Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-18T19:17:18-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) tem correção após atingir US$ 62 mil com aprovação de ETF nos EUA

Na corrida para a aprovação do primeiro ETF de criptomoedas dos Estados Unidos, uma surpresa animou os mercados na última sexta-feira (15)

18 de outubro de 2021
10:57 - atualizado às 19:17
bitcoin passa por leve correção hoje
Imagem: Pixabay

A última sexta-feira (15) foi agitada para o mundo das criptomoedas quando a SEC, o órgão regulador dos mercados americanos, autorizou a bolsa Nasdaq a negociar um fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) de contratos futuros de bitcoin. Este teria sido o primeiro ETF de criptomoeda dos Estados Unidos, mas um fura-fila apareceu e tomou o lugar de destaque antes do final de semana.

A Nasdaq recebeu autorização para a negociação, mas a SEC ainda não tinha aprovado o ETF Valkyrie Bitcoin Trust. Entretanto, outro fundo, o da ProShares, passou na frente e recebeu o aval da CVM norte-americana para começar a ser negociado já nesta terça-feira (19). O ProShare Trust será listado na New York Stock Exchange’s Arca (NYSE Arca) com o ticker “BITO”.

Ânimo, mas nem tanto

O ETF da ProShares replica o preço de contratos futuros de bitcoin, o que foi motivo de certa frustração do mercado, que esperava uma paridade com a principal criptomoeda do mercado — como ocorre com o QBTC11, na bolsa brasileira, por exemplo. O fundo brasileiro acompanha diretamente o preço do bitcoin e faz parte dos ETFs monoativos da B3 (confira o desempenho dos ETFs brasileiros mais abaixo).

Na página da SEC, a agência define “contrato futuro” como “um acordo de compra ou venda para uma quantidade específica de bitcoin a um preço específico para uma dada específica no futuro."

Nos Estados Unidos, por falta de uma classificação melhor, o bitcoin é considerado commodity, e a negociação de contratos futuros de commodities deve ocorrer nas bolsas regulamentadas e supervisionadas pela CFTC.

Dessa forma, a principal criptomoeda do mercado continua se beneficiando do “uptober”, uma referência ao mês em que o bitcoin costuma registrar as maiores altas no ano, apesar da leve queda de hoje. Por volta das 10h, o bitcoin (BTC) recuava 0,17%, cotado a US$ 60.733,33 (R$ 334.576,21).

No acumulado dos últimos sete dias, a alta é de 6,92%. O movimento de correção também afeta as principais criptomoedas do mundo nesta segunda-feira:

ETFs de bitcoin e criptomoedas na B3

Aqui no Brasil, os primeiros ETFs com lastro em criptomoedas foram lançados neste ano. Confira o preço dos principais ativos negociados na B3 (10h):

TickerGestoraPreçoVariação
HASH11HashdexR$ 58,99+1,31%
ETHE11HashdexR$ 62,60-0,24%
BITH11HashdexR$ 82,80+2,54%
QBTC11QR CapitalR$ 21,82+2,06%
QETH11QR CapitalR$ 15,42-0,19%

Não deixe de conferir o nosso último Papo Cripto, onde eu converso com os principais especialistas do mercado sobre os acontecimentos da semana. André Franco, especialista em criptomoedas da Empiricus é o nosso convidado desta semana:

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

INCERTEZAS NO RADAR

CEO da Moderna levanta dúvidas sobre eficácia de vacinas contra a ômicron e provoca reação negativa nos mercados

Stéphane Bancel disse que cientistas consultados por ele esperam ‘queda significativa’ na eficácia dos imunizantes contra a nova cepa

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Os investidores agora viraram virologistas: os impactos da Ômicron sobre os mercados

Ainda não sabemos o bastante para decidir se esta é uma oportunidade de compra, mas parecemos estar mais preparados como sociedade para enfrentar o problema

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia

Adeus ano velho

Ano novo, impostos novos! Reforma do IR fica para 2022, confirma presidente do Senado

O governo Bolsonaro pressionava pela aprovação da proposta para financiar o Auxílio Brasil, mas não conseguiu apoio na Casa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bitcoin e bolsa se recuperam após susto com nova variante, Azul e Latam sobem o tom e outros destaques do dia

Pouco se sabe ainda sobre a nova variante do coronavírus detectada na África do Sul, mas o que veio à público até agora é muito melhor do que o mercado financeiro precificou na última sexta-feira (26). Sem o pânico visto na semana passada, o Ibovespa encontrou forças para abrir a semana em alta.  Um estudo […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies