🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
Greve dos caminhoneiros

Caminhoneiros avaliam eventual paralisação a partir do próximo domingo

Há um descontentamento de parte da categoria com promessas não cumpridas pelo governo Jair Bolsonaro e com as altas recentes do preço do óleo diesel

Estadão Conteúdo
21 de julho de 2021
9:29 - atualizado às 18:07
greve dos caminhoneiros de 2018
A foto é de 2018, mas a situação é bem atual: a greve dos caminhoneiros ameaça o governo mais uma vez - Imagem: Rodolfo Buhrer/Reuters

Entidades e associações que representam caminhoneiros avaliam a possibilidade de realizar uma paralisação nacional a partir de domingo (25), Dia do Motorista, que poderia crescer na segunda-feira (26). Há um descontentamento de parte da categoria com promessas não cumpridas pelo governo Jair Bolsonaro e com as altas recentes do preço do óleo diesel.

Entre as insatisfações também são citadas o fim da isenção do PIS/Cofins sobre o diesel, os preços elevados dos insumos para o transporte de cargas e a falta de fiscalização do piso mínimo do frete.

Algumas entidades já decidiram apoiar a interrupção das atividades, mas reuniões ainda serão realizadas ao longo desta semana para definir a posição da categoria, segundo representantes ouvidos pela reportagem.

Uma das entidades que decidiu apoiar a paralisação é o Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC). Plínio Dias, presidente da entidade, disse que a mobilização começa no dia 25 e que a adesão pode crescer na segunda-feira e nos dias subsequentes.

O Conselho afirma já ter apresentado 387 ofícios ao governo desde o começo do ano com as reivindicações dos caminhoneiros, como o fim da política de Preço de Paridade de Importação (PPI) da Petrobras para combustíveis, maior fiscalização nas estradas para cumprimento do piso mínimo de frete e a aposentadoria especial para os motoristas. Segundo o representante, a pauta é a mesma da paralisação do início de 2021. "Até o presente momento, o governo e as pastas cabíveis não chamaram para conversar", disse ele.

O descrédito do governo vem aumentando junto aos caminhoneiros em virtude de algumas promessas não cumpridas. Em maio, preocupado com movimentos grevistas e as constantes ameaças de paralisações, o governo anunciou um pacote de medidas para a categoria, o "Gigantes do Asfalto". Entre as medidas consta a criação do Documento Eletrônico de Transportes (Dt-e), uma das principais apostas do governo para o segmento autônomo.

O projeto foi aprovado na última quinta-feira, 15, pela Câmara dos Deputados por meio da Medida Provisória nº 1051/21 e vai tramitar no Senado. Trata-se de um recurso que vai unificar os documentos exigidos para o transporte de cargas e que poderá ser usado pelo celular do motorista. Também foi visto pela categoria como tentativa de acalmar os ânimos.

A Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava) vai decidir sobre a adesão ao movimento em reunião com seus associados nesta quinta-feira (22). "Estamos conversando e orientando a categoria para seguirmos para o cumprimento das leis que conquistamos", disse o presidente da Abrava, Wallace Landim, conhecido como Chorão.

O representante da Associação Nacional de Transporte do Brasil (ANTB), José Roberto Stringasci, disse que a entidade apoia a categoria na sua decisão, mas ponderou que os caminhoneiros ainda estão decidindo se vão parar ou não.

Conforme Stringasci, a questão dos combustíveis é chave. "Não tem mais condições para o caminhoneiro, e nem para o povo brasileiro, de tanto reajuste. A categoria quer uma reforma na política de preço", disse o líder. Dias, do CNTRC, que participou de uma reunião em junho com o presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, afirmou que até o momento os caminhoneiros não foram chamados à mesa para escutar a resposta da empresa aos seus pedidos.

Segundo os líderes, há possibilidade de maior adesão agora do que na paralisação de fevereiro, em virtude dos reajustes no diesel de lá para cá.

Compartilhe

UMA FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATES

Noites do Terror com chocolate? O que a Cacau Show pretende com a compra do Playcenter

21 de fevereiro de 2024 - 9:36

Valor da compra do Grupo Playcenter pela Cacau Show não foi revelada; negócio ainda depende da aprovação do Cade

LOTERIAS

Parece tão fácil que quase estraga: 7 apostas dividem a Lotofácil; Mega-Sena e Quina acumulam ainda mais

21 de fevereiro de 2024 - 5:47

Enquanto a Lotofácil faz jus à fama de loteria menos difícil da Caixa, a Mega-Sena e a Quina continuam fazendo jogo duro

LOTERIAS

Lotofácil começa semana com 2 ‘quase-milionários’; Quina acumula e Mega-Sena promete uma fortuna hoje

20 de fevereiro de 2024 - 5:48

Ganhadores da Lotofácil estão separados por milhares de quilômetros; Mega-Sena está acumulada em R$ 87 milhões

PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

É MEI e está devendo para o banco ou para a Receita? Governo prepara ‘Desenrola’ para pequenas empresas que pode beneficiar 8 milhões de CNPJs

19 de fevereiro de 2024 - 17:32

A intenção é lançar até o mês que vem a versão para pessoas jurídicas do Desenrola Brasil

BOMBOU NO SD

O carnaval da bolsa, ‘petróleo branco’ na mira do BNDES e inflação recorde na Argentina — confira os destaques do Seu Dinheiro na semana

18 de fevereiro de 2024 - 10:13

Além da pulga atrás da orelha com o Carnaval, os leitores também buscaram se informar sobre a confirmação dos boatos de o BNDES quer financiar uma planta de refino de lítio, o recorde de inflação nda Argentina, uma nova fusão entre petroleiras e como fica um inventário com previdência privada

LOTERIAS

Dois sortudos dividem prêmio milionário da Lotofácil; Mega-Sena acumula e vai a R$ 87 milhões

18 de fevereiro de 2024 - 8:31

Uma aposta feita por meio de canais eletrônicos e outra realizada em uma lotérica de Blumenau, Santa Catarina, acertaram os 15 números sorteados ontem

AUTOMÓVEIS

Estes carros vão te levar mais longe: conheça os 5 modelos a diesel, gasolina, híbridos e elétricos com maior autonomia do mercado

18 de fevereiro de 2024 - 7:51

Da Ford Ranger ao Polo, elencamos os carros com maior autonomia à venda no Brasil, perfeitos para aquela viagem e para quem detesta parar no posto para abastecer

LOTERIAS

Esqueça Mega-Sena, Lotofácil e Quina: o novo milionário do Brasil vem de outra loteria

16 de fevereiro de 2024 - 5:54

Quando a Lotofácil, a Mega-Sena e a Quina furam, a Caixa Econômica Federal parece ter sempre uma loteria pronta para fazer um novo milionário

LOTERIAS

Lotofácil faz novos milionários em bolão na Grande SP; Quina acumula e Mega-Sena pode pagar uma fortuna hoje

15 de fevereiro de 2024 - 5:51

De acordo com a Caixa Econômica Federal, bolão ganhador da Lotofácil foi dividido em 3 cotas; Mega-Sena está acumulada em R$ 53 milhões

DEBANDADA DA CADERNETA

Aumento de saques da poupança afeta financiamentos imobiliários; conheça alternativas para compra de imóveis

14 de fevereiro de 2024 - 14:00

Com menos recursos na poupança, os bancos destinam menos dinheiro para Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), a mais tradicional fonte para empréstimos do setor

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies