O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2019-09-09T17:20:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olha a petroleira aí

Olho lá fora: Petrobras vai trocar e recomprar títulos no exterior

Empresa propõe a troca por novos títulos, com vencimento em 15 janeiro de 2030, juros semestrais, pagos nos meses de janeiro e julho de cada ano

9 de setembro de 2019
11:41 - atualizado às 17:20
Imagem de homem de costas, usando uniforme da PetroRio
Imagem: Divulgação

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira, 9, uma oferta de troca ou recompra de títulos no exterior, de sete séries, para novos com vencimento mais longo, em 2030.

A Petrobras Global Finance B.V. propõe na "Exchange offer" a troca por novos títulos, com vencimento em 15 janeiro de 2030, juros semestrais, pagos nos meses de janeiro e julho de cada ano; e rendimento de taxa do título do Tesouro norte-americano na data de expiração para o prazo de 10 anos, mais 3,22% a.a.

A "Exchange Offer" expira às 17h de Nova York no dia 13 de setembro. Os detentores dos títulos também receberão um porcentual do pagamento em dinheiro, na proporção do volume ofertado, limitado ao montante total de US$ 3 bilhões.

As ações PETR3 eram negociadas a R$29,68. No ano, os papeis da petroleira acumulam uma alta de cerca de 18%. Veja nossa cobertura de mercados.

Na fila do pão

Os bonds elegíveis são: 4,375% Global Notes com vencimento em maio de 2023; 6,250% Global Notes com vencimento em março de 2024; 5,299% Global Notes com vencimento em janeiro de 2025; 8,750% Global Notes com vencimento em maio de 2026; 7,375% Global Notes com vencimento em janeiro de 2027; 5,999% Global Notes com vencimento em janeiro de 2028; e 5,750% Global Notes com vencimento em fevereiro de 2029.

Já a oferta de recompra propõe que os detentores das sete séries revendam seus títulos para a PGF. O preço de recompra de cada título será calculado a partir do spread sobre a taxa dos Treasury de referência de cada título, mais juros até a data de liquidação, os quais variam de 1,40% a 2,81% conforme o título.

A oferta de recompra estará limitada ao total despendido pela PGF de US$ 500 milhões.

Rating da operação

As três grandes agências de rating globais deram suas notas para a emissão da Petrobras. Fitch e S&P deram o rating "BB-" para a operação, enquanto a Moody's deu a classificação Ba2.

Na prática, a nota da Moody's fica um degrau acima daquelas dadas por Fitch e S&P, e são as mesmas dos ratings corporativos da Petrobras em cada agência.

*Com Estadão Conteúdo. 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies