Menu
Luciana Seabra
Advogada do Investidor
Luciana Seabra
É CFP®, especialista em fundos de investimento e sócia da Empiricus
2019-06-19T17:54:09-03:00

Concorrência esquenta nos ETFs: BlackRock reduz taxa em indexado ao Ibovespa e empata com Itaú

Taxa do BOVA11, opção mais acessível para se investir no índice da Bolsa brasileira, cai de 0,54% para 0,3% ao ano nesta sexta-feira, mesmo valor cobrado pelo BOVV11

19 de junho de 2019
16:21 - atualizado às 17:54

O mercado de fundos indexados negociados em Bolsa, os ETFs (Exchange Traded Funds), é enorme lá fora, mas ainda nanico no Brasil. Aqui há cerca de R$ 14 bilhões investidos, somente 0,3% da indústria de fundos. Um movimento recente de reduções nas taxas, entretanto, sinaliza que esse segmento está ficando mais animado – o que é ótimo para o investidor.

A BlackRock anunciou em fato relevante que vai reduzir nesta sexta-feira, 21, a taxa de administração do seu ETF de Ibovespa de 0,54% para 0,3% ao ano. Esta é exatamente a taxa cobrada pelo ETF do Itaú, o BOVV11.

O produto da BlackRock, BOVA11, é praticamente sinônimo de ETF de Ibovespa no Brasil, mas apesar de ser o mais líquido, era até então o mais caro. Isso muda agora, com o ajuste. O produto da Caixa, XBOV11, passa a ser o último da fila, com 0,5% ao ano de taxa.

E agora, tanto faz investir no BOVA11 ou BOVV11? – pergunta você. Não necessariamente. O retorno do ETF depende não somente da taxa de administração, mas também da receita que o fundo obtém com aluguel de ações (que outros investidores tomam para montar posições vendidas, que apostam na queda de papéis).

Na mesma assembleia em que decidiu pela redução da taxa, a BlackRock informa que aumentou a fatia do portfólio que pode ser alugada, a fim de gerar receita para o fundo, dos atuais 30% do patrimônio líquido para 40%. E também aumentou de 50% para 70% o limite que pode ser emprestado por ação detida pelo fundo.

Mesmo com o aumento, a BlackRock segue com menos flexibilidade do que o Itaú para alugar ações, já que o ETF do banco brasileiro tem os dois limites travados em 70%. Será preciso, portanto, ver o ETF da gestora americana em atividade por um tempo sob o novo regime para comparar a capacidade de aluguel dos dois gestores e, assim, seus dois retornos. De qualquer forma, a tendência é que os dois passem a ter ganhos próximos.

Em abril deste ano, o Itaú tinha feito um movimento parecido, ao reduzir a taxa de seu ETF atrelado ao S&P, índice da Bolsa americana, de 0,27% para 0,21% ao ano. Assim, o SPXI11 passou a ficar mais barato do que o produto atrelado ao mesmo índice da BlackRock, que cobra 0,24% ao ano.

Ainda que com infinitamente menos concorrentes, nos aproximamos assim da dinâmica do mercado de ETFs lá de fora, em que os gestores disputam espaço com ajustes nas casas depois da vírgula. E agora, quem dá menos?

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Em meio à pandemia

56,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial, diz Caixa

Todos receberam o pagamento da primeira parcela do benefício, no valor total de R$ 39,9 bilhões, enquanto 44,2 milhões de brasileiros também já receberam a segunda parcela, em um total de R$ 30,9 bilhões

Em pronunciamento

Em pronunciamento, Maia faz convite à “pacificação dos espíritos”

Sem citar as crises institucionais do Executivo ou mesmo chefes de outros Poderes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um pronunciamento nesta terça-feira

Renda imobiliária

Vitreo lança primeira carteira de fundos imobiliários e quer captar R$ 100 milhões

Após colocar em operação sua distribuidora de valores no início de maio, a Vitreo lança sua primeira carteira administrada composta de diferentes fundos imobiliários

Esperanças para o fim da crise

Conheça três dos principais estudos que buscam uma vacina contra o coronavírus – e que mexem com o mercado

Notícias do avanço de pesquisas sobre vacinas contra o coronavírus costumam impactar o mercado, que espera ansiosamente por uma solução que permita uma retomada das economias

Coronavírus na estatal

Petrobras tem 181 empregados com covid-19 e 510 recuperados, diz MME

A empresa não registra nenhum óbito entre os seus contratados, segundo o MME

De mãos dadas

Ministros militares agora negociam com o Centrão

Partiu do general reformado Augusto Heleno Ribeiro, o atual ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), na convenção do PSL que confirmou a candidatura de Jair Bolsonaro ao Planalto em julho de 2018, um dos mais duros ataques ao Centrão. Agora, andam de mãos dadas

ENERGIA

Aneel propõe empréstimo de R$ 15,4 bi a elétricas para evitar tarifaço

O financiamento visa cobrir custos gerados pela crise da covid-19 no setor elétrico e evitar um reajuste médio imediato de cerca de 12% no meio da pandemia.

em meio à crise

Governo pretende gastar R$ 44 mil com esteira ergométrica para Mourão

Justificativa para a procura é que o Palácio do Jaburu não tem aparelho “minimamente adequado” e que atenda aos “princípios da ergonomia e biomecânica”

dados do bc

Despesas de brasileiros no exterior foram as menores para abril desde 1999

Gastos de estrangeiros no País também caíram de forma dramática e somaram US$ 113 milhões em abril, o pior resultado para o mês de 1997

PREÇO SUBINDO

Petrobras anuncia alta de 5% no preço da gasolina e de 7% no diesel na refinaria

Cenário de alta para o preço do petróleo pela expectativa de avanços na descoberta de uma vacina para o novo coronavírus (covid-19).

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu