Menu
2019-11-15T14:34:36-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Renda fixa

CDB com remuneração de até 124% do CDI? É a oferta do C6 Bank

O C6 Bank oferece novas opções de investimento em CDB com resgates mais longos. A rentabilidade pode chegar a 124% do CDI

15 de novembro de 2019
14:34
Relógio e moedas representam investimento de longo prazo
Relógio e moedas representam investimento de longo prazo - Imagem: Number1411/Shutterstock

Você conhece a história: com a Selic em níveis cada vez mais baixos, a rentabilidade dos investimentos em renda fixa — como CDB, Tesouro Direto, LCI e LCA, entre outros — está minguando. Aquele dinheiro fácil de épocas passadas, quando a taxa básica de juros estava acima dos dois dígitos, é coisa do passado.

Assim, quem quer manter retornos atraentes, precisa buscar alternativas mais arriscadas. Mas e se você realmente não for adepto ao risco, não suportar o pensamento de ver seu dinheiro exposto às oscilações da bolsa?

Nesse caso, é preciso procurar investimentos em renda fixa que consigam oferecer taxas mais atraentes — e o C6 Bank acaba de lançar um produto que pode se encaixar nesse perfil.

A instituição está inaugurando novas modalidades de investimento em Certificados de Depósito Bancário (CDB), com rendimentos que podem chegar a até 124% do CDI. O pulo do gato é o prazo de retirada: essas opções estreantes podem ser resgatadas em quatro ou cinco anos — e, quanto maior for o prazo, maior a rentabilidade.

Caso você não esteja muito familiarizado com esse universo, o CDB funciona como um empréstimo ao banco. Você disponibiliza uma quantia para a instituição financeira, que depois irá devolver esse montante acrescido de juros — esse tipo de investimento está associado ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Até agora, o C6 Bank disponibilizava opções de investimento em CDB com resgate em até três anos. Os retornos oscilavam de 100% (liquidez diária) a 121% (três anos) do CDI.

As novas opções, assim, oferecem rentabilidades maiores: o CDB pós-fixado com resgate em quatro anos oferece retorno de 121% do CDI; o de cinco anos é o mais rentável: 124% do CDI.

Fazendo uma conta rápida: um investimento de R$ 5 mil num CDB pós-fixado de cinco anos geraria um resultado bruto de R$ 6.699,42. Descontando 15% de Imposto de Renda — equivalente a R$ 254,91 — chegamos num resultado líquido de R$ 6.444,51. Ou seja: um ganho de R$ 1.444,51.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

uma bolada

Bradesco paga R$ 5 bilhões em juros sobre capital próprio

Valor representa R$ 0,416 por ação ordinária e R$ 0,458 por ação preferencial, após o desconto do Imposto de Renda

seu dinheiro na sua noite

Dólar abaixo de R$ 5, Selic de volta aos 7% e o investimento da Petz em página de gatinhos

Apesar dos avanços na vacinação e do relaxamento nas medidas de distanciamento social, o fato de ainda estarmos convivendo com o coronavírus e uma elevada mortalidade pela covid-19 faz com que 2021 tenha um sabor de 2020 – parte 2. Assim tem sido, pelo menos para mim. Imagino que também seja assim para todas as […]

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies