Menu
2019-12-11T11:53:41-03:00
Estadão Conteúdo
Novidade na bancada

Joice Hasselmann é a nova líder da bancada do PSL na Câmara

Disputa entre os dois grupos criados no PSL, os “bolsonaristas”, ligados a Jair Bolsonaro, e os “bivaristas”, do presidente do partido, Luciano Bivar (PE), tem como pano de fundo o controle dos recursos recebidos pelo PSL

11 de dezembro de 2019
11:53
Deputada Federal Joice Hasselmann, do PSL, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), após reunião com Bolsonaro e a equipe de transição.
Deputada Federal Joice Hasselmann, do PSL, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), após reunião com Bolsonaro e a equipe de transição. - Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil

Após consolidar a suspensão de 14 deputados, a bancada do PSL na Câmara escolheu a deputada Joice Hasselman (SP) como a nova líder. Ela assume no lugar do deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente Jair Bolsonaro.

Esse é mais um capítulo da crise interna do partido que começou em outubro e culminou com a desfiliação do presidente Jair Bolsonaro, que trabalha agora para criação do novo partido Aliança pelo Brasil.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu na terça-feira, 10, que os 14 deputados do PSL punidos pela Executiva do partido deixarão de contar para efeitos de bancada enquanto durar a suspensão anunciada pela legenda, que varia de 3 a 12 meses dependendo do parlamentar. A decisão determina, entre outras coisas, o afastamento desses deputados das funções de liderança e vice-liderança.

Apesar de perder a liderança, Eduardo mantém o cargo de presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, para o qual foi eleito.

A bancada do PSL na Câmara, no entanto, será reduzida de 53 para 39 deputados. Com isso, o partido terá reduzido de 3 para 2 o número de destaques - tentativas de mudar o texto - que poderá apresentar em Plenário. O tempo de líder também será reduzido em 1 minuto: de 7 minutos para 6 minutos.

A bancada volta a aumentar assim que acabarem as punições impostas pelo partido.

Disputa

A disputa entre os dois grupos criados no PSL, os "bolsonaristas", ligados a Jair Bolsonaro, e os "bivaristas", do presidente do partido, Luciano Bivar (PE), tem como pano de fundo o controle dos recursos recebidos pelo PSL, que cresceu exponencialmente de um para 52 deputados no ano passado. A estimativa é de que o partido recebe uma quantia próxima de R$ 1 bilhão em recursos públicos até 2022.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

decisão de hoje

Sob intensa pressão, BC deve manter Selic em 2%, mas com comunicado mais duro

Autoridade monetária comunica nesta quarta nova decisão sobre juros; diante de incerteza com contas públicas e avanço da inflação, mercado aponta chance de BC endurecer o discurso

de olho nas prévias

Carrefour Brasil tem alta 72,5% no e-commerce durante terceiro trimestre

No e-commerce alimentar a alta foi de 202,4%, incluindo o serviço de entrega rápidas. As vendas de não alimentares também continuaram crescendo, com alta de 69,1%

negócio fechado

Petrobras assina compromisso de compra da plataforma P-71 por US$ 353 milhões

Petrolífera fala que, por conta da nova alocação da P-71, a licitação de afretamento da plataforma que atenderia ao projeto de Itapu será cancelada

retomada

Financiamentos imobiliários somam recorde histórico de R$ 12,9 bilhões

Volume financiado é recorde, em termos nominais, na série histórica iniciada em julho de 1994, segundo a Abecip

cardápio de balanços

Cielo, Localiza, Smiles e Telefônica: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta

Empresas estão entre as que mais recentemente divulgaram os números do terceiro trimestre, período com resultados ainda marcados pela pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies