Menu
2021-04-06T07:40:29-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
novo dono

BTG Pactual compra fatia da Caixa no Banco Pan por R$ 3,7 bilhões

Com operação, banco público conclui processo de desinvestimento, vendendo sua participação para o co-controlador do Banco Pan

6 de abril de 2021
7:40
Banco Pan
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O BTG Pactual (BPAC11) anunciou na madrugada desta terça-feira (6) que fechou um acordo com a Caixa para adquirir as ações ordinárias do Banco Pan (BPAN4) deitadas pelo banco estatal por um total de R$ 3,7 bilhões. O anúncio difere do plano original do banco público, de realizar uma oferta subsequente (follow on) desses papéis.

O acordo, firmado na segunda-feira (5), prevê que a Caixapar, braço de participações da Caixa em empresas, repasse a totalidade das ações ordinárias do Banco Pan de sua titularidade – cerca de 49,2% do capital votante, equivalente a 26,8% do capital social total.

Em troca, o BTG Pactual, por meio da subsidiária Banco Sistema, vai pagar cerca de R$ 11,42 por ação, resultando nos R$ 3,7 bilhões.

Com a operação, que ainda precisa passar pelo crivo das autoridades regulatórias, a Caixapar conclui com sucesso o processo de desinvestimento de sua participação no Banco Pan e o BTG Pactual, que participa de seu co-controle há mais de uma década, passará a consolidar o controle acionário da companhia.

A Caixa possui participação no Banco Pan desde 2010 e passou a controlar a instituição em parceria com o BTG Pactual em 2011, quando o antigo dono, Silvio Santos, vendeu a instituição para liquidar uma dívida de quase R$ 4 bilhões que contraiu com o Fundo Garantidor de Créditos (FGC) e cobrir dois rombos no banco.

Desde o ano passado, a Caixa vem reduzindo a sua participação no Banco Pan. Em agosto, ela vendeu 89,5 milhões de ações preferenciais num follow on em que levantou R$ 743,6 milhões.

E no começo de março, o Banco Pan informou que a Caixa protocolou outro pedido de follow on, dessa vez para as ações ordinárias. Não tinham sido definidos o volume, o preço por ação, o cronograma para a sua implementação e demais termos e condições da operação.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

CRIPTOMOEDA

Bitcoin ultrapassa US$ 60 mil antes de abertura de capital da Coinbase Global

Criptomoeda teve alta de 4,87%, a quatro dias de IPO da maior corretora de moedas digitais dos EUA

pandemia

Mortes por Covid-19 cresceram 468% no Brasil entre janeiro e março, alerta Fiocruz

Para os novos casos, o aumento foi de 701%; Sul e Centro-Oeste tendem a cenário mais crítico nas próximas semanas.

IPCA DE MARÇO

Inflação vai a 0,93% e mercado vê risco de estourar meta

Taxa acumulada passou a 6,10% no mês passado, reforçando temor de que inflação oficial termine o ano acima do teto da meta, de 5,25%.

congresso X executivo

Orçamento tem guerra de pareceres

Câmara e Senado se armaram com notas técnicas para mostrar que o presidente Jair Bolsonaro pode sancionar o Orçamento sem vetos a emendas; Ministério da Economia já prepara próprio embasamento jurídico.

Aura e Aeris: veja o que dizem os CEOs das novatas da bolsa e outras notícias que bombaram na semana no Seu Dinheiro

Novidade na praça sempre causa burburinho. Na bolsa não é diferente. É bem verdade que as opiniões divergem:Lindas!Não são lá tudo isso…Não sei, nunca ouvi falarA bolsa brasileira recebeu 43 novas integrantes em 2020 e 2021. E a fila para entrar continua a aumentar. Para você, amigo leitor, isso é excelente. São mais ações na […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies