Menu
2019-10-14T16:23:24-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
O que vem pela frente?

Boas novas para o Posto Ipiranga: Bradesco BBI recomenda a compra das ações da Ultrapar

As perspectivas de recuperação da economia local fazem com que o Bradesco BBI tenha uma visão positiva a respeito da Ultrapar, controladora da rede de postos Ipiranga

23 de julho de 2019
13:37 - atualizado às 16:23
Posto Ipiranga
O Bradesco BBI mostra-se otimista quanto ao potencial de recuperação dos resultados da Ultrapar, dona dos postos Ipiranga - Imagem: Estadão Conteúdo/Vivi Zanatta

As ações ON da Ultrapar (UGPA3) não têm tido um ano muito bom na bolsa de valores. Após um balanço do primeiro trimestre que não agradou muito os especialistas, os papéis da companhia — que agrega, entre outras empresas, os Postos Ipiranga e a Ultragaz —, acumulavam baixa de mais de 26% em 2019 até esta a última segunda-feira (22).

Era o segundo pior desempenho entre os 66 ativos que compõem a carteira do Ibovespa — apenas Braskem PNA (BRKM5) acumulava perdas maiores no ano. O principal índice da bolsa brasileira, por outro lado, tinha ganho mais de 18% no período em questão.

Mas os papéis podem ganhar um novo fôlego para reverter essa situação. Nesta terça-feira (23), as ações da Ultrapar chegaram a subir mais de 4,6% logo após a abertura, chegando ao patamar de R$ 20,24. O motivo? O Bradesco BBI elevou as suas recomendações para o papel, de neutro para 'outperform' — ou seja, um desempenho acima da média do mercado.

A instituição ainda estipulou um preço-alvo de R$ 26,00 para as ações da companhia ao final de 2020. Considerando a cotação de fechamento no pregão desta terça, de R$ 19,85 (+2,58%), a meta do Bradesco BBI implica num potencial de ganhos de mais de 30%.

Olho em 2020

A chave para o sucesso da empresa está no futuro. Para os analistas do Bradesco BBI, tudo começa com a alta expectativa em torno de um Produto Interno Bruto (PIB) mais forte no próximo ano.

Uma melhora no cenário macroeconômico, que vai desde a aprovação da reforma da Previdência até a continuidade de outras agendas econômicas, pode levar o Brasil a recuperar o seu potencial de crescimento e, assim reaquecer a economia.

Caso esse cenário se concretize, os analistas do Bradesco BBI acreditam que os números de desemprego do país poderão voltar a cair, o que permitiria um corte mais agressivo nas taxas de juros. E esse panorama certamente levaria a um aumento significativo nos volumes comercializados pelas distribuidoras de combustível.

Mas outros fatores são importantes para a mudança de visão da instituição para os papéis da Ultrapar. Como, por exemplo, as mudanças no setor de distribuição brasileiro: os consumidores se tornaram mais sensíveis às alterações nos preços dos combustíveis — além disso, há a entrada de novos competidores no cenário.

Oportunidades na crise

A Oxiteno, um importante braço da Ultrapar, não vive o seu melhor momento — na realidade, a divisão vive a sua pior fase em pelo menos 20 anos. Mas, para o Bradesco BBI, o ciclo atual da empresa pode se transformar em oportunidade, com uma melhora gradual desse quadro.

A situação não é de todo culpa da empresa, afinal, existe um excesso de oferta de monoetileno glicol (MEG) em escala global, uma dos principais commodities trabalhadas pela Oxiteno. Esse quadro , no entanto, pode mudar, já que a guerra comercial conduzida por Donald Trump tende a mexer com a oferta do produto.

O Bradesco BBI vê a questão da oferta do MEG com otimismo, apostando que esse excesso deve ser minimizado já em 2020 — o que impacta positivamente os resultados da Oxiteno e impulsiona o quadro geral na Ultrapar.

Mudanças à vista

Além das mudanças no cenário macro e das expectativas de melhoras nos números de diversos braços da empresa, o Bradesco BBI também destaca a mudança no âmbito corporativo que a companhia passa.

E isso se deve ao acirramento da competição no setor: com a mudança de estratégia de seus gestores, o Bradesco BBI acredita que a Ultrapar tende a se tornar muito mais atrativa em meio a esse cenário competitivo.

Os resultados da Ultrapar relativos ao segundo trimestre de 2019 só serão divulgados no dia 14 de agosto. E, embora as expectativas não sejam elevadas, o Bradesco BBI já vê uma melhora no cenário geral.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Balanço da covid no país

Brasil supera Itália em número de mortes por coronavírus e chega a 33.884

O Brasil registrou 33.884 mortes provocadas pelo coronavírus até agora. Há 612.862 casos confirmados da doença em todo o país

coronavírus na energia

Copasa prorroga pagamento de contas devido à pandemia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que prorrogou os prazos das medidas de auxílio aos clientes, a fim de minimizar os impactos à população devido à pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Licença para gastar

Na crise financeira de 2008, as autoridades dos países desenvolvidos se encontraram diante de um dilema: era certo usar dinheiro público para salvar os bancos que estavam à beira da falência? Se por um lado eles foram os grandes culpados pelo próprio destino, por outro os efeitos colaterais de uma quebradeira no sistema financeiro afetariam […]

Recorde histórico

Em meio à pandemia, poupança tem captação líquida recorde de R$ 37,201 bilhões em maio

Este é o maior volume de depósitos líquidos em um único mês em toda a série histórica do BC, iniciada em janeiro de 1995

Bolsa imparável

Ibovespa sobe pelo quinto dia, desafiando até mesmo o tom mais cauteloso no exterior

O Ibovespa contrariou a tendência global e fechou em alta, aproximando-se do patamar dos 94 mil pontos. O tom mais cauteloso visto lá fora só foi sentido no mercado de câmbio, com o dólar à vista subindo e voltando a R$ 5,13

MP 936

Maia avalia que desoneração de folha evita mais desemprego na crise

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a prorrogação da desoneração da folha de pagamento até o fim de 2021, como proposto no texto da medida provisória 936 aprovada pela Câmara, vai evitar um impacto de R$ 10 bilhões nos custos de mão de obra de 17 setores

Efeito covid

Busca por passagem aérea no Brasil atinge mínima histórica no Google

Diante de pandemia que deixou aéreas sem operação e impôs isolamento, as buscas por passagem aérea no Brasil atingiram o menor nível histórico no Google

Marink Martins: In GOLD we trust

Marink Martins vai apresentar o que se passa na mente dos principais investidores internacionais, condensando a avaliação de quem já esteve a frente da tesouraria de grandes bancos nos EUA e no Brasil.     Sem opções rentáveis na renda fixa, todos querem alternativas seguras. Agora, Marink Martins compartilha exclusivamente com você qual poderá ser a […]

Bruno Bianco

Meta é incluir informais no mercado formal no pós-pandemia, diz secretário

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que o governo federal estuda como incluir no mercado formal a população de trabalhadores informais que precisou recorrer ao governo federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600

Pré-sal

Com vinda de navios-tanque, Petrobras eleva capacidade de escoamento do pré-sal

A Petrobras recebe na próxima semana a primeira de quatro embarcações previstas para este ano para escoar a produção das plataformas do pré-sal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements