Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-10-19T13:11:04-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

As duas faces do dólar

18 de outubro de 2019
19:49 - atualizado às 13:11
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

No filme “As duas faces de um crime”, o eterno canastrão Richard Gere faz o advogado oportunista que defende um jovem acusado de assassinato. A coisa complica quando ele descobre que o garoto interpretado por Edward Norton sofre de múltiplas personalidades.

Eu me lembro do filme toda vez que tento encontrar alguma explicação para o comportamento recente do dólar. É possível reunir bons argumentos para defender tanto a alta como a queda da moeda norte-americana.

A queda dos juros no Brasil reforça as apostas da face para cima do câmbio. Afinal, a Selic nos menores níveis da história reduz a entrada de dólares do capital especulativo, que vinha para cá apenas para surfar na onda da diferença das taxas aqui com as de fora.

Quem enxerga a face do dólar para baixo argumenta que a moeda está no fim de um longo ciclo de alta em todo o mundo e que a qualquer momento pode se reverter. Isso sem falar na perspectiva de entrada de recursos estrangeiros no país com a retomada da economia e o programa de concessões e privatizações.

Hoje o dólar mostrou sua face para baixo e encerrou o dia em queda de 1,22%, mas ainda assim fechou em alta no acumulado da semana.

Quem viu “As duas faces de um crime” sabe que a história ainda está sujeita a muitas reviravoltas, assim como a do dólar e a da bolsa. Por isso mesmo vale a pena ficar atento para não perder nenhum detalhe. O Victor Aguiar traz para você um panorama completo de tudo o que movimentou os mercados.

Petrobras (enfim) sendo Petrobras

A estratégia de dar foco naquilo que interessa – a extração de petróleo em águas profundas – começa a dar resultados para a Petrobras. Depois de alguns problemas no trimestre anterior, a estatal voltou aos trilhos e bateu novos recordes de produção. A aposta no pré-sal também se revelou muito bem sucedida e hoje já responde por uma parcela relevante do volume produzido pela empresa. Leia mais sobre os números e o que os especialistas do setor esperam para a petroleira.

Missão dada é missão cumprida

Sai o público, entra o privado. O processo de mudança na forma como a roda da economia gira é lento e doloroso, mas faz parte de um plano que vem sendo cumprido à risca. Foi essa a mensagem que o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, deixou ao participar da reunião do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington. Ele aproveitou para defender o trabalho da equipe econômica, ao dizer que tudo o que foi prometido está sendo entregue. O Eduardo Campos teve acesso ao áudio com a fala de Campos Neto e conta para você tudo o que ele falou para os gringos.

Renda pra que te quero

Viver de renda virou uma missão bem mais difícil em tempos de juros nas mínimas históricas. Mas não é impossível. A Julia Wiltgen preparou um vídeo que traz cinco opções de investimentos com perfil de gerar uma renda. Ou seja, uma oportunidade de ver uma grana cair na conta de tempos em tempos. Ficou curioso? Então aperta logo o play para não perder!

Em maus lençóis

A investigação sobre a queda dos aviões 737 Max 8 da Boeing continua, e uma notícia que saiu hoje pode piorar ainda mais a situação da fabricante de aeronaves. Segundo informações divulgadas pelo jornal The New York Times, a fabricante de aeronaves pode ter “enganado” a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos sobre o sistema de segurança do avião. Saiba todos os detalhes nesta matéria da Bruna Furlani.

Cabo de guerra

Para terminar a semana agitada, com direito a cabo de guerra entre integrantes do PSL, novidades na guerra comercial e bolsa (quase) em novo recorde, nada melhor do que “sextar” bem informado. Na edição desta semana do podcast Touros e Ursos, o Victor Aguiar, o Edu Campos e eu preparamos um “mexidão” com os assuntos que mexeram com o seu bolso nesta semana. Então solta o som!

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Presidente falou hoje

Bolsonaro atribui imagem ruim à ‘imprensa mundial de esquerda’

A declaração foi dada na manhã desta segunda-feira, 25, a uma apoiadora que o recomendou usar a Secretaria Especial de Comunicação para fazer propaganda positiva

otimismo apesar de covid-19

Vamos arrebentar na venda de aeroportos, vamos conseguir vender todos, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, demonstrou nesta segunda-feira, 25, otimismo com os próximos leilões de aeroportos, mesmo diante da pandemia, que afeta bruscamente a aviação civil

Dados de hoje

Déficit da balança brasileira na 3ª semana de maio foi de US$ 701 milhões

A balança comercial brasileira registrou déficit comercial de US$ 701 milhões na terceira semana de maio (de 18 a 24), de acordo com dados divulgados hoje

Bom cenário para a commodity

XP eleva preços-alvo de Suzano e Klabin com boa perspectiva para celulose

Preços-alvo de Suzano e Klabin foram elevados de R$ 43 para R$ 47 e de R$ 18,50 para R$ 22, respectivamente; XP espera valorização de preço da celulose

repercussão internacional

Bolsonaro está levando Brasil ao desastre, diz artigo no Financial Times

Texto compara Bolsonaro ao presidente dos Estados Unidos, mas diz que o mandatário brasileiro é “muito mais estúpido”

DATA MARCADA

Assinatura de renovação de Malha Paulista será no dia 27, diz ministro

De acordo com o ministro, o assunto será deliberado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) nesta terça-feira, 26.

NÃO SE CONCRETIZOU

Promessa feita por Bolsonaro de cortar 30% dos cargos fica no papel

O enxugamento da máquina foi prometido por Bolsonaro várias vezes, ao longo da disputa de 2018.

decisão pós-ataque

Aneel abre tomada de subsídios sobre possível regulação em segurança cibernética

Estudo elaborado em 2018 pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) já apontava que um potencial ataque cibernético no setor elétrico do País poderia gerar um impacto econômico de até R$ 303,8 milhões

pegou mal

Postura frente à pandemia piora imagem do país no exterior e afasta investidores

Se o Brasil já foi reconhecido como um líder em matéria de saúde pública global e um defensor do desenvolvimento sustentável nos principais fóruns mundiais, a forma como o País é retratado na imprensa tem exaltado pouco dessas qualidades

o ajuste final

Presidente do BC repete que Copom considera último ajuste da Selic em junho

No início de maio, o BC cortou a Selic em 0,75 ponto porcentual, de 3,75% para 3,00% ao ano. O próximo encontro do Copom está marcado para junho

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu