Menu
2019-01-22T19:03:15-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Novela coreana

GWI aumenta participação na Gafisa para mais de 50% e pode fazer oferta para fechar capital da empresa

Oferta pelas ações dos minoritários está prevista no estatuto da incorporadora, mas não está claro se a gestora do coreano Mu Hak You terá de cumprir o requisito. De todo modo, os analistas do Credit Suisse não veem muito potencial para os papéis da Gafisa mesmo com a oferta

22 de janeiro de 2019
15:32 - atualizado às 19:03
Gafisa
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Depois de assumir a gestão da incorporadora Gafisa em setembro, a gestora GWI, do coreano Mu Hak You, aumentou a participação no capital da empresa para 50,17% das ações.

Com isso, a GWI pode ser obrigada a fazer uma oferta pelas ações dos minoritários na bolsa.

Em comunicado divulgado hoje, a Gafisa informou que a gestora "tomará todas as providencias previstas no Estatuto Social" depois de ter alcançado mais da metade das ações, mas não deu detalhes. Procurada, a companhia não comentou o assunto.

O estatuto da incorporadora estabelece que qualquer acionista que atingir mais de 50% do capital terá de realizar uma oferta pública de aquisição (OPA) das ações dos demais acionistas. O documento também determina um prazo de até 45 dias para a publicação do edital da oferta.

Mas o estatuto também traz uma exceção, quando o aumento da participação acontece de forma involuntária. Por exemplo, no caso de a empresa ter cancelado ações em tesouraria.

Em dezembro, a GWI tinha 49% do capital da Gafisa e a empresa promoveu o cancelamento de ações recentemente.

Caso a gestora venha a fazer a oferta, o preço por ação deverá corresponder, no mínimo, ao valor justo, apurado em um laudo de avaliação.

E agora?

As ações da Gafisa praticamente não reagiram ao anúncio de hoje e eram negociadas em queda de 1,74% no começo da tarde, a R$ 15,29.

Para os analistas do Credit Suisse, provavelmente a GWI terá de fazer uma oferta pelas ações, o que é positivo para os minoritários. Mas não por algum potencial de ganho para os papéis na bolsa.

Isso porque as ações da Gafisa são hoje negociadas abaixo do valor patrimonial e o balanço do quarto trimestre, que ainda não foi divulgado, costuma concentrar as maiores baixas (impairment) e provisões.

"Achamos difícil que uma avaliação independente mostre um valor significativamente maior que o atual preço da ação", escrevem os analistas do Credit, em relatório a clientes.

Ainda assim, diante do potencial de desvalorização, os analistas consideram que uma oferta pelas ações nos preços atuais pode ser uma boa.

O preço-alvo do banco suíço para as ações da Gafisa é de R$ 8,60, ou 44% abaixo das cotações atuais na bolsa.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Efeitos da pandemia

PEC do auxílio aprovada no Senado prevê abater R$ 100 bi da dívida pública

Pelos cálculos do governo, a necessidade de financiamento da dívida pública federal (DPF) neste ano é de R$ 1,469 trilhão, valor que aumentou por causa do maior volume de títulos de curto prazo que o governo precisou emitir para conseguir captar recursos

Resolvendo pendências

STF: Petrobras não precisa se sujeitar à Lei das Licitações

Nos últimos anos, a Suprema Corte tem dado decisões relativas a Petrobras que consideram o cenário de livre competição em que opera a estatal.

Pacote fiscal aguardado

EUA: Senado aprova extensão de aumento de auxílio-desemprego

A emenda prevê a extensão da duração dos benefícios federais a desempregados, mas reduz seu valor semanal, em comparação com o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Representantes no sábado passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies