Menu
2019-12-30T20:15:24-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
NOVO MERCADO

Acionistas do GPA, dona do Pão de Açúcar, aprovam migração para Novo Mercado e conversão de ações PN em ON

Ao converter para ações ordinárias, a empresa acaba com
a diferenciação entre os acionistas e permite que todos tenham direito ao voto

30 de dezembro de 2019
20:15
Sede do Grupo Pão de Açúcar
Imagem: Divulgação

O GPA, dona do Pão de Açúcar (PCAR4) aprovou hoje (30) em assembleia geral extraordinária (AGE) a migração para o Novo Mercado - segmento com maiores exigências em torno da governança corporativa e que permite que as companhias tenham apenas ações ordinárias e que garantem direito ao voto.

Por conta disso, a assembleia de acionistas também autorizou a conversão de ações preferenciais (PN) em ordinárias (ON) na proporção de uma ação ordinária para cada uma ação preferencial. Isso acaba com a diferenciação entre os acionistas, algo que ocorre entre as empresas que também têm papeis preferenciais (PN) e que não dão direito a voto em assembleia.

Outra exigência do Novo Mercado é o "tag along". Na prática, significa que, caso a empresa seja vendida, os minoritários devem receber pelas suas ações o mesmo valor pago ao acionista controlador.

Em fato relevante, o grupo informou que 99,94% dos detentores de ações ON e 53,72% dos titulares de ações PN votaram a favor da conversão.

Os detentores de ações preferenciais terão direito de recesso, e caso optem pelo reembolso, o valor a ser pago será de R$ 41,54 por ação. O prazo para essa opção é de 30 dias da publicação da ata da assembleia especial dos titulares de ações PN, que está prevista para a próxima sexta-feira (3).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 1,2 mil novas mortes e 60 mil novos casos

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A questão de Bolsonaro: ser ou não ser liberal

Ser ou não ser liberal. Eis a questão de Jair Bolsonaro. O presidente foi eleito com uma pauta de defesa das reformas, redução do tamanho do Estado e equilíbrio das contas públicas. O fiador desse discurso foi Paulo Guedes, que assumiu o comando da economia. O receituário foi seguido no primeiro ano de mandato, com […]

de olho nos números

Suzano, JBS, B3, Cyrela, Lojas Americanas, B2W, Hering: os balanços que vão mexer com o mercado nesta sexta

Balanços do segundo trimestre devem guiar os negócios no Ibovespa no último pregão da semana

Balanço

B3 tem lucro 28,9% maior no 2º trimestre e aumenta investimento para dar conta do volume da bolsa

A dona da bolsa brasileira registrou lucro líquido recorrente de R$ 1,012 bilhão e pretende investir até R$ 425 milhões em sistemas e novos produtos para o mercado

confiança com capitalização

Para presidente da Eletrobras, saída de Mattar não prejudica privatização

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta quinta-feira, 13, que a saída do secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, não irá prejudicar a capitalização da empresa prevista para o ano que vem, e que confia que após debates com o Congresso Nacional, o processo seja aprovado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements