🔴 +35 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – VEJA GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
dívida corporativa

BTG Pactual lança o DEBB11, primeiro ETF de crédito privado do Brasil

ETF Debêntures replica o Índice Teva Debêntures DI, que consiste numa carteira teórica de títulos de dívida emitidos por empresas

ETF
Imagem: Shutterstock

Começa a ser negociado nesta terça-feira (28) o primeiro fundo de índice listado em bolsa (ETF, na sigla em inglês) de crédito privado do Brasil. Sob o código DEBB11, o ETF Debêntures replica o Índice Teva Debêntures DI, que consiste numa carteira teórica de títulos de dívida emitidos por empresas.

O DEBB11 é produto de uma parceira do BTG Pactual com a Teva Indices, empresa especializada na criação de índices para ETFs.

A carteira teórica do índice é composta atualmente por 90 debêntures de 61 emissores. Vale notar que ela é rebalanceada mensalmente para refletir da melhor maneira possível as mudanças de mercado no portfólio oferecido ao investidor.

De acordo com o BTG Pactual, as debêntures têm de seguir uma série de critérios para serem admitidas no índice.

Primeiramente, a debênture deve ser de emissão igual ou maior que R$ 300 milhões. Além disso, o volume mensal de negociação mínimo precisa ser de R$ 10 milhões e ter ao menos 40% de presença em dias de negociação.

Uma vez adicionados, os ativos permanecem no mínimo um ano na composição do índice, salvo em casos de eventos de crédito.

O que são debêntures?

O palavrão pode ser esquisito, mas as debêntures, na verdade, são investimentos pouco ou nada diferentes.

Da mesma forma que o Tesouro Nacional emite títulos de dívida para financiar os gastos do governo federal, as empresas também podem emitir títulos de dívidas para expandir os negócios, investir em algum ativo estratégico ou então pagar débitos.

Assim, as empresas lançam as debêntures ao mercado para captar os recursos desejados.

O rendimento desses papéis, novamente, é similar ao Tesouro. Existem debêntures prefixadas, pós-fixadas e híbridas.

Nas prefixadas, os juros são estabelecidos no momento da compra. Nas pós-fixadas, o rendimento é indexado ao CDI. Já nas debêntures híbridas, uma parte do rendimento é atrelada a um índice (geralmente a inflação medida pelo IPCA) e a outra é fixa, como se fosse um prêmio de risco.

Vantagens de investir no DEBB11

Pode ser difícil escolher uma ou mais debêntures para investir. Afinal, há alguns aspectos a serem levados em consideração, como a solidez da empresa emissora, o prazo do título e sua remuneração.

Assim, o ETF DEBB11 é uma alternativa de diversificação, pois permite investir, de maneira indireta, em várias debêntures de uma vez só.

Para acessar o ETF DEBB11, o investidor pode comprar cotas na B3 via a plataforma ou home broker de sua preferência. Na data de listagem, a cota inicial do fundo começou a ser negociada a R$ 10, com um lote mínimo de uma cota.

Leia também:

Compartilhe

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações da Casas Bahia (BHIA3) dispararam 16% e lideraram as altas do Ibovespa na semana — enquanto Petrobras (PETR3) caiu 5%?

2 de março de 2024 - 10:48

Com calendário econômico cheio e uma avalanche de notícias corporativas, o Ibovespa acumulou queda de 0,18% na semana; veja o que puxou o índice de ações da B3

MUDANÇA DE FLUXO

Ibovespa vai subir 15%? XP eleva projeção para a bolsa em 2024

1 de março de 2024 - 14:49

XP vê Brasil bem posicionado globalmente para atrair investidores estrangeiros e promove alterações em suas carteiras

FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Nova administração do Devant Recebíveis Imobiliários (DEVA11) diz ter encontrado irregularidades nas despesas e afirma que vai restituir o fundo imobiliário

1 de março de 2024 - 13:08

Uma auditoria conduzida pela gestão identificou cerca de R$ 1,2 milhão em gastos jurídicos pagos pelo FII em dezembro do ano passado

QUER PAGAR QUANTO?

Vitória dos minoritários! Cielo (CIEL3) convoca assembleia para discutir novo laudo de oferta para fechar capital

1 de março de 2024 - 9:19

Bradesco e Banco do Brasil ofereceram R$ 5,35 por ação da Cielo (CIEL3), mas os minoritários entendem que os bancos deveriam pagar bem mais para fechar o capital da companhia

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em leve alta, mas sustenta os 129 mil pontos com Wall Street positivo; dólar cai a R$ 4,95

1 de março de 2024 - 7:40

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira acompanhou o tom mais positivo do exterior e encerrou a sessão desta sexta-feira (01) no azul. O Ibovespa terminou em leve alta de 0,12%, aos 129.180 pontos. Apesar da valorização tímida, o principal índice de ações da B3 acumulou queda de 0,18% na semana. Por sua vez, o dólar […]

VAREJO EM APUROS

Diluição à vista? Lojas Marisa (AMAR3) quer mais do que triplicar o limite de ações

29 de fevereiro de 2024 - 11:24

Proposta do conselho de administração da Lojas Marisa prevê elevar de 90 milhões para 300 milhões o limite de AMAR3 em circulação

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos, mas sustenta os 129 mil pontos no fim da sessão; dólar tem leve alta

29 de fevereiro de 2024 - 7:13

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta quinta-feira (29) em queda, mas conseguiu sustentar o patamar de 129 mil pontos.  Por aqui, a cautela com o rumo dos juros no Brasil e exterior pressionou as ações de bancos, que caíram em bloco na B3. Com isso, o principal índice da bolsa brasileira fechou […]

SUBIU NO TELHADO

Petrobras (PETR4): a fala do CEO sobre dividendos que derruba as ações da estatal hoje na B3

28 de fevereiro de 2024 - 14:47

Em entrevista à Bloomberg, Jean Paul Prates defendeu que a Petrobras tenha “cautela” na distribuição de dividendos; ações reagem em forte queda

PROBLEMAS NOS HOTÉIS?

Por que os dividendos do fundo imobiliário HTMX11 tiveram um corte brusco em fevereiro? Confira a explicação da gestão

28 de fevereiro de 2024 - 12:17

O fundo de hotéis comunicou, no início do mês, que pagaria R$ 0,86 por cota aos investidores, contra R$ 3,25 em janeiro.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai a 130 mil pontos, pressionado pela desvalorização de Petrobras (PETR4) após falas de Prates sobre dividendos; dólar sobe a R$ 4,97

28 de fevereiro de 2024 - 7:24

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira terminou a sessão desta quarta-feira (28) no vermelho, com o cenário corporativo roubando os holofotes do calendário de indicadores econômicos no exterior. O Ibovespa encerrou o dia em baixa de 1,16%, aos 130.155 pontos. Por sua vez, o dólar fechou próximo das máximas do dia, com um avanço de […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies