🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Cutucada paulista

Governo federal tem que definir sua posição sobre a Previdência, diz Meirelles

Secretário de Fazenda e Planejamento de SP cutucou governo e disse que “está chegando a hora em que o governo tem que definir qual é a sua posição”

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
7 de fevereiro de 2019
13:51 - atualizado às 16:03
Henrique Meirelles
Henrique Meirelles - Imagem: Joedson Alves/Estadão Conteúdo

O secretário de Fazenda e Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou nesta quinta-feira, 7, a investidores que é importante que o novo governo chegue a uma posição sobre o modelo da reforma da Previdência. Segundo ele, além de endereçar o problema fiscal do País, a aprovação das mudanças nas normas previdenciárias teriam impacto no curto prazo na formação de expectativas e na confiança de investidores.

Ele avaliou que a equipe econômica atual está entre o ganho de tempo ao optar pelo texto que já tramita no Congresso, do antigo governo, ou tentar um modelo "mais ambicioso", mas ressaltou que "está chegando a hora em que o governo tem que definir qual é a sua posição".

A investidores da XP Investimentos, Meirelles destacou que há uma aceitação maior hoje sobre a mudanças nas regras previdenciárias do que quando a reforma foi enviada por ele ao Legislativo, enquanto ministro da Fazenda do governo Michel Temer. Para ele, isso seria um resultado do trabalho feito junto a parlamentares e nas bases de esclarecimentos em relação à necessidade da reforma.

Questionado por investidores sobre qual seria a proposta possível de ser aprovada, uma vez que o texto enviado originalmente por Meirelles foi desidratado no Legislativo, Meirelles desconversou. "A definição do que é possível é o processo parlamentar que vai dizer", disse.

Linha liberal

O ex-ministro da Fazenda afirmou a investidores que a linha liberal do novo governo é positiva e favorecerá que a economia cresça dentro do seu potencial. Segundo ele, o ano de 2018, em que ele estava à frente da área econômica do governo, foi atrapalhado pela greve dos caminhoneiros e, principalmente, com a incerteza eleitoral.

"Como governo está em uma linha liberal positiva, o efeito líquido é positivo, não há nada que possa impedir que se cresça a economia. De ponta a ponta último trimestre de 2018 com último trimestre de 2019 deve crescer mais que o esperado", aponta.

Segundo ele, o carregamento estatístico para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2018 para 2019 será baixo porque, em razão de várias inseguranças atípicas no ano passado, os investidores contiveram aportes no Brasil. "Teve greve dos caminhoneiros que puxou para baixo. Depois, nós tivemos incerteza eleitoral. Tinha candidato que estava propondo tomar de volta áreas de pré-sal que já estavam licitadas. A questão que houve é que muitas empresas tinham orçamento para o Brasil em 2018, mas seguraram investimentos esperando eleição", disse.

Banho de água fria

Meirelles também resolveu comentar sobre os entraves burocráticos envolvendo o projeto de privatização da Sabesp - algo que o mercado acabou não gostando muito. O secretário afirmou que, caso o Congresso Nacional não aprove a medida provisória que viabilizaria a privatização, o governo paulista pretende capitalizar a empresa com o "mínimo de capital estatal possível".

O ex-ministro de Temer evitou cravar números, mas destacou que a privatização da empresa renderia mais aos cofres públicos, enquanto a capitalização é estimada em R$ 5 bilhões, R$ 1 bilhão deles retornando à companhia. No mercado, as ações ordinárias da Sabesp foram ladeira abaixo e, por volta das 15h30, caíam 5,18%.

*Com Estadão Conteúdo.

Compartilhe

Ex-ministro da Fazenda

Inflação pode ir a 7% com risco de avanço de expectativas de 2022, diz Henrique Meirelles

8 de junho de 2021 - 17:06

O atual secretário de Fazenda de SP também destacou que o maior risco para a recuperação da economia brasileira é o fiscal

Ex-ministro da Economia

‘Não adianta só falatório, tem de privatizar mesmo’, diz Henrique Meirelles

11 de fevereiro de 2021 - 14:13

Meirelles inclui a aprovação das reformas tributária, tendo como ponto de partida o texto apresentado pelos Estados.

ex-ministro da Fazenda

Meirelles prevê redução da inflação de alimentos tão logo a oferta se regularize

11 de setembro de 2020 - 15:47

“A inflação de alimentos decorre do auxílio emergencial que elevou a demanda, redução da oferta e reajustes nos preços”, disse Meirelles

Entrevista

Meirelles: ‘A raiz da pressão por aumento de gastos é sempre a mesma, eleição’

8 de agosto de 2020 - 13:59

Em entrevista ao Estadão, Henrique Meirelles lembra que o País tem pouca memória e que quebrar o teto levaria a uma crise muito maior do que a de 2015

Fala, secretário

SP precisa de repasse federal para cumprir compromissos de junho, diz Meirelles

18 de maio de 2020 - 20:14

Meirelles afirmou ainda que, independentemente de o presidente Jair Bolsonaro vetar ou não o reajuste de categorias do funcionalismo, o Estado de São Paulo não tem hoje margem para aumentar o salário de seus servidores

preocupação fiscal

Despesa de retomada tem que se dar na crise; depois, austeridade, diz Meirelles

23 de abril de 2020 - 10:00

Secretário da Fazenda de São Paulo destacou que, apesar da crise ou por causa dela, existe grande quantidade de recursos na área externa, como fundos soberanos, para serem aplicados

Secretário de Doria

Meirelles critica Bolsonaro, estima queda de 3% para PIB e vê diferenças com 2008

25 de março de 2020 - 15:29

Meirelles, também ministro da Fazenda no governo Temer, considerou positivo que muitas autoridades do País tenham reagido ao pronunciamento do presidente

Mudanças nas aposentadorias

Doria diz que reforma da Previdência em SP deve economizar R$ 32 bilhões em 10 anos

8 de novembro de 2019 - 16:20

Objetivo do governo é apresentar a proposta de reforma à Assembleia Legislativa de São Paulo na próxima terça-feira

Se não vai por Brasília...

Meirelles diz que governo de SP prepara uma reforma da Previdência própria

24 de outubro de 2019 - 16:19

Projeto será enviado à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo caso a PEC Paralela não ande no Congresso Nacional

Me segue!

Ex-ministro da Fazenda, Meirelles diz que grande mérito do atual governo é manter diretrizes econômicas de Temer, mas aponta erros

14 de outubro de 2019 - 15:28

Secretário da Fazenda paulista afirmou que muitos dos pontos da MP da Liberdade Econômica foram traçados durante sua gestão no Ministério da Fazenda

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar