Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-02T17:18:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NA MIRA DO CADE

Disney deve abrir mão de “Fox Sports” para conseguir aprovação de compra da Fox pelo Cade

Venda foi a solução encontrada para resolver a principal preocupação do órgão em relação ao negócio já que a Disney é proprietária dos canais ESPN

22 de fevereiro de 2019
7:00 - atualizado às 17:18
ESPN x FOX
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Em acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para garantir a aprovação da compra da Fox, a Disney, em um acordo de US$ 71,3 bilhões, deverá vender os canais da Fox Sports no Brasil.

A informação é do Broadcast, do Estadão, desta sexta-feira, 22. A venda foi a solução encontrada para resolver a principal preocupação do órgão em relação ao negócio, que é a concentração dos canais esportivos.

Como a Disney já é proprietária dos canais ESPN, a fusão com a Fox deixaria um mesmo dono com dois dos principais canais esportivos da TV por assinatura - só restaria a SporTV, da Globosat. A tendência é que o Cade determine que a venda dos canais de esporte da Fox seja feita para uma terceira empresa que não a Globosat.

A empresa e o Cade estão agora finalizando os últimos detalhes do acordo. O julgamento foi marcado para a próxima quarta-feira, dia 27.

Para o advogado Ademir Pereira Júnior, que representa a associação de operadoras de pequeno porte NeoTV, a compra da Fox forma um duopólio de canais esportivos no Brasil. Ele lembra que entrada da Fox no segmento beneficiou o setor, pois criou uma disputa entre os canais, principalmente por direitos de exclusividade de campeonatos como Libertadores da América e Copa do Mundo.

Em dezembro, a Superintendência-Geral do Cade recomendou ao tribunal do órgão que imponha restrições ao negócio por entender, justamente, que a operação causa um aumento significativo na concentração no mercado de canais esportivos.

Procurada, a Disney não quis se pronunciar sobre o assunto.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Me vê bitcoin

De olho no interesse dos clientes por bitcoin (BTC), Mastercard vai lançar plataforma que une criptomoedas com cartões de débito e crédito

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: Entre “O fim do Brasil —parte 2” e o começo da terceira via

Depois do desastre com o teto de gastos, o que podemos esperar de uma resolução que não envolva nem Lula nem Bolsonaro?

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: Suas definições de “responsabilidade fiscal” foram atualizadas

A temporada de resultados brasileira, que começou na última sexta-feira, segue hoje com EcoRodovias, EDP Brasil, Neoenergia e TIM, após o fechamento do mercado. Enquanto isso, ao longo do dia, o presidente Jair Bolsonaro deverá lançar o Programa de Crescimento Verde, indicativo positivo para a COP26 de novembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

UM OLHO NO GATO, OUTRO NO PEIXE

Como a encrencada Evergrande pretende se inspirar em Elon Musk para sair da draga

Depois de depositar dinheiro devido a credores externos, fundador fala em deixar em segundo plano os empreendimentos imobiliários para investir em setores considerados mais promissores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies