🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Estadão Conteúdo
Ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Operações de Queiroz tinham ‘padrão’, diz Ministério Público

Padrão de operações em dinheiro vivo enfraqueceria defesa do ex-assessor de Flávio Bolsonaro e reforçaria indícios de que sua conta foi usada como “passagem” para dissimular a origem e o destino dos recursos

Estadão Conteúdo
18 de maio de 2019
10:32 - atualizado às 10:46
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz - Imagem: Divulgação

Dados das movimentações bancárias suspeitas de Fabrício Queiroz em 2016 sob análise do Ministério Público do Rio mostram um padrão de operações em dinheiro vivo que enfraqueceria a defesa do ex-assessor parlamentar do hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) - e reforçaria os indícios de que sua conta foi usada como "passagem" para dissimular a origem e o destino dos recursos. A análise dos depósitos e saques na boca do caixa feitos por Queiroz em 2016, registrados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), indica um padrão: regularidade de valores, alternância de agências e de datas e fracionamento de quantias.

De janeiro a dezembro de 2016, a conta no Itaú aberta por Queiroz na agência Personnalité Freguesia, próxima de sua casa, no Rio, movimentou R$ 1,23 milhão - créditos e débitos. Os depósitos em dinheiro representam um terço do total de R$ 605.652 que entrou na conta. Os saques na boca do caixa representam a metade do valor que saiu da conta - a outra parte saiu por meio de transferências e pagamentos de títulos.

O mapa com locais, datas e valores das operações de saque mostra 175 retiradas e 54 depósitos. Em média, Queiroz sacou R$ 26 mil por mês em dinheiro da conta. Pelo padrão, é possível notar que os saques se concentraram em três áreas principais: a maior quantia nos caixas da agência que funciona na Assembleia Legislativa do Rio (R$ 159.982), além das agências de ruas e praças do entorno; caixas na Barra da Tijuca - onde mora a família Bolsonaro - e em bancos próximos da casa de Queiroz. Promotores identificaram ainda um padrão de saques, fracionados em R$ 5 mil e R$ 7 mil.

A defesa de Queiroz alega que o dinheiro servia para pagar assessores externos. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Compartilhe

POLÍTICOS NA MIRA

BC aperta cerco contra políticos e familiares envolvidos em transações suspeitas

23 de janeiro de 2020 - 16:25

Atualmente, políticos como deputados federais, senadores e ministros já são considerados politicamente expostos, assim como seus parentes de primeiro grau

De casa nova

Senado aprova MP que transfere Coaf do Ministério da Economia para o Banco Central

17 de dezembro de 2019 - 16:18

Órgão volta a ser chamado de Coaf, e não mais Unidade de Inteligência Financeira (UIF)

fim do impasse?

Câmara aprova MP que transfere Coaf para o BC; texto segue para Senado

12 de dezembro de 2019 - 7:58

Outra mudança foi a retirada, com a aprovação de um destaque, da atribuição do Coaf de produzir informação para combate ao financiamento do terrorismo

Capítulo final

STF retoma julgamento e deve decidir hoje se restringe compartilhamento de dados bancários do antigo Coaf

4 de dezembro de 2019 - 8:16

Julgamento da medida derruba uma liminar concedida por Dias Toffoli, em julho, onde o ministro suspendia as investigações que utilizavam como base os dados de órgãos de fiscalização e controle, como o Coaf

decisão da corte

Por 8 a 3, Supremo autoriza compartilhamento de dados da Receita

29 de novembro de 2019 - 6:42

Placar elástico representa uma derrota para o presidente do STF, que em julho determinou a suspensão nacional de processos em andamento sobre compartilhamento de dados fiscais sem autorização da Justiça

na suprema corte

STF autoriza partilha de dados

28 de novembro de 2019 - 9:45

Até agora, cinco ministros já votaram a favor da tese que a Receita não pode ser privada de encaminhar ao MP informações detalhadas importantes para investigações

conflito em brasília

Senadores propõem PEC que libera envio de dados ao MP sem aval judicial

19 de novembro de 2019 - 14:37

Medida é uma reação à decisão do presidente da Corte de paralisar investigações que utilizaram informações do antigo Coaf, da Receita e do Banco Central

Rostos novos

Governo publica seis nomeações para diretoria de UIF, o antigo Coaf

7 de novembro de 2019 - 19:28

Todas as nomeações são para cargos lotados na Diretoria de Inteligência Financeira do órgão, que agora está na estrutura do Banco Central

Mudanças no órgão

Relator diz que nome do Coaf será mantido e haverá indicação apenas de servidores

23 de outubro de 2019 - 17:46

Deputado Reinhold Stephanes Junior iniciou a leitura de seu relatório sobre a Medida Provisória nº 893, que trata do “novo Coaf”

Aos olhos do Supremo

Lava Jato entra na mira do Supremo

14 de outubro de 2019 - 8:39

Até novembro, o STF deve analisar o mérito de ações que discutem a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, um dos pilares da Lava Jato.

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar