Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-05T10:11:09-03:00
Camille Lima
NOVA ALIANÇA

Méliuz anuncia parceria com a Mastercard para oferecer novo cartão de crédito aos usuários

Cartão será platinum, sem tarja magnética, sem anuidade e vai contar com cashback e criptoback

5 de janeiro de 2022
10:10 - atualizado às 10:11
Celular com logo da Méliuz na tela branca
Imagem: Shutterstock

Custo mais baixo de emissão e menor probabilidade de fraude. É isso que a Méliuz (CASH3) promete ao anunciar sua nova parceria com a Mastercard.

A aliança entre a plataforma de cashback e a líder no setor de pagamentos busca oferecer o cartão de crédito e a conta Méliuz com a bandeira Mastercard a seus usuários.

E não se trata de mais um cartão comum, segundo as empresas. O novo produto coloca o Brasil como um dos primeiros países da América Latina e do mundo a dispor de um cartão de crédito sem tarja magnética.

O novo cartão Méliuz será platinum e digital first. Ou seja, assim que aprovado, o usuário pode começar a utilizar seu cartão virtual imediatamente, sem ter que esperar a versão de plástico chegar a sua casa.

Além disso, a versão física terá tecnologia de pagamento por aproximação.

Cashback e criptoback

O cartão também não terá anuidade e vai contar com cashback, que devolve ao cliente uma parcela do valor gasto na fatura, e criptoback, um cashback em bitcoin e outras moedas digitais.

Isso porque, no fim de julho do ano passado, a Méliuz comprou o banco digital de criptomoedas AlterBank por R$ 25,9 milhões, o que possibilita o criptoback em seu novo cartão.

A lista de espera para obter o novo produto não é pequena. Em menos de dois meses, mais de 500 mil pessoas se inscreveram para conseguir o novo cartão de crédito Méliuz.

Segundo a empresa, os convites vão ser liberados aos poucos, com prioridade para quem estiver na lista, além de mais chances de aprovação.

Au revoir, Pan

Não é novidade que a aliança entre o Banco Pan (BPAN4) e a Méliuz chegou ao fim.

Em outubro, a companhia anunciou uma parceria com a companhia de crédito Captalys para lançar um novo cartão em 2022. 

A compra aconteceu em um momento em que a empresa já desacelerava a divulgação de seu cartão com o Pan e comunicava a diminuição no ritmo de pedidos de novas emissões do produto.

Em meados de novembro, a empresa rompeu de vez a união com o Pan e assinou o distrato sobre a emissão do cartão de crédito co-branded.

De acordo com a Méliuz, a separação aconteceu porque a companhia passa a oferecer neste ano um ecossistema completo aos seus usuários, com a integração total de suas verticais de shopping e de serviços financeiros.

Mas vale lembrar que você não precisa se preocupar caso já possua o cartão pelo Pan e Méliuz. Ele continua operacional para aqueles que tenham o produto, somente não são mais emitidos novos cartões.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Inflação domina semana recheada de balanços de empresas de tecnologia em Wall Street; saiba o que esperar

Depois de uma semana em que o Ibovespa caminhou na contramão do mundo, inflação volta ao centro da agenda local na semana em que os EUA divulgam prévia do PIB de 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies