Menu
2019-02-03T11:26:03-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
De olho na aprovação da reforma

Futuro da Casa é decidido! Senador Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado e fala sobre reformas

Os senadores Major Olimpio (PSL-SP), Alvaro Dias (PODE-PR) e Renan Calheiros (MDB -AL) desistiram, assim como a senadora Simone Tebet (MDB-MS)

2 de fevereiro de 2019
13:09 - atualizado às 11:26
senado
Senado - Imagem: Alessandro Dantas/Fotos Públicas

Após uma sessão conturbada e com duas votações, o senador de Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi eleito presidente do Senado no fim da noite deste sábado (2). O escolhido recebeu 42 votos. Ao todo, 77 senadores votaram.

A decisão é importante porque pode impactar na articulação e consequente aprovação da Reforma da Previdência. E o senador foi enfático quanto à elas.

Ele disse que "vai enfrentar com urgência. Repito, com urgência, as reformas que o país precisa". O senador acrescentou ainda que "não tenho dúvida que a prioridade será votarmos a reforma da Previdência".

A eleição de Alcolumbre teve duas votações porque, durante a primeira, a Mesa Diretora constatou que havia 82 cédulas, em vez de 81. Por causa disso, os senadores foram chamados novamente para confirmar os seus votos em uma segunda votação.

Renan desiste

Depois de uma série de polêmicas, alguns senadores optaram por declarar o seu voto, o que desagradou o senador Renan Calheiros (MDB-MS). Ele era um dos candidatos mais fortes para assumir o posto, mas perdeu para o seu maior adversário.

O senador alagoano disse que "queriam abrir o voto para constranger a maioria. Então, paciência".

Em seguida, ele ainda comentou que o processo tinha sido deslegitimado e que iria recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

"O próximo passo é o STF, sem o carro e sem o sargento. Retiro a postulação porque entendo que o Davi não é o Davi. É o Golias. Davi, sou eu", declarou Calheiros.

Candidatos

A votação para presidente do Senado começou com nomes como Fernando Collor (PROS-AL), José Reguffe (Sem partido - DF), Major Olimpio (PSL-SP), Alvaro Dias (PODE-PR), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Renan Calheiros (MDB -AL) e Esperidião Amin (PP-SC), além de Simone Tebet (MDB-MS), que concorreu por meio de uma candidatura avulsa.

Mas, ao longo da sessão, a senadora Simone Tebet, assim como os senadores Major Olimpio e Alvaro Dias desistiram para apoiar a candidatura de Alcolumbre.

Votação aberta

Depois da polêmica no Senado que estabeleceu ontem (1) o voto aberto para a eleição da presidência do Senado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu neste sábado (2) atender um pedido formulado pelos partidos Solidariedade e MDB para que a votação volte a ser secreta.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

FECHAMENTO

Em dia de alta volatilidade, Lira salva Ibovespa de um fiasco e segura o dólar em R$ 5,66

A volatilidade reinou absoluta nesta quarta-feira (03) e mais uma vez Brasília foi responsável por movimentar os negócios no Brasil. Lá fora, o dia foi de cautela com a alta dos juros futuros

Luz no fim do túnel?

Ministério da Saúde avança em negociações com laboratórios para comprar vacinas

A declaração do MS foi dada pelo titular da pasta, Eduardo Pazuello, em reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Crypto News

Bitcoin para leigos e descrentes também

Descrever algo tão complexo como o Bitcoin exige repertório, dedicação e um pouco de sedução de quem apresenta.

Ruim, mas nem tanto?

“É um dos países que menos caíram no mundo”, afirma Bolsonaro, sobre queda de 4% no PIB

Para Bolsonaro a queda do PIB só não foi maior devido a movimentação da economia gerada pelo auxílio emergencial.

Queda bilionária

BC tem perda de R$ 5,081 bi com swap cambial em fevereiro

O BC obteve ainda um ganho de R$ 9,699 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais no mês passado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies