2019-09-23T18:04:16-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Salvação da lavoura?

Fertilizantes Heringer dispara na bolsa com proposta de compra por empresas russas

Grupos Uralkali e Uralchem se comprometeram a investir até US$ 115 milhões (R$ 480 milhões) para ficar com o controle da Heringer, que está em recuperação judicial desde fevereiro

23 de setembro de 2019
12:00 - atualizado às 18:04

As ações da Fertilizantes Heringer disparam na bolsa nesta segunda-feira após a notícia de que recebeu uma proposta de compra pelos grupos russos Uralkali e Uralchem.

As empresas se comprometeram a investir até US$ 115 milhões (R$ 480 milhões no câmbio de hoje) pelo controle da companhia brasileira, que tem ações listadas na B3 desde 2007 pediu recuperação judicial em fevereiro deste ano.

As ações da companhia (FHER3) fecharam acima do preço estabelecido na oferta dos russos, cotadas a R$ 2,53, em forte alta de 33,16%. Leia também nossa cobertura completa de mercados hoje.

Existem duas propostas na mesa. Na primeira, os grupos russos se comprometem a adquirir ações em um aumento de capital por R$ 2,00 a ação, no valor entre US$ 59 milhões e US$ 115 milhões. Nessa hipótese, a família Heringer, controladora da companhia, abre mão do direito de preferência e terá a participação diluída.

Os grupos russos também ofereceram a possibilidade de adquirir as ações da família Heringer e depois promover o aumento de capital, nas mesmas condições. Nesse caso, os russos terão estender a oferta aos minoritários. O negócio ainda está sujeito à auditoria e à aprovação dos órgãos reguladores.

No segundo trimestre deste ano, a empresa de fertilizantes registrou prejuízo de R$ 19 milhões, uma melhora em relação à perda de R$ 277 milhões no mesmo período de 2018.

Em meio às dificuldades financeiras, a Heringer reduziu o número de unidades em operação de 16 para 7 unidades. Com isso, a receita líquida da companhia caiu 78,5% em relação ao segundo trimestre do ano passado, para R$ 190,5 milhões.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ACIONISTAS FELIZES

‘Sextou’ com dividendos: Raia Drogasil (RADL3) e MRS Logística (MRSA3B) anunciam R$ 201 milhões em proventos

Ambas as companhias detalharam o valor por ação, a data de corte para receber os proventos e quando o dinheiro deverá cair na conta dos acionistas

FECHAMENTO DA SEMANA

Em semana de alta volatilidade, Ibovespa pega carona com PEC dos precatórios e sobe 2,78%; dólar também avança, mas juros passam por alívio

Variante ômicron, PEC dos precatórios e o futuro da política monetária americana dominaram a semana do Ibovespa

Evergrande vende parte de suas ações de empresa de tecnologia e obtém US$ 145 mi

O grupo chinês da Evergrande levantou cerca de US$ 145 milhões nos últimos dias com a venda de parte de suas ações em uma produtora de filmes e empresa de mídia na internet, a HengTen Networks. Assim, a gigante imobiliária vendeu cerca de 5,7% das ações da HengTen Networks e junta mais dinheiro à medida […]

Aperto monetário

Copom deve elevar Selic para 9,25% ao ano na próxima semana, aposta JP Morgan

Para o banco, a queda de 0,1% do PIB do terceiro trimestre e o avanço da PEC dos precatórios no Congresso fizeram com que as estimativas convergissem para a manutenção do ritmo de alta de 1,5 ponto

Intervenção estatal

Sob risco de novo calote, governo chinês envia ‘socorro administrativo’ para Evergrande

O movimento ocorre após a gigante imobiliária alertar que corria o risco de não cumprir mais uma grande obrigação financeira