Menu
2019-08-26T10:39:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
no G-7

Trump diz que espera retomada do diálogo com a China em breve

Escalada da tensão entre os dois países derrubaram os mercados na sexta-feira, 23; Ibovespa, por exemplo, teve perdas de 2,34%

26 de agosto de 2019
7:54 - atualizado às 10:39
Donald Trump
Trump falou durante coletiva na reunião do G-7 em Biarritz, na França.Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira, 26, que Washington recebeu duas ligações telefônicas da China na noite de ontem e que os dois países retomarão negociações comerciais "em breve" e de "forma muito séria".

Trump, que falou durante coletiva na reunião do G-7 em Biarritz, na França, disse ter muito respeito pelo presidente chinês, Xi Jinping, e acrescentou que Pequim quer fechar um acordo comercial com os EUA. "Acho que teremos um acordo", afirmou.

No entanto, o ministério de Relações Exteriores da China disse não ter conhecimento do diálogo. "Não fiquei sabendo das ligações do fim de semana mencionadas pelos EUA", disse hoje o porta-voz da chancelaria chinesa, Yan Shuang.

Yan também comentou que China e EUA devem resolver suas diferenças comerciais "por meio de diálogo e consultas".

Escalada

Os comentários de Trump vieram após uma nova escalada na disputa comercial entre EUA e China. Na sexta-feira, 23, Pequim anunciou que irá tarifar mais US$ 75 bilhões em produtos chineses, levando Trump a anunciar elevação de tarifas para US$ 550 bilhões em bens chineses.

A escalada da tensão entre os dois países derrubaram os mercados na sexta-feira, 23. O Ibovespa teve perdas de 2,34%, aos 97.667,49 pontos. Na semana, Dow Jones recuou 1%, o S&P 500 teve baixa de 1,44% e o Nasdaq caiu 3,1% — os três índices americanos registraram baixas de mais de 2% na sexta-feira.

Relação com a Alemanha

Nesta segunda-feira, Trump também disse esperar não ter necessidade de aplicar tarifas a carros alemães, depois de se reunir com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, às margens da cúpula do G-7 em Biarritz, na França.

O presidente dos EUA disse que discutiu com Merkel um possível acordo comercial entre EUA e União Europeia e comentou que o bloco é tão "durão" quanto a China no que diz respeito ao comércio.

Segundo Trump, os EUA "perderam muito dinheiro" por causa da UE ao longo dos anos e foi o governo de seu antecessor, Barack Obama, que permitiu a "injusta vantagem comercial" dos europeus e também dos chineses.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Balanço

Usiminas tem lucro acima das estimativas e Ebitda recorde no 1º trimestre

Siderúrgica reverteu o prejuízo dos três primeiros meses de 2020 e registrou lucro líquido de R$ 1,2 bilhão; Ebitda salta 325%

Esquenta dos Mercados

Com Orçamento aprovado, Ibovespa deve focar na temporada de balanços e aumento de impostos nos EUA

Além disso, o dia de hoje deve ser marcado pela repercussão do aumento de impostos de Joe Biden

DINHEIRO NO BOLSO

Neoenergia e Sanepar divulgam condições para pagamento de JCP

Ambas aprovaram pagamentos do provento no ano passado e marcaram para distribuir os valores a partir deste mês

em cima do laço

No limite do prazo, Bolsonaro sanciona Orçamento de 2021 com veto parcial

Até a sanção, governo vinha executando apenas as ações e programas considerados obrigatórios ou inadiáveis

SEXTOU COM O RUY

Quem realmente ganha dinheiro com as operações de day trade na bolsa

Se você realmente tiver interesse em viver de day trade, vai fundo. Eu apenas gostaria de lembrar que a tarefa é muito mais difícil (muito mesmo) do que as corretoras fazem parecer

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies