Menu
2019-02-28T09:00:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Fim antecipado

Estados Unidos e Coreia do Norte encerram encontro após fracasso nas negociações

Falta de acordo sobre as sanções impostas por Washington antecipou o fim da segunda cúpula entre os países

28 de fevereiro de 2019
8:19 - atualizado às 9:00
O presidente dos EUA Donald Trump
O presidente americano Donald Trump - Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e o líder da Coreia do Norte, Kim Jung-un, anteciparam o fim da segunda reunião de cúpula entre os países. Trump disse nesta quinta-feira, 28, que a decisão surgiu após a falta de acordo sobre as sanções que Washington impôs ao regime de Pyongyang.

"Não seria uma boa coisa assinar qualquer coisa", disse Trump, durante coletiva de imprensa que se seguiu à cúpula em Hanói, capital do Vietnã. "Nós tínhamos algumas opções e, neste momento, decidimos não seguir nenhuma das opções."

Segundo o presidente, as conversas dos dois últimos dias foram muito produtivas e num clima bastante amigável, e os EUA querem manter o relacionamento com Kim, mas, diante das divergências ainda existentes, não seria apropriado assinar um acordo no momento.

A primeira cúpula entre Trump e Kim ocorreu em junho do ano passado, em Cingapura. Trump não se comprometeu com um terceiro encontro.

"Basicamente, eles (os norte-coreanos) queriam que as sanções fossem totalmente suspensas e não podíamos fazer isso", disse Trump. "Eles estavam dispostos a desnuclearizar grandes porções de áreas que queríamos, mas não podíamos abrir mão de todas as sanções por isso. Então, vamos continuar a trabalhar e veremos, mas tínhamos que rejeitar essa sugestão em particular."

Trump disse ainda que Kim ofereceu desmantelar o complexo nuclear de Yongbyon em troca do fim das sanções, o que não foi aceito pelos negociadores americanos. Segundo o presidente, todas as sanções atuais contra Pyongyang continuam em vigor. "Kim tem uma certa visão, mas não a que queremos", disse, destacando, porém, que o líder norte-coreano se comprometeu a não realizar mais testes nucleares ou de mísseis.

Durante a coletiva, Trump também falou sobre o depoimento de seu ex-advogado Michael Cohen, durante audiência ontem no Congresso americano. De acordo com Trump, Cohen "mentiu muito" em seu depoimento, mas, por outro lado, enfatizou que não houve conluio entre a equipe de campanha eleitoral do republicano e a Rússia em 2016.

Durante a audiência, Cohen acusou Trump de conduta criminosa durante exercício do mandato, classificando-o de "vigarista" e "trapaceiro".

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

nos eua

Presidente do Fed descarta elevação preventiva de juros e vê inflação atual como temporária

Jerome Powell atribuiu a alta dos preços à retomada da demanda em quadro de oferta ainda limitada em alguns segmentos

espaço para mais ganhos

Credit Suisse vê Totvs protegida contra inflação e aponta impulso com PIB

Analistas do banco lembram que empresa repassa a alta dos preços para os contratos anuais; papéis TOTS3 já subiram mais de 80% no último ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies