2019-06-04T13:51:41-03:00
Estadão Conteúdo
Ela está de volta

Comissão aprova projeto de lei que recupera conteúdo da MP do saneamento

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou que o projeto poderá ser votado ainda nesta terça-feira no plenário

4 de junho de 2019
13:51
Reforma tributária
Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou projeto de lei que atualiza o marco legal do Saneamento no País e recupera o conteúdo da medida provisória sobre o tema que perdeu a validade. O texto foi encaminhado ao plenário da Casa e ainda depende de acordo para ser votado.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou que o projeto poderá ser votado ainda nesta terça-feira, 4, no plenário. O cenário, ponderou, precisa passar por um acordo dos parlamentares com os governadores do Nordeste.

O projeto recupera o conteúdo da MP do Saneamento com alterações feitas na comissão por onde passou a medida, que perdeu a validade. Um dos pontos polêmicos é o dispositivo que acaba com os chamados contratos de programa, firmados entre Estados e municípios e que permitem a operação do sistema apenas por empresas públicas. Pelo projeto, os serviços passam a ser prestados por meio de contratos de concessão, disputados também pela iniciativa privada.

Um grupo de governadores é contra o item alegando que as alterações inviabilizam as empresas estaduais de saneamento. A solução apresentada durante a discussão na MP, e que se repete agora no projeto, é prever que Estados possam organizar um bloco de municípios para conceder o serviço, colocando na mesma licitação cidades maiores e aquelas que não seriam atrativas para a iniciava privada se fossem licitadas individualmente.

De acordo com Bezerra, os governadores de Pernambuco (Paulo Câmara), Ceará (Camilo Santana) e Bahia (Rui Costa) sugeriram uma alteração permitindo que a permanência dos Estados nos contratos de programa seja prorrogada por 48 meses. "Já tem manifestações favoráveis, mas é preciso saber se todos os governadores apoiam", ponderou.

O texto aprovado na comissão foi apresentado na segunda-feira pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) para substituir a Medida Provisória 868/2018 e teve como relator o senador Roberto Rocha (PSDB-MA).

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

FORTES SINAIS

Por que você deveria olhar a disparada de juros dos empréstimos imobiliários dos EUA com o risco iminente de recessão? Eles levaram à crise de 2008 e voltaram a subir

Os juros de financiamentos de até 30 anos saíram de 2,75% para mais de 6% em relação ao mesmo mês de 2021

skin in the game

Como os criadores do podcast Stock Pickers querem fazer a cabeça do mercado com o Market Makers

Em parceria com a Empiricus, Thiago Salomão e Renato Santiago lançam novo podcast e querem começar clube de investimentos

SÁBADO EM CRIPTO

Bitcoin acumula alta de 10% na semana, ethereum sobe 20% e criptomoedas tentam aproveitar alívio do noticiário para avançar hoje; confira

Entre os destaques dos últimos dias estão a nova parceria da Binance no Brasil, o ataque ao site do Tether (USDT) e os problemas na Celsius

OLHA A FOGUEIRA

Me ajuda, São João! Itens de festas juninas ficaram 13,52% mais caros do ano passado para cá; confira produtos que subiram mais

Os principais itens são aqueles relacionados às commodities, influenciadas pelas cotações internacionais e dólar

FOLLOW-ON

Novas ações da Eneva (ENEV3) começam a ser negociadas na terça-feira e aumentam o caixa da empresa R$ 4 bilhões

O preço por ação ficou em R$ 14,00, levemente abaixo do desempenho dos papéis em negociação da empresa, que fecharam a sexta-feira cotados a R$ 14,73

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies