Menu
2019-02-07T16:02:08-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Bolsa

Diluição à vista? BRF pode ter que fazer oferta de ações para reduzir dívida, diz UBS

Chance de uma oferta aumentou depois que a produtora de alimentos não conseguiu cumprir meta de conseguir R$ 5 bilhões com venda de ativos, segundo analistas do banco suíço

7 de fevereiro de 2019
12:36 - atualizado às 16:02
Operação Carne Fraca BRF
Imagem: Geraldo Bubniak/AGB-Estadão Conteúdo

Depois de não conseguir cumprir o plano de reforçar o caixa com R$ 5 bilhões com a venda de ativos, a produtora de alimentos BRF pode ter de realizar uma oferta de ações para reduzir o endividamento. A avaliação é dos analistas do banco suíço UBS.

A empresa anunciou hoje a venda das unidades na Europa e Tailândia por US$ 340 milhões (R$ 1,3 bilhão). Com isso, obteve um total de R$ 4,1 bilhões dentro do plano de reequilibrar o balanço.

A BRF adiou por mais seis meses de meta de atingir uma relação entre dívida e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 3 vezes, originalmente prevista para o fim deste ano.

Em reação ao anúncio, as ações da companhia (BRFS3) eram negociadas em queda de quase 5% no início da tarde, cotadas a R$ 22,97. No mesmo horário, o Ibovespa subia 0,52%.

Para o UBS, a possibilidade de que a empresa venha a fazer uma oferta de ações aumentou depois do descumprimento do plano. O banco tem recomendação de venda para as ações, com preço-alvo de R$ 20,00. A realização de uma oferta é negativa porque significa a diluição dos atuais acionistas.

A BRF agora estima que a relação entre a dívida líquida e o Ebitda ficará em torno de 5 vezes no fim de 2018, já incluindo os efeitos de todas as vendas de ativos anunciadas, e recuar para aproximadamente 3,65 vezes neste ano.

"A empresa não projeta mais vendas de ativos neste ano, mas mesmo se vendesse as margens precisariam dobrar para a companhia atingir a nova meta", escrevem os analistas do UBS, em relatório a clientes.

Em teleconferência, o presidente da BRF, Pedro Parente, justificou o desempenho aquém do esperado pelo fato de a companhia ter encontrado "adversidades" na Argentina e na Europa, regiões nas quais realizou vendas de ativos.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Decisão em plenário

Toffoli marca julgamento sobre inquérito das fake news para semana que vem

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, marcou para a próxima quarta, 10, o julgamento sobre a continuidade ou não das apurações do inquérito das fake news

Ministério atualiza dados

Brasil chega a 526,4 mil casos e 29,9 mil mortes por coronavírus

Até o momento, 211.080 pacientes estão recuperados da doença

seu dinheiro na sua noite

O mundo em ebulição

Caro leitor, Não bastasse uma pandemia mundial que paralisou a economia, tensões políticas no Brasil e o retorno da troca de farpas entre Estados Unidos e China, temos assistido também, nos últimos dias, a intensos protestos nos EUA contra o racismo. No último fim de semana, às já habituais manifestações em apoio ao governo aqui […]

Cresceu 3,7% em 2019

Vendas de festa junina nos supermercados devem crescer 0,6% em SP, diz associação

A perspectiva do avanço de vendas em supermercados é bem menor do que a registrada no ano passado, um crescimento de 3,7%

Queda no tráfego

Movimento em rodovias da Triunfo cai 13,9% na quarta semana de maio

O movimento de veículos leves recuou 77,3%, enquanto o tráfego de veículos pesados caiu 36,6%. Os dados se referem à Concebra, Concer, Transbrasiliana e Econorte

Termo de compromisso

BC multa Bradesco em R$ 92,2 milhões e solicita aprimoramento em operações de câmbio

A autarquia aplicou ainda multas de R$ 350 mil em oito funcionários do Bradesco. Os valores devem ser pagos em até 30 dias

Otimismo na bolsa

Ibovespa ignora tensões sociais e sobe mais de 1%, amparado na agenda econômica

O Ibovespa abriu o mês no campo positivo e foi às máximas desde 10 de março, sustentado pelos indicadores econômicos mais fortes na China e nos EUA. O dólar, por outro lado, teve um dia mais pressionado, colocando na conta as manifestações nos EUA e no Brasil

Pesquisa energética

Consumo de energia cai 6,6% em abril, diz EPE

O setor comercial foi o mais atingido, com queda de 17,9%, seguido pela indústria, com perda de 12,4% no consumo. Já o setor residencial subiu 6%, sinalizando aumento da demanda trazida pelo isolamento social, que obrigou as pessoas a ficarem mais em casa

LIÇÕES SOBRE INVESTIMENTOS

Senna, o barbeiro de Mônaco, já tocou minha campainha

Mesmo os tricampeões mundiais cometem erros de vez em quando. Neste texto, Felipe Paletta mostra como a inteligência emocional pode contribuir com você para tomar melhores decisões de investimentos. Dimensionando o risco, você pode ir mais longe.

Impacto do coronavírus

Balança comercial tem superávit de US$ 4,548 bilhões em maio, queda de 19,1%

Com queda nas exportações e, em menor volume, nas importações, a balança comercial brasileira registrou saldo positivo de US$ 4,548 bilhões em maio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements