Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-04T10:42:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
PÉ NO ACELERADOR

Banco Pan (BPAN4) compra Mosaico (MOSI3), dona do Buscapé

Operação será realizada via troca de ações; acionistas da Mosaico terão direito a uma fração de 0,8 ação do banco Pan

4 de outubro de 2021
6:28 - atualizado às 10:42
montagem mostra dois homens de negócios apertando as mãos para celebrar a compra da Mosaico pelo Banco Pan
Banco Pan compra a Mosaico, dona do Buscapé - Imagem: Montagem Andrei Morais/Shuttersstock/eamesBot

O banco Pan (BPAN4), controlado pelo BTG Pactual (BPAC11), anunciou no fim da noite de ontem a incorporação da Mosaico (MOSI3), dona do Buscapé, do Bondfaro e do Zoom. A operação será realizada via troca de ações.

Os acionistas da Mosaico terão direito a uma fração de 0,8 ação do banco Pan para cada ação que detiverem da empresa de tecnologia.

Com o negócio, ambos pretendem complementar oferta de serviços aos 12,4 milhões de clientes do banco Pan e aos 22 milhões de usuários mensais das plataformas da Mosaico.

BPAN4 e MOSI3 apresentam forte alta no pregão

Na última sexta-feira, BPAN4 fechou em R$ 17,31, enquanto MOSI3 chegou ao fim do pregão na B3 cotada a R$ 12,62 por ação.

Hoje, na abertura do pregão, as ações do Banco Pan despontavam como a maior alta do Ibovespa, avançando cerca de 5%, enquanto as da Mosaico avançavam 19% na B3.

Trava de venda

Os acionistas da Mosaico se tornarão executivos do Pan, sendo que um deles irá ao conselho de administração. Todos terão lock-up (trava de venda) das ações recebidas por prazos de 18, 24 e 30 meses (um terço em cada data).

O novo marketplace nasce com R$ 4,2 bilhões de GMV (volume bruto de mercadorias, da sigla em inglês) por ano, em uma plataforma proprietária com ferramentas como cashback sobre o melhor preço, alerta de preços, conteúdo de especialistas, comparador de preços em 112 milhões de ofertas, 400 lojas integradas e buy now pay later operacional que será escalado com crédito do Pan.

Integração com a Mobiauto

Somado a isso, será lançado um cartão de crédito exclusivo, com cashback, e haverá integração com a plataforma Mobiauto (recém adquirida pelo Pan) ampliando a gama de produtos oferecidos e fortalecendo o ecossistema de veículos do grupo.

"Sempre tivemos muita admiração pela Mosaico, por seu propósito e pela habilidade empreendedora de seus controladores. Temos convicção de que juntos podemos construir algo muito maior", afirma Carlos Eduardo Guimarães, CEO do Pan, em comunicado.

"O negócio de banking tem uma recorrência natural muito grande, (essencial) no comércio eletrônico", diz Guilherme Pacheco, cofundador e presidente do conselho de administração da Mosaico, em comunicado. "Ao nos juntarmos ao Pan, (traremos) esse consumidor dentro do ecossistema que estamos criando."

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Domando o dragão

Campos Neto volta dizer que BC fará o que for preciso para trazer inflação para a meta em 2022

O presidente do Banco Central acredita que a escalada dos preços já atingiu seu ponto máximo no mês passado; agora a tendência é convergir.

Fiscalização em alta

Empresas ligadas à quinta maior criptomoeda do mundo são multadas por comissão nos Estados Unidos

As empresas irmãs são acusadas de fazerem “declarações falsas ou enganosas” e de “omitirem fatos relevantes” para o mercado sobre a stablecoin tether

AO VIVO

O que muda com a compra da Mosaico (MOSI3) pelo Banco Pan (BPAN4)? CEO do banco e fundador da empresa de tecnologia respondem em live com Felipe Miranda

Para entender o racional da negociação, o sócio-fundador e CIO da Empiricus conversa hoje (15) com Carlos Eduardo Pereira Guimarães e Guilherme Pacheco

Efeito dominó

Mais uma incorporadora chinesa deixa de pagar seus credores; China rompe o silêncio sobre a crise no setor imobiliário

A China Properties Group informou que não fez o pagamento de US$ 226 milhões referentes a uma emissão de notas seniores que vencia hoje

Exile on Wall Street

Dia do professor: cinco lições sobre fundos de investimento para o primeiro dia de aula

Dos brinquedos à maçã (virtual), comemora-se nesta semana as datas dos dois agentes de mudanças mais importantes de uma sociedade. Crianças têm, claro, suas aptidões naturais por exatas, humanas, ciências biológicas e artes em todas as suas formas de expressão. Mas são os professores que catalisam e alavancam esse interesse pelo conhecimento, ensinam a pensar […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies