Menu
2019-06-04T18:25:19-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Más notícias para a Odebrecht

Azedou! LyondellBasell desiste de compra e ações da Braskem desabam

A Braskem disse que seguirá em busca de oportunidades que tenham o potencial de agregar valor à empresa. As ações chegaram a cair mais de 20% no pior momento do dia

4 de junho de 2019
11:07 - atualizado às 18:25
Fábrica da Braskem
Fábrica da Braskem em Mauá. - Imagem: Nilton Fukuda/ Estadão Conteúdo/AE

As conversas entre a LyondellBasell e a Odebrecht já estavam esfriando e agora é oficial: a empresa holandesa desistiu da compra da fatia da Braskem que pertencia à empresa. A decisão foi informada nesta terça-feira (4), em comunicado ao mercado.

Com o anúncio, as ações PNA da Braskem (BRKM5) sofreram forte impacto e fecharam em queda acentuada de 17,11%, a R$ 34,15 — o pior desempenho do Ibovespa. Na mínima, os papéis chegaram a ser negociados a R$ 32,88, uma queda de 20,18%.

A negociação com a LyondellBasell envolvia 100% da fatia da Odebrecht no capital da Braskem. A empresa holandesa informou em seu comunicado que a operação com a Braskem era interessante, mas que após análise cuidadosa as empresas decidiram não seguir com a tratativa.

Em nota, a Braskem  disse ter sido informada pela Odebrecht da desistência do negócio e que agora seguirá em busca de oportunidades que tenham o potencial de agregar valor à empresa e aos seus acionistas.

Na semana passada, a imprensa já havia noticiado rumores de que a conversa entre as empresas havia emperrado. Caso fosse concretizado, o negócio poderia render cerca de R$ 20 bilhões aos cofres da Odebrecht, que passa por momentos delicados. O grupo vive uma uma crise financeira que se arrasta como desdobramento da Operação Lava Jato, da qual foi pivô.

A gota d'água para o negócio desandar pode ter sido a entrada em recuperação judicial de outra empresa do Grupo Odebrecht, a Atvos, que tem ações da Braskem como garantia para a sua dívida de quase R$ 12 bilhões. Agora, a expectativa é que outras empresas do grupo sigam o mesmo caminho.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, além da incerteza jurídica gerada pela recuperação judicial da Atvos, o projeto de extração de sal-gema em Alagoas, que afetou a estrutura geológica de bairros de Maceió, também trouxe problemas para a concretização do negócio e contribuiu para a desistência da empresa holandesa.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

polêmica

Governo barra novo cadastro para auxílio

A estratégia do governo já desperta críticas de organizações da sociedade civil, que consideram urgente a abertura de um novo prazo para pedidos de auxílio

Tombo grande

Elon Musk perde US$ 27 bilhões em uma semana após tombo da Tesla

Mesmo com o tompo gigantesco, Musk segue como segundo homem mais rico do mundo, atrás apenas de Jeff Bezos, o fundador da Amazon

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies