileiros; Nubank (NUBR33) e Itaú (ITUB4) também estão na lista

A gigante de tecnologia se mantém na liderança como empresa dos sonhos dos brasileiros na última década; a Google é desejada principalmente entre os mais jovens

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Político pesa no Ibovespa, projeções melhores para VIIA3 e outros destaques do dia

A inflação global elevada e as apostas cada vez maiores de que o mundo deve enfrentar um cenário de recessão econômica continuam alimentando os ursos do mercado financeiro nos quatro cantos do mundo, monopolizando a atenção dos investidores.  Mesmo com um cenário marcado por uma forte aversão ao risco, os principais índices de Wall Street […]

AUMENTA O SOM

Ex-ministro Milton Ribeiro diz ter recebido ligação de Bolsonaro sobre busca e apreensão — ouça o áudio

O telefonema ocorreu em 9 de junho, antes do ex-chefe da pasta da Educação ter sido alvo da operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na quarta-feira (22)

FECHAMENTO DO DIA

Brasília domina e Ibovespa cai mais de 1% na semana; dólar vai a R$ 5,25

Os ruídos fiscais em Brasília, assim como a tensão em torno da Petrobras (PETR4) dividiram o palco com o temor de uma recessão ao longo da semana do Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies