A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-10-02T10:17:45-03:00
Estadão Conteúdo
olho no zuck

CPI das fake news pede relatório de investigações do Facebook

O grupo do Congresso quer detalhes sobre investigações da empresa que resultaram na suspensão de 196 contas e 87 perfis.

2 de outubro de 2019
10:17
Logo do Facebook
Imagem: Shutterstock

A chamada CPI das fake news no Congresso Nacional enviou ofício ao Facebook solicitando a entrega de "relatório completo" sobre as investigações feitas pela empresa que, em julho do ano passado, resultaram na suspensão de 196 contas e 87 perfis.

  • LANÇAMENTO: Pela primeira vez um curso completo de análise gráfica acessível para qualquer pessoa. Apenas 97 vagas no preço promocional. Veja agora.

A comissão parlamentar de inquérito cobra a entrega das informações em até dez dias úteis e avalia sanções caso o prazo não seja cumprido. A CPI quer ainda ouvir o depoimento do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) na sessão do dia 16.

A ação do Facebook em 2018 derrubou quatro páginas ligadas ao Movimento Brasil Livre (MBL), além da Brasil 200, movimento ligado ao empresário Flávio Rocha, que chegou a cogitar se candidatar à Presidência pelo PRB, e diversos outros perfis.

Os detalhes da investigação do Facebook nunca foram divulgados publicamente. A empresa se limitou a dizer que os perfis suspensos "faziam parte de uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas". A reportagem apurou que a investigação durou meses e derrubou até perfis de usuários registrados com identidade real que tinham conexão com contas falsas.

De acordo com o presidente da CPI, senador Angelo Coronel (PSD-BA), a comissão estuda com a consultoria legislativa do Senado o que poderá ser feito caso o Facebook não entregue o relatório. Ele ameaçou "judicializar" a questão se o pedido dos documentos não for atendido.

Dono de quatro páginas derrubadas na época pelo Facebook, o MBL classificou o ato como "censura" em julho de 2018. As páginas suspensas eram de grupos locais do movimento nos municípios de Caraguatatuba, Jacareí, São José dos Campos e Taubaté, no Estado de São Paulo.

'Palanque'

Procurado pela reportagem, o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), eleito pela Câmara após ganhar visibilidade com o MBL, disse não ter tomado conhecimento do ofício envolvendo a investigação do Facebook, e afirmou que a CPI "não é prioridade e nem vai dar grandes resultados". "Acho que vai servir muito mais de palanque do que qualquer resultado prático."

Procurado, o Facebook não quis comentar o ofício encaminhado pela CPI. Em nota, a assessoria do empresário Flávio Rocha, ligado ao movimento Brasil 200, que teve a página suspensa pela rede social, afirmou que "até hoje nunca teve uma explicação" do Facebook sobre o caso.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

VAGAS DA SEMANA

Nubank e Itaú estão com vagas de emprego abertas; confira outras oportunidades da semana

12 de agosto de 2022 - 13:15

As instituições financeiras estão com mais de 80 vagas de emprego para diversas posições; a lista ainda traz oportunidades em empresas e startups

Bife suculento

Marfrig (MRFG3) anuncia R$ 500 milhões em dividendos e programa de recompra de 31 milhões de ações; veja quem tem direito aos proventos e os destaques do balanço

12 de agosto de 2022 - 13:15

Mercado reage positivamente aos números da companhia nesta sexta (12); dividendos serão pagos em setembro

PASSANDO O CHAPÉU

Em tempos de crise, todo mundo precisa de um extra: Infracommerce (IFCM3) fará aumento de capital privado de até R$ 400 milhões

12 de agosto de 2022 - 12:55

Plataforma de e-commerce Infracommerce (IFCM3) busca solução mais barata para financiar operações no curto prazo

AMIGO DE CRIPTO

Com real digital do Banco Central, bancos poderão emitir criptomoeda para evitar “corrosão” de balanços, diz Campos Neto

12 de agosto de 2022 - 12:43

O presidente da CVM, João Pedro Nascimento, ainda afirmou que a comissão será rigorosa com crimes no setor: “ fraude não se regula, se pune”

MUDANÇAS NO ALTO ESCALÃO

Grupo Mateus (GMAT3) tem novo CEO e fundador vai para presidência do conselho; ações disparam na B3 após balanço

12 de agosto de 2022 - 11:06

A rede de supermercados registrou lucro líquido de R$ 264 milhões no segundo trimestre; na manhã desta sexta-feira, as ações da companhia disparam quase 15%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies