Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-04-20T15:08:26-03:00
TUDO QUE VAI MEXER COM SEU DINHEIRO HOJE

Do you wanna dance?

5 de fevereiro de 2019
9:56 - atualizado às 15:08
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A bolsa americana Nasdaq, aquela que você conhece por ser especializada em empresas de tecnologia, está de olho nas companhias brasileiras. No ano passado, conseguiu levar duas para lá bem no meio da corrida eleitoral, uma época impensável para emissões no mercado local. A Stone e a Arco Educação chegaram fazendo barulho nos EUA. A Stone, por exemplo, conseguiu dinheiro de pesos-pesados do mercado americano, como o bilionário Warren Buffett, e causou “invejinha” nas conterrâneas.

Para quem olha de fora, pareceu tudo muito rápido. Mas não foi. Os executivos da Nasdaq fizeram um trabalho de formiguinha para convencer as empresas brasileiras a listarem ações na bolsa americana. Desde 2012, eles vêm para o Brasil para reuniões frequentes com empresários, banqueiros, gestores de fundos para vender seu peixe. E não estão apenas de olho em empresas de tecnologia. Não há restrição a nenhum setor. Haja cafezinho!

Os executivos da Nasdaq estiveram no Brasil e conversaram com exclusividade com a repórter do Seu Dinheiro Ana Paula Ragazzi. Eles contaram que estão em contato com 40 empresas brasileiras com potencial para abrir o capital nos próximos 2 anos. A visão é que o Brasil pode ser a próxima China dos IPOs. Ficou surpreso? A Ana Paula conta todos os detalhes sobre a estratégia da Nasdaq no Brasil nesta reportagem.

Resultado morno

O Itaú não seguiu a toada dos balanços do Santander e Bradesco, que surpreenderam positivamente o mercado. Não é que o resultado tenha sido ruim - foi um lucro de R$ 25,7 bilhões no ano passado. Só que ele ficou um pouco abaixo do esperado. O banco também foi um pouco mais conservador que seu principal concorrente, o Bradesco, nas projeções para expansão do crédito. Veja na reportagem do Vinícius Pinheiro o resultado completo do balanço do Itaú.

Slot como ativo?

O plano de recuperação judicial apresentado pela Avianca se inspirou no caso Varig e prevê a criação de uma empresa separada com a parte boa da companhia, os aviões e os slots. Muita água rolou entre um caso e o outro e essa proposta é bem polêmica hoje em dia. O motivo é que a empresa se apropria dos espaços nos aeroportos (os slots, no jargão do setor) como se fossem seus ativos. A Avianca tem presença relevante em Congonhas, um aeroporto que está lotado e é um dos mais rentáveis do país. Leia mais

Burburinho sobre a Reforma da Previdência

O mercado deu uma amostra grátis ontem de quanto pode ganhar pulso se a reforma da Previdência for “parruda”.  Circulou na imprensa uma proposta preliminar que mostrava termos mais rigorosos até mesmo do que o último texto de Michel Temer. A bolsa ganhou fôlego, virou e fechou acima dos 98 mil pontos pela primeira vez.

A Previdência deve continuar mexendo com o pregão nesta terça-feira. Em entrevista à rádio CBN, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que ela será “muito diferente” do modelo que vazou. Ele afirmou também que ela trará uma economia de R$ 1 trilhão aos cofres públicos em 10 anos.

Lá fora, alguns mercados asiáticos continuam fechados para comemorações do Ano Novo Lunar. Nos EUA, a expectativa recai no discurso de hoje à noite do presidente americano, Donald Trump. O esperado é que ele fale do tal muro no México e da polêmica sobre o uso de recursos do Orçamento federal para a obra.

Consulte a Bula do Mercado para saber como devem se comportar bolsa e dólar hoje!

Um grande abraço e ótima terça-feira!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

questionamentos em brasília

Novo marco de saneamento é alvo de ofensiva no Supremo e no Congresso

No Supremo, mais de 20 empresas estatais que prestam hoje serviços no setor querem a volta da possibilidade de fechar os chamados “contratos de programa”, diretamente com as Prefeituras e sem licitação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies