Menu
2019-04-24T12:16:33-03:00
Estadão Conteúdo
O indicado de Trump

Herman Cain diz que não pretende retirar candidatura ao conselho do Fed

Executivo sofre uma aparente falta de apoio no Senado, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tê-lo indicado

17 de abril de 2019
17:36 - atualizado às 12:16
Herman Cain
Herman Cain - Imagem: Shutterstock

Herman Cain afirmou nesta quarta-feira que não tem a intenção de retirar seu nome para uma cadeira no conselho do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), apesar da aparente falta de apoio a ele no Senado, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tê-lo indicado. Em entrevista ao Wall Street Journal, Cain disse que está "muito comprometido" em seguir no processo.

O executivo disse que o Fed precisa de "novas vozes" e que tem sido "muito rápido" para elevar os juros no passado, visão similar à de Trump. O presidente anunciou em 4 de abril que desejava Cain no posto.

Na semana passada, quatro senadores disseram que não apoiariam Cain por preocupações ante seu ativismo conservador e por alegações de assédio sexual, que ele nega. Já seus partidários destacam sua qualificação no mundo dos negócios, bem como sua experiência como diretor do Fed de Kansas.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Fenômeno da internet

O ataque dos memes: Conheça 5 ações de empresas “quebradas” que mexem com Wall Street

O caso mais famoso foi o da GameStop, mas outras empresas que não contam com fundamentos sólidos vêm passando por movimentos de valorização estimulados por fóruns de internet

seu dinheiro na sua noite

No mundo corporativo, quem não diversifica, se trumbica

De uns tempos para cá, uma antiga fala de Warren Buffett tem pipocado nas minhas redes. Nela, o megainvestidor diz que “diversificação não faz sentido para quem sabe o que está fazendo” — e ele, naturalmente, se coloca como um sábio. Longe de mim querer contrariar o oráculo do mercado financeiro, mas é preciso tomar […]

nos ares

Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

Empresa vem trabalhando para superar acidentes aéreos envolvendo a família de aviões 737 MAX. No Brasil, a Gol tem um pedido firme do 737-10

pix questionado

Procon-SP notifica bancos por brechas exploradas por ladrões de celulares

São requisitados esclarecimentos sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo

FECHAMENTO DA SEMANA

Juros futuros são grandes protagonistas da semana e ainda prometem mais emoção; dólar recua 1% e bolsa fica no vermelho

Com Copom duro e a sinalização de uma possível elevação nas taxas de juros nos EUA, os principais contratos de DI dispararam. Na semana, o dólar recuou com o forte fluxo estrangeiro e a bolsa seguiu o ritmo das commodities (mais uma vez)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies