Menu
2019-06-11T17:19:55-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Vazamentos

Sergio Moro prestará esclarecimentos ao Senado no dia 19

Davi Alcolumbre leu oficio enviado pelo governo no qual Moro se colocava à disposição para prestar esclarecimento sobre “notícias amplamente veiculadas na imprensa relacionadas à Operação Lava Jato”

11 de junho de 2019
17:19
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e o secretário Nacional do Consumidor, Luciano Timm
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e o secretário Nacional do Consumidor, Luciano Timm - Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que preside da sessão do Congresso Nacional, anunciou que o ministro da Justiça, Sergio Moro, comparecerá à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, no dia 19, às 9 horas.

Antes, Alcolumbre tinha lido um ofício do líder do governo no senado, Fernando Bezerra, comunicando a disposição de Moro de comparecer ao Senado para prestar esclarecimento nos dias 19 ou 26 de junho, sobre "notícias amplamente veiculadas na imprensa relacionadas à Operação Lava Jato"

Depois de perguntar à presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), Alcolumbre anunciou que a audiência seria dia 19.

Questionado pelo deputado Paulo Pimenta (PT-RS) sobre qual condição do convite, Alcolumbre informou que o Senado decidiu recepcionar o ministro na CCJ e que não era um convite aos deputados para prestigiarem a sessão da CCJ.

Alcolumbre também esclareceu que a ida à CCJ do Senado não impede que os deputados ou a Câmara aprovem convites ou convocações.

Antes mesmo de fazer o anúncio na mesa do Senado, Alcolumbre já tinha postado o oficio do governo em seu "Twitter", e também tinha cumprimentado o ministro.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Recuperação da estatal

Lucro da Petrobras salta 55,7% em 2019 e chega a R$ 40,1 bilhões, impulsionado pela venda de ativos

A Petrobras fechou 2019 com o maior lucro líquido anual de sua história, sustentada pelos fortes desinvestimentos e ganhos de eficiência na extração de petróleo — fatores que compensaram os menores preços da commodity no exterior

De olho no balanço

Marfrig reverte prejuízo e registra lucro líquido de R$ 27 milhões no 4º trimestre de 2019

No acumulado do ano, o lucro líquido caiu para R$ 218 milhões, ante R$ 1,4 bilhão no ano anterior

Confira os números

Petrobras, Ultrapar, Marfrig, RaiaDrogasil e GPA: os balanços que vão mexer com a bolsa nesta quinta-feira

O dia começa recheado de balanços anuais das companhias listadas no Ibovespa

Recurso da estatal

TRF-4 nega recurso da Petrobras e mantém Odebrecht fora de ação da Lava Jato

No recurso, a estatal buscava o prosseguimento dos réus na ação cível e a manutenção do bloqueio de bens dos executivos

Seu Dinheiro na sua noite

Guedes fora, alta do dólar

Você se lembra de quando o dólar a R$ 4,20 era o grande “patamar psicológico” da moeda americana? Não faz tanto tempo assim, mas esse nível de cotação ficou para trás, e agora parece até um pouco distante. Hoje, o dólar à vista bateu um novo recorde de fechamento. Eu sei que você já leu […]

Mais um recorde: dólar à vista sobe a R$ 4,36 e renova a máxima nominal de fechamento

O dólar à vista subiu mais um degrau nesta quarta-feira (19): pela primeira vez, terminou uma sessão acima dos R$ 4,36, cravando um novo recorde nominal. É a oitava vez em 2020 que a moeda renova as máximas de fechamento

Ainda na liderança

Vitor Hugo crê que permanece como líder do governo; Terra diz não receber convite

O deputado disse que não recebeu sinalizações do presidente Jair Bolsonaro de que poderá ser substituído pelo ex-ministro Osmar Terra

O impasse continua

Após TRT suspender demissões, Petrobras quer negociar desligamentos em fábrica

Encerramento da operação da Ansa é o principal motivo da greve dos petroleiros

Ponto polêmico

Relator mantém trabalho aos domingos na MP do contrato verde e amarelo

Deputado Áureo manteve a permissão para que todos os trabalhadores sejam convocados para trabalhar aos domingos e feriados

Novidade no IR

Programa do IR virá sem dedução da contribuição patronal sobre domésticos

Fim da dedução é a principal novidade para as declarações de IR em 2020

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements