Menu
2019-11-06T10:10:38-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
peso da americana

Impactado pelo WeWork, SoftBank revela perda de US$ 6,5 bilhões no trimestre

Esse é o primeiro prejuízo operacional da companhia em 14 anos; no mesmo período do ano passado, a companhia havia lucrado 705 bilhões de ienes

6 de novembro de 2019
7:58 - atualizado às 10:10
Masayoshi Son, fundador do SoftBank
Masayoshi Son, fundador do SoftBank - Imagem: Shutterstock

O grupo japonês SoftBank registrou uma perda de US$ 6,5 bilhões (704 bilhões de ienes) no terceiro trimestre, impulsionado por algumas de suas maiores apostas tecnológicas, como Uber e WeWork. Esse é o primeiro prejuízo operacional da companhia em 14 anos.

A cifra supera a projeção de analistas consultados pela Bloomberg, que esperavam um prejuízo de 230,8 bilhões de ienes. No mesmo período do ano passado, a companhia havia lucrado 705 bilhões de ienes.

Na segunda-feira, o Financial Times publicou que Masayoshi Son, o fundador do SoftBank, disse a pessoas próximas que havia "criado um monstro" com o investimento no WeWork. Em conferência realizada nesta quarta-feira (6), ele admitiu ter feito um julgamento equivocado do CEO da startup, Adam Neumann.

A desconfiança do mercado sobre a WeWork se tornou evidente a partir da divulgação dos números da companhia, que revelaram um prejuízo de US$ 1,9 bilhão em 2018. Somaram-se preocupações com conflitos de interesse e sobre a capacidade do CEO, Adam Neumann, de liderar uma empresa de capital aberto.

Desde janeiro, o valor de mercado da startup despencou de US$ 47 bilhões para 8 bilhões. No primeiro semestre deste ano, a empresa teve prejuízo de US$ 900 milhões.

Nas últimas semanas, veio a público a informação de que o SofBank deve injetar entre US$ 4 bilhões e US$ 5 bilhões para ficar com cerca de 70% do WeWork. O aporte deve reduzir a participação de Neumann, que deixou recentemente o posto de CEO da companhia.

Já a Uber perdeu mais de um quarto de seu valor desde que abriu capital. A empresa registrou um prejuízo líquido de US$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre. Outros investimentos do SoftBank, como Slack e Guardant Health, também tiveram queda no valor de mercado ao longo do trimestre, segundo a Reuters.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Banco digital

Modalmais entra com pedido de IPO na B3 e esquenta disputa das plataformas de investimento

O pedido de IPO acontece menos de um ano depois do acordo fechado para a venda de até 35% do capital do Modalmais para o Credit Suisse, em um negócio que avaliou o banco digital em R$ 5 bilhões

bom potencial de alta

Quanto as ações da Eletrobras podem valer com a privatização? Veja os cálculos dos analistas

MP enviada ao Congresso prevê processo de capitalização da companhia, que resultará na diluição da participação do governo no capital social

Parceria vai voar?

Cade aprova joint venture entre Delta Air Lines e Latam

A suspeita é que a Delta tenha mais influência na administração da Aeroméxico do que o anteriormente informado ao Cade.

Dinheiro no bolso

BNDES embolsa R$ 11 bi com venda das últimas ações que detinha na Vale

Desde agosto do ano passado, a instituição financeira vendeu um total de R$ 24 bilhões em ações da mineradora.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies