Menu
2019-04-17T14:36:28-03:00
Angela Bittencourt
Angela Bittencourt
Câmbio

Um flerte do dólar a R$ 4

Impasse na CCJ sobre reforma da Previdência pesa sobre a taxa de câmbio, mas saída de US$ 4,15 bilhões na conta financeira em apenas 10 dias nada tem de trivial

17 de abril de 2019
14:36
dólares nota
Imagem: Shutterstock

Todo flerte é arriscado. Penso exatamente nesta frase curta, mas cheia de significado sobre situações indefinidas e riscos potenciais, enquanto acompanho a mudança frenética do preço do dólar que subiu 1,15% ao alcançar a cotação máxima do dia, R$ 3,9471. Basta mais um ganho de 1,4% e a taxa de câmbio chegará a R$ 4,00.

A moeda americana vem flertando com R$ 4,00 dias seguidos e, se alcançar essa marca, dará ao governo um recado curto e grosso: a economia brasileira está desequilibrada não é de hoje, 100 dias de gestão foram insuficientes para provar que a proposta de política econômica do ministro da Economia, Paulo Guedes, será rigorosamente aplicada e o capital político do presidente Jair Bolsonaro se esvai em alta velocidade, inclusive ou principalmente, porque há absoluta desarticulação política no Congresso.

O adiamento da votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados para a semana que vem, por impasse quanto a mudanças que poderão ocorrer no texto original, pesa sobre o dólar. Quanto a isso não há qualquer dúvida.

Contudo, a constatação de que o Brasil perdeu US$ 4,15 bilhões na conta financeira em apenas 10 dias de negócios em abril, conforme divulgado no fim da manhã pelo Banco Central (BC), nada tem de trivial.

Ao contrário, o movimento de câmbio mostra que a saída de divisas do país está acelerando. Em março, essa mesma conta foi negativa em US$ 7,1 bilhões.

Em média, o Brasil perdeu US$ 373 milhões por dia em março; em abril, até o dia 12, foram US$ 415 milhões.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Correção

Ibovespa abre em leve queda, atento à cautela no exterior; dólar fica estável

O Ibovespa acompanha o movimento global e exibe um ligeiro viés negativo nesta quinta-feira. A cautela vista na Europa dá forças a um movimento de correção e realização de lucros, mas que nem de longe zera os ganhos recentes

efeito coronavírus

Projeção de alta do crédito bancário em 2020 passa de 4,8% para 7,6%, diz BC

Já a projeção de crescimento do crédito livre em 2020 passou de 8,2% para 10,6%

pacote anticrise

BCE expande programa de compras emergenciais em 600 bilhões de euros

Total do Programa de Compras de Emergência na Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) chega a 1,35 trilhão de euros

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

13 notícias para começar o dia bem informado

Hoje o Seu Dinheiro traz a lista das três ações preferidas de 14 corretoras na carteira recomendada para junho. O levantamento contempla 28 papéis. A repórter Jasmine Olga mostra ainda que duas dessas ações são as preferidas de três corretoras. São as “favoritas das favoritas”, as campeãs do mês.  A “campeã” de maio fechou o […]

pós-isolamento

Adidas informa que dois terços de suas lojas em todo mundo já reabriram

Empresa já reabriu quase todas as suas lojas na Ásia-Pacífico e nos mercados emergentes, enquanto três quartos de suas próprias lojas operam na Europa

diz boa vista

Pedidos de falência no Brasil sobem 30% em maio

No acumulado em 12 meses finalizados em maio, os pedidos de recuperação judicial cresceram 3,7%

entrevista

‘Não precisa passar as coisas de baciada’, diz presidente da Abag

Anúncio de uma página inteira nos principais jornais do País, na semana passada, de entidades do agronegócio, da indústria, da construção civil e do comércio em apoio ao ministro do Meio Ambiente não caiu bem, diz Marcello Brito

em meio à crise

BRMalls fecha parceria para venda nas plataformas da B2W

Acordo permite a venda dos produtos das mais de 6 mil lojas no Americanas.com, Submarino e Shoptime

esquenta dos mercados

Mercado faz pausa no rali enquanto aguarda decisão do BCE

Após alguns dias de rali, os mercados interncionais realizam lucros enquanto aguardam decisão monetária do BCE. Com a agenda esvaziada no Brasil, destaque para a divulgação dos pedidos de auxílio-desemprego e da balança comercial nos Estados Unidos.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements