Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-26T10:39:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
no G-7

Trump diz que espera retomada do diálogo com a China em breve

Escalada da tensão entre os dois países derrubaram os mercados na sexta-feira, 23; Ibovespa, por exemplo, teve perdas de 2,34%

26 de agosto de 2019
7:54 - atualizado às 10:39
Donald Trump
Trump falou durante coletiva na reunião do G-7 em Biarritz, na França.Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira, 26, que Washington recebeu duas ligações telefônicas da China na noite de ontem e que os dois países retomarão negociações comerciais "em breve" e de "forma muito séria".

Trump, que falou durante coletiva na reunião do G-7 em Biarritz, na França, disse ter muito respeito pelo presidente chinês, Xi Jinping, e acrescentou que Pequim quer fechar um acordo comercial com os EUA. "Acho que teremos um acordo", afirmou.

No entanto, o ministério de Relações Exteriores da China disse não ter conhecimento do diálogo. "Não fiquei sabendo das ligações do fim de semana mencionadas pelos EUA", disse hoje o porta-voz da chancelaria chinesa, Yan Shuang.

Yan também comentou que China e EUA devem resolver suas diferenças comerciais "por meio de diálogo e consultas".

Escalada

Os comentários de Trump vieram após uma nova escalada na disputa comercial entre EUA e China. Na sexta-feira, 23, Pequim anunciou que irá tarifar mais US$ 75 bilhões em produtos chineses, levando Trump a anunciar elevação de tarifas para US$ 550 bilhões em bens chineses.

A escalada da tensão entre os dois países derrubaram os mercados na sexta-feira, 23. O Ibovespa teve perdas de 2,34%, aos 97.667,49 pontos. Na semana, Dow Jones recuou 1%, o S&P 500 teve baixa de 1,44% e o Nasdaq caiu 3,1% — os três índices americanos registraram baixas de mais de 2% na sexta-feira.

Relação com a Alemanha

Nesta segunda-feira, Trump também disse esperar não ter necessidade de aplicar tarifas a carros alemães, depois de se reunir com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, às margens da cúpula do G-7 em Biarritz, na França.

O presidente dos EUA disse que discutiu com Merkel um possível acordo comercial entre EUA e União Europeia e comentou que o bloco é tão "durão" quanto a China no que diz respeito ao comércio.

Segundo Trump, os EUA "perderam muito dinheiro" por causa da UE ao longo dos anos e foi o governo de seu antecessor, Barack Obama, que permitiu a "injusta vantagem comercial" dos europeus e também dos chineses.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

TAMANHO FAZ DIFERENÇA?

Futebol combina com lucro? Conheça os principais candidatos a SAF e para que tipo de clube ela pode ser mais interessante

Porte do clube faz diferença na hora de se decidir pela possibilidade de transformação em Sociedade Anônima do Futebol

Fechamento Hoje

Tensão entre Rússia e Ucrânia e expectativa com reunião do Fed derrubam bolsas pelo mundo, e Ibovespa cai quase 1%, mas NY vira para o azul na reta final

Wall Street consegue uma virada impressionante e fechar em alta, depois de índices terem chegado a cair mais de 3%; Ibovespa reduziu perdas, mas ainda fechou com queda significativa, enquanto dólar subiu

NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela as movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

MELHORA ARTIFICIAL

Pedidos de recuperação judicial caem em 2021 ao menor nível desde 2014

Para os especialistas os números do ano passado não representam uma recuperação econômica, mas uma melhora artificial no ambiente de negócios promovida por políticas públicas pontuais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies