Menu
2019-09-16T18:02:25-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Conta digital

SoftBank “dobra a aposta” e passa a deter quase 15% do capital do Banco Inter

Fundo japonês que já investiu no Uber e Alibaba fecha acordo de acionistas com controladores do Banco Inter, que prevê nova oferta de ações no Brasil e nos EUA em até cinco anos

16 de setembro de 2019
11:43 - atualizado às 18:02
Cartão do Banco Inter
Cartão do Banco Inter - Imagem: Julia Wiltgen/Seu Dinheiro

O japonês SoftBank decidiu "dobrar a aposta" no Banco Inter. Depois de comprar uma participação de 8,1% na oferta de ações realizada pela instituição financeira no fim de julho, o fundo especializado em empresas de tecnologia ampliou a participação para 14,94% do capital.

Junto com o aumento da participação, o SoftBank assinou um acordo de acionistas com Rubens Menin e João Vitor Menin, controladores do Banco Inter. O acordo estipula que o banco terá de fazer uma nova oferta de ações, no Brasil e nos Estados Unidos, dentro dos próximos cinco anos. Os japoneses também terão uma vaga no conselho do Inter enquanto tiverem pelo menos 5% das ações.

Com a entrada do SoftBank, o Banco Inter ganhou um parceiro de peso dentro dos planos de crescimento de sua conta digital sem tarifas que já conquistou mais de 3 milhões de clientes. O Inter também prepara o lançamento de um "super app", que ampliará a prateleira do banco para além dos produtos financeiros.

A expectativa é que a entrada do SoftBank facilite o acesso do Inter a outras gigantes de tecnologia que possuem capital do fundo. Entre os principais investimentos dos japoneses estão gigantes como Uber e Alibaba.

As ações do Inter triplicaram de valor na bolsa apenas neste ano. No pregão de hoje, os recibos de ações (units) do banco fecharam em alta de 1,72%. Já os papéis preferenciais (PN) subiram 4,45%. Confira também nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies