🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
GREVE DOS CAMINHONEIROS

Segunda terá início com ameaça de paralisação de caminhoneiros

Mas o movimento está dividido em relação a uma nova greve

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
15 de dezembro de 2019
22:47 - atualizado às 22:48
Greve dos caminhoneiros
Imagem: Douglas Magno/Estadão Conteúdo

A segunda-feira (16) começa com uma nova ameaça de paralisação de caminhoneiros em várias regiões do País. A mobilização, que começou a circular em grupos de WhatsApp nas últimas semanas, é apoiada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logísticas (CNTTL), instituição ligada à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Mas o movimento está dividido em relação a uma nova greve. Ao conversar com o jornal O Estado de S.Paulo, o caminhoneiro Wallace Landim, o “Chorão”, que tem representado os pleitos dos caminhoneiros na interlocução com o governo, falou que a classe está sendo alvo de interesses políticos e que os principais pedidos dos trabalhadores já tem data para ser atendidos.

“Temos uma pauta importante, que já está na mesa e que tem data para ser atendida. Temos de ter muita seriedade em relação ao que está sendo feito. O que estão querendo é usar o transportador como massa de manobra para um movimento político”, falou ao jornal.

De acordo com Chorão, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) se comprometeu a publicar o novo Código Identificador da Operação de Transportes (Ciot), ferramenta que vai ajudar a fiscalizar a punir empresas que tem contratado caminhoneiros com preços abaixo do mínimo estabelecido na tabela do frete na próxima terça-feira (17).

Entre as reivindicações dos caminhoneiros está o reajuste do piso mínimo do frete. Mas, segundo Chorão, o governo se comprometeu a fazer isso em 20 de janeiro do ano que vem. Para ele, a expectativa da classe é que esse aumento fique entre 14% e 18%. Outras negociações estão em andamento ainda para tratar do preço do diesel.

Nas redes sociais, representantes da CUT também têm divulgado vídeos em que negam motivações políticas. “Estão tentando desvirtuar o movimento dos caminhoneiros, com essa história de que se trata de um movimento político. Quem faz isso tenta desmobilizar a classe, é covarde”, afirmou Sandro Cesar, presidente da CUT no Rio de Janeiro, em vídeo distribuído entre os trabalhadores.

“Quero saber se tem alguém, em algum lugar desse Brasil, que está feliz com o preço da gasolina, do gás, do óleo diesel. Se tem alguém feliz com isso, deve ter outros interesses.” 

*Com Estadão Conteúdo

Compartilhe

A TODO O VAPOR

Salvou a economia? Biden anuncia acordo trabalhista de última hora para evitar greve de ferroviários nos EUA

15 de setembro de 2022 - 9:59

Caso os sindicatos tivessem realmente entrado em greve, mais de 7 mil trens teriam sido paralisados, gerando um custo de aproximadamente US$ 2 bilhões por dia

SEM ACORDO

Greve do BC termina na data marcada; paralisação durou 95 dias

5 de julho de 2022 - 14:55

Os servidores do Banco Central cruzaram os braços em abril e reivindicavam reajuste salarial e reestruturação da carreira — demandas que não foram atendidas a tempo

NADA MUDOU

Sem avanços e no primeiro dia de Copom, servidores do BC mantêm greve

14 de junho de 2022 - 17:24

A greve já dura 74 dias, sem previsão de volta às atividades; o presidente do BC, Roberto Campos Neto, deve comparecer à Câmara para esclarecer o impasse nas negociações com os servidores

NOVELA CONTINUA

Greve do BC: Vai ter reunião do Copom? A resposta é sim — mesmo com as publicações atrasadas

9 de junho de 2022 - 17:22

A reunião do Copom acontece nos dias 14 e 15 de junho e os servidores apresentaram uma contraproposta de reajuste de 13,5% nos salários

SEM NEGOCIAÇÕES

Servidores do Banco Central devem manter a greve e consulta a “dinheiro esquecido” segue fora do ar; entenda

30 de maio de 2022 - 17:02

Uma nova assembleia dos servidores do Banco Central deve acontecer amanhã (31), às 9h; sem avanço nas negociações, o Sindicato prevê a continuidade da greve

A greve continua

Sem acordo, fiscais da Receita Federal e auditores agropecuários flexibilizam inspeções

29 de abril de 2022 - 12:12

Mesmo com serviços parcialmente ativos, a greve continua; funcionários públicos federais revindicam reajuste salarial e a reestruturação de carreiras.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior tentam se recuperar da queda após decisão do Fed e Ibovespa busca manter ritmo de alta mesmo com risco fiscal no radar

27 de janeiro de 2022 - 7:54

Depois de tocar os 112 mil pontos ontem (26), a bolsa brasileira precisa enfrentar o ajuste de carteiras ao novo cenário de juros altos

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas buscam recuperação no exterior em dia de decisão do Fed e balanços; Ibovespa tenta manter boa fase de olho no IPCA-15

26 de janeiro de 2022 - 7:53

O Ibovespa conseguiu recuperar o patamar dos 110 mil pontos e a entrada do país na Organização pode acelerar a reforma tributária

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas seguem sob pressão, bitcoin (BTC) cai abaixo dos US$ 40 mil e PEC dos combustíveis liga alerta antes da abertura da B3

21 de janeiro de 2022 - 7:51

As atenções se voltam para a próxima quarta-feira (26), quando ocorrerá a próxima reunião do Federal Reserve sobre a alta nos juros este ano

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas operam mistas pela manhã após inflação recorde da Zona do Euro e Ibovespa olha coletiva do presidente do Banco Central hoje

20 de janeiro de 2022 - 7:51

Sem maiores indicadores para o dia, o foco vai para a corrida eleitoral, com as falas dos presidenciáveis em foco nesta quinta-feira

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies