Menu
2019-04-04T14:41:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
De olho no secretário

“Se a MP do Saneamento for aprovada, a Sabesp será privatizada”, diz Meirelles em evento do BTG

Secretário da Fazenda paulista fez declarações durante o 20º CEO Brasil 2019 Conference, realizado pelo BTG Pactual em São Paulo

26 de fevereiro de 2019
19:12 - atualizado às 14:41
Presidenciável Henrique Meirelles conversa com jornalistas após debate do SBT
Meirelles deixou mais uma vez claros os seus planos para privatizar a Sabesp - Imagem: Marcelo Chello/Seu Dinheiro

O secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, fez a festa dos acionistas da Sabesp ao deixar mais uma vez clara a sua intenção de privatizar a companhia de saneamento paulista.

A fala do secretário foi feita durante o 20º CEO Brasil 2019 Conference, realizado nesta terça-feira, 26, pelo BTG Pactual, em São Paulo. Em seu discurso, Meirelles disse considerar a Sabesp como uma das prioridades para o atual governo paulista.

O secretário explicou que o fato de a companhia ser majoritariamente estatal dá à empresa vantagem competitiva por possibilitar a municípios, que usam os serviços da Sabesp, a renovação de contratos sem a necessidade da abertura de concorrência pública. "Essa vantagem, no entanto, inibe o projeto de privatização da empresa".

Segundo ele, a saída para esse impasse seria a aprovação da Medida Provisória (MP) 868, chamada de MP do Saneamento, que é uma reedição da MP 844, que retira a vantagem competitiva de estatais como a Sabesp e favorece a privatização.

"Se a MP do Saneamento for aprovada, a Sabesp será privatizada. Sem a aprovação da MP, o plano B é capitalização, com venda de 49% da Sabesp", afirmou.

Desestatizar é o lema

O homem da economia de João Doria também afirmou que o “relevante e decisivo” para São Paulo nos próximos anos é o programa de desestatização. “Não é só de privatização, mas de concessões de infraestrutura”, disse Meirelles. Vale lembrar que, no fechamento do dia, as ações ordinárias da Sabesp subiram 0,70%.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ruim, mas nem tanto?

“É um dos países que menos caíram no mundo”, afirma Bolsonaro, sobre queda de 4% no PIB

Para Bolsonaro a queda do PIB só não foi maior devido a movimentação da economia gerada pelo auxílio emergencial.

Queda bilionária

BC tem perda de R$ 5,081 bi com swap cambial em fevereiro

O BC obteve ainda um ganho de R$ 9,699 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais no mês passado.

pandemia em alta

Alta de casos de covid-19 e restrições em SP derrubam ações de varejistas e shopping centers

Governo paulista decide fechar comércio não essencial após estado bater recorde no número diário de mortes

via de mão dupla

PEC do auxílio tem de ter contrapartida, diz Funchal

“Se essa PEC não andar com as contrapartidas, o vulnerável que vai ter o benefício hoje será o desempregado dos próximos anos”, diz Funchal.

Mudanças a caminho

Se PEC for aprovada, 14 Estados já podem congelar salário de servidor

Pela proposta, as medidas de ajuste seriam acionadas sempre que as despesas obrigatórias primárias excedessem 95% das receitas correntes.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies