Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-21T11:25:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
no twitter

Trump ataca Fed novamente e pede grande corte de juros

Críticas do presidente dos EUA vêm horas antes de o Fed divulgar a ata de sua reunião de política monetária do fim de julho

21 de agosto de 2019
11:21 - atualizado às 11:25
Presidente dos EUA, Donald Trump, e presidente do Fed, Jerome Powell
Imagem: Official White House Photo by Andrea Hanks

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a atacar nesta quarta-feira, 21, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e seu comandante, Jerome Powell, por manter taxas de juros relativamente altas.

Segundo Trump, o Fed precisa "acordar" e Powell vem apenas tomando decisões erradas. "Estamos concorrendo com muitos países que têm uma taxa de juros bem menor, e nós deveríamos [ter juros] menores do que as deles", disse o presidente dos EUA em sua conta oficial no Twitter.

Trump escreveu ainda que os EUA estão indo muito bem com a China e com outros acordos comerciais e que o único problema seriam Powell e o Fed. "Ele é como um golfista que não consegue acertar o buraco, ele não tem tato".

Nesta quarta a China expressou esperanças de que os EUA restaurem um comércio "mutuamente benéfico" com o país. "Esperamos que os Estados Unidos encontrem um meio-termo com a China", disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores chinês, Geng Shuang.

Ata do Fed

As críticas de Trump vêm horas antes de o Fed divulgar a ata de sua reunião de política monetária do fim de julho, quando o BC americano cortou os juros básicos em 25 pontos-base.

No começo da semana, Trump defendeu que o Fed corte juros em um ponto porcentual "num curto período de tempo".

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Balanço do mês

Bitcoin, ouro e dólar se recuperam em julho, enquanto bolsa é um dos piores investimentos do mês

Fundos imobiliários também se saíram bem, depois que tributação dos seus rendimentos foi retirada da reforma do imposto de renda

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies