Menu
2019-07-13T08:26:26-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Para menos de 5%

Gestora americana First Eagle vende ações da Cielo e reduz participação

A redução da participação ocorreu após a alta recente das ações da Cielo, que acumula uma valorização de 7,59% na bolsa só nos primeiros pregões de julho

13 de julho de 2019
8:26
Cielo – Luz no fim do Tunel
Cielo - Imagem: Andrei Morais - Montagem/Shutterstock

A gestora americana First Eagle anunciou a redução a participação na empresa de maquininhas de cartões Cielo. Com a venda, os fundos da empresa passam a deter 4,56% das ações (CIEL3) da companhia.

A redução da participação ocorreu após a alta recente das ações da Cielo, que acumula uma valorização de 7,59% na bolsa só nos primeiros pregões de julho. Após a venda, a First Eagle passou a deter 123.977.052 ações da companhia.

Apesar da recuperação, os papéis da empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco permanecem como um dos "patinhos feios" da bolsa, com uma perda de mais da metade do valor de mercado no acumulado dos últimos 12 meses.

Líder do mercado de maquininhas de cartão, a Cielo vem sofrendo forte ataque com o aumento da concorrência no setor. O que obrigou a empresa a entrar na guerra de preços e sacrificar suas margens de lucro para não perder uma participação ainda maior.

Em maio, a empresa resolveu retirar a projeção de lucro para 2019, que era de R$ 2,3 bilhões a R$ 2,6 bilhões, e também a distribuição de dividendos, de 70% para apenas 30% do resultado.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

rearranjo no segmento

Dona da Farm negocia fusão com a Shoulder, de moda feminina

Empresas mantém conversa “em fase preliminar”, em um momento de rearranjo do segmento; Grupo Soma comprou recentemente a NV e a Lauf

Meme bilionário

O que está por trás da valorização de 500% do Dogecoin em uma semana?

O projeto levou várias pessoas a ficarem milionárias, mas pode fazer muita gente perder dinheiro daqui para frente

Chama o doutor

Após desconto em IPO, ações da Mater Dei estreiam em queda na B3

A situação atual do mercado e a fila de companhias de saúde prontas para abrirem o capital prejudica a rede de hospitais

mudanças na estatal

Conselho confirma general indicado por Bolsonaro para presidir Petrobras e novos diretores

Joaquim Silva e Luna assume o cargo então ocupado por Roberto Castello Branco Branco, demitido porque Bolsonaro estava insatisfeito com política de preços

Só a Vale salva

Tá difícil viver de renda: empresas cortaram R$ 38 bilhões em dividendos na pandemia

Muitas companhias optaram por distribuir menos dinheiro aos acionistas e preservar o caixa durante a crise econômica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies