Menu
2019-11-05T17:13:55-03:00
Estadão Conteúdo
Barradas no Congresso

Maia diz que novo pacote econômico do governo tem propostas difíceis e que algumas não devem prosperar

Entre os pontos problemáticos destacados pelo presidente da Câmara está o que trata da inclusão de inativos nos gastos com saúde e educação

5 de novembro de 2019
17:13
Rodrigo Maia
Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o pacote de reformas apresentado pelo governo nesta terça-feira é "ambicioso e importante", mas destacou que alguns pontos não devem avançar no Congresso, principalmente o que trata da inclusão de inativos nos gastos com saúde e educação.

"Hoje o presidente (Jair) Bolsonaro apresentou uma pauta ambiciosa e importante, com alguns temas difíceis que certamente não vão prosperar. Mas em toda pauta ambiciosa tem coisas que avançam e outras que não avançam", disse.

Ele destacou que é importante reestruturar o Estado brasileiro, organizar a máquina pública, priorizar a eficiência e a produtividade nos gastos públicos, e a avaliação constante da qualidade deles.

Questionado se estaria frustrado ou preocupado com o fato do governo não ter encaminhado ainda as propostas de reforma administrativa e tributária nesta primeira parte do pacote, Maia afirmou apenas que isso preocupa o Brasil.

Ele participou brevemente do almoço do Comitê de Líderes da MEI, realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também participou da reunião e, em discurso, defendeu os trabalhos do Parlamento neste ano. Para ele, o Congresso foi capaz de "separar o que era convergente do que era divergente".

"O Parlamento brasileiro tem colaborado muito com o fortalecimento do setor produtivo no Brasil. Saímos de um processo eleitoral em que Brasil saiu muito dividido. Infelizmente algumas lideranças insistem em continuar dividindo o País. Mas o que estamos fazendo não é a nova ou velha política, é a boa política. O Congresso tem dado exemplo", disse.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Vendas no Varejo

Varejo cresce 3%, ativado pelo setor de construção e supermercados

Conforme os dados da Fecomércio, o setor da construção registrou, ao final de 2020, crescimento de 18,7% no faturamento, fechando o ano em R$ 67,6 bilhões

expandindo a produção

PetroRio aumenta participação em campo no pré-sal e ações sobe mais de 4%

Empresa passa a deter 64,3% da concessão, que tem potencial para produzir mais de 140 milhões de barris de óleo

no geral, foi bom

MRV fecha 2020 com recorde vendas, mas lucro cai 20,3%

Pandemia prejudica desempenho no primeiro semestre e empresa sente efeito do aumento dos custos com materiais nas margens

Melhora da economia

Desemprego nos EUA cai e número de postos de trabalho vem acima do esperado pelo mercado

Ambos os dados de emprego vieram melhores do que o esperado pelo mercado, o que deve pressionar os títulos norte-americanos

Dados do IBGE

Produção industrial cresce 0,4% em janeiro, mas segue abaixo do nível de 2011

Resultado da indústria divulgado pelo IBGE ficou dentro do esperado pelos analistas, cuja mediana apontava para os mesmos 0,4% de crescimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies