Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-05-22T09:34:37-03:00
Estadão Conteúdo
expectativa

Consumidores esperam inflação de 5,4% em 12 meses a partir de maio, diz FGV

Fundação diz que, considerando-se o diferencial histórico entre as previsões dos consumidores e da inflação medida pelo IPCA, por exemplo, os números ainda compatíveis com uma inflação oficial na meta

22 de maio de 2019
9:34
mercado / inflação
Imagem: Shutterstock

A mediana da inflação esperada pelos consumidores para os próximos 12 meses ficou em 5,4% em maio, ante 5,3% em abril, informou nesta quarta-feira, 22, a Fundação Getulio Vargas (FGV), que divulgou o Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores de maio 2019.

"O aumento da expectativa de inflação para os próximos meses se origina em parte na percepção do aumento conjuntural de preços, mas também na queda da confiança, influenciada pelo forte aumento da incerteza econômica. Apesar disso, considerando-se o diferencial histórico entre as previsões dos consumidores e da inflação medida pelo IPCA, por exemplo, os números ainda são bastante moderados, compatíveis com uma inflação oficial na meta", afirmou Viviane Seda Bittencourt, coordenadora da Sondagem do Consumidor, da FGV/IBRE, em nota oficial.

Na distribuição por faixas de inflação, 68,4% dos consumidores projetaram uma taxa de inflação acima da meta oficial do governo de 4,25% em 2019, acima da parcela anterior de 60,1%.

Já a expectativa de consumidores indicando inflação abaixo do limite inferior da meta, de 2,75%, caiu 1,1 ponto porcentual, para 2,9% em maio, a menor parcela desde janeiro.

Houve aumento da expectativa de inflação entre os consumidores de quatro das cinco faixas de renda no mês de maio pesquisados pela FGV. As famílias com renda mensal mais baixa, de até R$ 2.1000,01, foi a única que manteve a mesma expectativa de inflação de abril.

O Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores é obtido com base em informações da Sondagem do Consumidor, que ouve mensalmente mais de 2,1 mil brasileiros em sete das principais capitais do País. Aproximadamente 75% dos entrevistados respondem aos quesitos relacionados às expectativas de inflação.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ALÍVIO NO BOLSO

Sem dizer quanto, Bolsonaro promete que Petrobras (PETR4) anunciará redução no preço dos combustíveis nesta semana

O presidente, que é um dos críticos mais ferrenhos da política de preços da estatal, afirmou que a queda deve seguir por algumas semanas

INVESTIDORES ATENTOS

4 fatos que mexem com o Ibovespa na próxima semana — incluindo Copom e IPO do Nubank

O principal índice acionário brasileiro terá um calendário cheio de eventos e dados econômicos para digerir ao longo dos próximos dias

Alívio no Orçamento

Com receita acima do esperado, Economia reduz estimativa de rombo nas contas públicas em 2022

Considerando todo o setor público, o que inclui Estados e Municípios, as novas projeções da pasta preveem até mesmo um saldo positivo

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) corre atrás do prejuízo e avança mais de 4% hoje; ethereum (ETH) recupera perdas da semana

As criptomoedas correm atrás do prejuízo e tentam recuperar parte da queda brusca registradas no último sábado

CRIPTO INSTITUCIONAL

Real digital vem aí! Banco Central prepara versão virtual da moeda brasileira para 2022

A instituição lançou um laboratório para estudar as possibilidades de uso e de execução de projetos com a versão virtual da moeda brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies