Menu
2019-09-04T14:18:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Quem é o responsável?

Ministério Público abre inquérito para apurar vazamento de dados de clientes do Banco Pan

Uma provável vulnerabilidade na ferramenta de armazenamento de dados em nuvem, utilizada pela instituição financeira, teria exposto indevidamente 1.235.151 arquivos de documentos relacionados a clientes da instituição

4 de setembro de 2019
10:37 - atualizado às 14:18
Banco Pan cartão
Imagem: Divulgação

O Ministério Público no Distrito Federal e Territórios instaurou inquérito civil público para apurar responsabilidades pelo suposto vazamento de dados pessoais dos clientes do Banco Pan. Para o MP, este poderá ser o maior incidente de segurança envolvendo dados financeiros no Brasil.

Controlado pelo BTG Pactual e pela Caixa, o Banco Pan é um dos destaques da bolsa neste ano, com uma valorização de mais de 400% no ano das ações BPAN4. Nesta quarta-feira, esses mesmos papéis operavam em leve queda, de 0,22%.  Acompanhe o dia dos mercados na nossa cobertura.

Segundo informações do MP-DF, uma provável vulnerabilidade na ferramenta de armazenamento de dados em nuvem, utilizada pela instituição financeira, teria exposto indevidamente 245 gigabytes, o que corresponde a 1.235.151 arquivos de documentos relacionados a clientes da instituição.

A investigação teve início com base em notícia publicada na mídia especializada (The Hack), sob o título "Exclusivo: vazam mais de 200 GB de documentos de bancos brasileiros". A notícia, de 22 de julho, relata um suposto incidente de segurança envolvendo diversas instituições financeiras, inclusive o Banco Pan.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Outro lado

O banco informou, por meio de nota, que o ambiente questionado na apuração de suposto vazamento de dados pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios não é de sua propriedade e que, após análise criteriosa em seus sistemas de segurança, não foi constatada qualquer invasão.

O Pan informou também que na atuação com parceiros comerciais são capturados dados cadastrais de potenciais clientes por tais parceiros, antes da efetiva formalização de uma operação com o banco, e que nesse processo adota as medidas cabíveis caso identificado qualquer tipo de uso indevido dessas informações.

O Banco Pan atua em todo o Brasil e tinha, ao final do segundo trimestre, 627 correspondentes bancários originando crédito consignado e 8,3 mil lojas multimarcas e concessionárias parceiras na originação de crédito de veículos.

Há dois anos tem trabalhado com foco na digitalização de contas, incluindo os processos para originação de consignado pelos correspondentes bancários. No segundo trimestre originou R$ 1,6 bilhão em créditos totais, valor 19% acima do mesmo período do ano passado.

Na mesma nota, o Pan diz que "a segurança da informação é uma de suas prioridades, alinhada com as melhores práticas de proteção reconhecidas internacionalmente e exigidas pelos órgãos reguladores". A instituição afirma ainda que segue à disposição para colaborar com a apuração dos fatos.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

Caro leitor, A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes. Os […]

Cautela elevada

Em dia de queda de 3% do Ibovespa com alerta sobre coronavírus, ações de drogaria sobem

A disseminação do coronavírus elevou a aversão ao risco nos mercados financeiros, derrubando o Ibovespa e fazendo o dólar romper a marca de R$ 4,20. Apenas cinco ações do índice subiram, incluindo Raia Drogasil

DE OLHO NO CORONAVÍRUS

‘Índice do medo’ atinge patamar visto no auge da guerra comercial e sobe mais de 25%

Na máxima intradiária, o indicador chegou a bater a casa dos 19,02 pontos, valor que não era visto desde outubro do ano passado quando ele atingiu a marca dos 19,28 pontos

CONCESSÕES

Maia definirá até dia 30 quando lei de concessões vai a plenário, dizem deputados

“Se ele (presidente da Câmara) estiver convencido de que esse texto é um texto bom, que atende a sociedade, eu acho que a gente vota ele rápido”, disse também o deputado João Maria

CRÉDITO

Demanda por crédito do consumidor cai em dezembro e cresce em 2019, diz Boa Vista

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro apresentou elevação de 6,1% no ano, enquanto o segmento Não Financeiro registrou evolução de 2,5% na mesma base de comparação

primeira avaliação

Quão longe a XP pode ir? Para o BTG, ação da corretora já está bem precificada

BTG Pactual inicia cobertura das ações da corretora com recomendação neutra para os papéis.

DE OLHO NA REFORMA

Reforma administrativa quer acabar com promoções por tempo de serviço

O governo vai propor ainda a vedação das aposentadorias como forma de punição

gringo longe

Investimento estrangeiro em ações brasileiras fica negativo em US$ 4,7 bilhões em 2019

Para 2020, a projeção é de saldo positivo de US$ 5,0 bilhões, segundo dados do Banco Central

Uma longa estrada à frente

Credit Suisse vê potencial de alta de 32% para bancos e eleva recomendação de ações do Santander

Os analistas do banco suíço não temem aumento da competição no setor e possuem indicação equivalente a compra para as ações dos quatro grandes bancos

balanço do ano

Rombo das contas externas chega a US$ 50 bilhões; resultado de 2019 foi o pior em 4 anos

Ainda assim, o resultado não chega a preocupar os especialistas, já que o déficit foi largamente superado pela entrada de recursos via Investimentos Diretos no País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements