Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-09-26T11:18:25-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Os planos de Michael Klein para a Via Varejo

26 de setembro de 2019
10:52 - atualizado às 11:18
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

De 2016 para cá, estive três vezes com o empresário Michael Klein. Em todas as entrevistas, um tema foi tabu: Via Varejo. Entendo que é meio chato mesmo vender o negócio e continuar dando pitacos. Mas, de uma forma ou outra, todo mundo queria saber a visão de Klein. Nos bastidores, se falava que Klein se ressentia do tratamento dado à Via Varejo pelo GPA e poderia recomprar o grupo.

Para quem não conhece a história, o empresário negociou a fusão da Casas Bahia - empresa fundada pelo seu pai - com o Ponto Frio no fim de 2009, em uma operação que criou a Via Varejo e dava o controle ao GPA.

Em abril de 2016, Klein topou almoçar comigo e com Naiana Oscar para falar da visão do empresariado sobre conjuntura política às vésperas do impeachment de Dilma Rousseff. Era meu aniversário e ele pediu champagne. Bem que tentamos perguntar sobre a Via Varejo para ver se ele falava algo após umas taças. Mas Klein não caiu nessa e só conseguimos boas risadas.

Na segunda entrevista, peguei "carona" com Klein no seu helicóptero para fazer uma entrevista no trajeto sobre sua empresa de aviação executiva, O plano era largar no meio da conversa alguma pergunta sobre a Via Varejo. Vai que cola. Dessa vez, foi bem fácil para ele escapar das perguntas difíceis. Eu, que nunca tinha andado de helicóptero, não considerei a dificuldade de fazer uma entrevista com às hélices girando na sua orelha. Mas sabe onde o helicóptero deixou Klein? Lá em São Caetano do Sul, no prédio onde funcionava a sede da Via Varejo, que, aliás, pertencia a Klein.

Michael Klein, ex-dono da Casas Bahia e maior sócio da Via Varejo
O empresário Michael Klein. - Imagem: Seu Dinheiro

Na terceira conversa, desta vez para o Seu Dinheiro, Klein falou sobre seus negócios imobiliários. O empresário aprendeu sobre o ramo negociando os imóveis para as lojas na Casas Bahia. Ele foi pessoalmente na favela da Rocinha escolher o terreno para a primeira loja da rede no local.

Klein não é, portanto, só um novo dono da Via Varejo. É um profundo conhecedor do negócio e do varejo, que volta com fome ao ramo. É por isso que desde que ele comprou novamente o controle da Via Varejo em junho, a empresa virou um frenesi entre os investidores. Sua ação já se valorizou mais de 50%.

Ontem Klein recebeu um grupo restrito de jornalistas para um café. Desta vez, o agora controlador e presidente do Conselho de administração da Via Varejo, não teve rodeios. Falou - e muito - sobre a empresa. A Julia Wiltgen acompanhou a conversa e traz nesta reportagem os planos de Michael Klein para a varejista. Recomendo fortemente a leitura!

Às 10h: Por que Fausto Botelho está pessimista?

O colunista Fausto Botelho vai falar ao vivo daqui a pouco, às 10h, sobre por que está pessimista com a bolsa americana -e, por tabela, com a brasileira. Ele vê nos gráficos uma tendência de queda de preços. Ele também vai explicar na live como funciona a análise técnica de ações. E se você perder a hora, fique tranquilo porque o vídeo continuará disponível. Acompanhe aqui.

Aprenda a garimpar na bolsa!

Se você quiser se tornar um trader profissional, agora você pode entrar no time de feras do Fausto Botelho. Ele ensina há 42 anos um método para encontrar oportunidades em qualquer mercado, como ações, commodities e criptomoedas.

Consegui convencer nosso colunista a dar um presente aos nossos leitores. Ele vai abrir pela primeira vez um curso online. Pode ser a sua chance para dar um salto nas suas finanças. As condições promocionais são exclusivas para 97 leitores. [Reservar sua vaga]

Vai umas comprinhas?

A bolsa brasileira tem boas pedidas na área de shopping. Algumas ações estão com bons preços e podem ser um caminho para quem está buscando o que comprar na bolsa. Vale analisar tintim por tintim de cada grupo de shoppings do país para saber onde investir seu dinheiro. Mas e se eu te disser que alguém já fez isso? Nosso colunista Alexandre Mastrocinque, especialista em ações, tem duas recomendações para você.

A indicação do que comprar na bolsa todo mês é um dos benefícios do Seu Dinheiro Premium, um conteúdo extra que entregamos aos nossos leitores mais engajados. Você pode acessar esse conteúdo DE GRAÇA - basta fazer o cadastro aqui e indicar esta newsletter para cinco amigos. Assim que eles aceitarem, o seu acesso será liberado.

Sem direção

Ainda que os riscos de Donald Trump deixar a presidência dos Estados Unidos antes de 2020 sejam pequenos, os ruídos em torno do processo de impeachment do presidente americano, a preocupação com o crescimento  global e as incertezas com a guerra comercial fazem os negócios no exterior flutuarem.

No Brasil, o dólar pode completar hoje a marca de 30 pregões consecutivos negociado acima de R$ 4,00. Esse pode ser um indício de que um 'novo normal' tenha atingido o câmbio. Com a aversão ao risco no horizonte - acompanhando a situação política norte-americana - combinado com os ciclos de corte da Selic, a reversão do cenário da moeda fica complicada.

Ontem, o Ibovespa terminou a sessão na máxima do dia, em alta de 0,58%, aos 104.480,98. O dólar encerrou em baixa de 0,35%, a R$ 4,1547. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Dinheiro de sobra

Depois de concluir que tem recursos de sobra no último balanço, a BB Seguridade - empresa que reúne as participações do Banco do Brasil em seguros - decidiu fazer uma redução de capital. Na prática, é dinheiro que entra no bolso do acionista. A operação ainda precisa passar pela assembleia de acionistas, que define as datas de pagamento. Mas os valores já foram definidos, como você confere nesta matéria do Vinícius Pinheiro.

Paciência com as novatas

O mercado das criptomoedas tem apenas dez anos, mas nesse meio tempo já deu para sacar alguns princípios. O mais óbvio deles é que o bitcoin é super imprevisível no curto prazo. Em meio a muitas incertezas, pipocam dados sobre essa e outras moedas digitais - que nem sempre são verdadeiros. Também não dá para assumir que perdas passadas correspondem a perdas futuras. A palavra de ordem deve ser paciência. É o que defende o André Franco em sua mais recente coluna sobre criptomoedas.  O texto está imperdível.

Agenda

Indicadores 
- Banco Central divulga Relatório Trimestral de Inflação
- Tesouro Nacional divulga relatório da dívida pública de agosto
- Estados Unidos divulgam terceira estimativa de seu PIB do 2º trimestre e dados semanais de emprego
- China divulga lucro industrial de agosto

Política
- Conselho Monetário Nacional se reúne em Brasília

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Taxa zero pra todo o lado

Easyinvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

O melhor do Seu Dinheiro

A magia dos dados da Boa Vista, Arezzo, Hering e outros destaques do dia

No começo do ano, vazaram na internet dados de mais de 220 milhões de brasileiros, incluindo CPF, nome, endereço e renda. O número é maior que o da população brasileira porque o arquivo incluía pessoas que já faleceram. Mas não são apenas criminosos que espalham referências sobre quem somos por aí. Todos os dias nós […]

Esquenta dos Mercados

Exterior deve reagir bem à temporada de balanços, enquanto tensão em Brasília aumenta

Confira esses e outros destaques para a manhã desta quinta-feira (15)

novata na b3

Mater Dei segue com IPO, mas arrecada menos que o esperado

Momento conturbado do mercado e concorrência entre nomes de saúde fazem rede de hospitais mineira cortar preço por ação

DINHEIRO NO BOLSO

Em mais uma polêmica assembleia, acionistas da Petrobras aprovam pagamento de dividendos

Empresa vai pagar R$ 10,3 bilhões aos acionistas, depois que encontro chegou a ser adiado por decisão judicial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies